Vítima perde R$ 10 mil em golpe aplicado via site OLX

Embora sejam noticiados semanalmente, os golpes que envolvem negociação de veículos e outros bens via sites de vendas, têm feito vítimas com frequência


O carro colocado à venda e que levou à negociação fraudulenta por um golpista é semelhante a esse
A polícia registrou essa semana o caso de uma mais uma vítima de golpe aplicado via página de vendas OLX. Dessa vez o crime foi registrado no bairro Carneirinhos, em João Monlevade.

A vítima W.C.G., 27 anos, de Alvinópolis, informou para a Polícia Militar que, por meio do site de vendas, OLX, tomou conhecimento da venda de um Fiat Palio Fire Economy, ano 2013, com placas de Ipatinga.

O veículo era oferecido por um indivíduo que se identificou como Eduardo Aparecido dos Santos. Esse homem passou a negociar o valor do carro, que de R$ 13.000 foi fechado uma compra no valor de R$ 10 mil.

Como sempre ocorre nessa modalidade de crime, o golpista “negocia” ao mesmo tempo, com o interessado na compra e com quem colocou o bem à venda.

Eduardo, suposto vendedor, forneceu então uma conta no Pagseguro Internet S.A para que o pagamento fosse efetuado, em nome de uma terceira pessoa, o que foi feito pelo comprador.

O carro, na verdade, era oferecido no OLX por uma mulher de 45 anos, de Coronel Fabriciano. Ela relatou que uma pessoa que se identificou como Eduardo fez contato demonstrando interesse na compra do Fiat Palio.

O golpista informou à proprietária que o veículo seria repassado para um funcionário dele para pagamento de uma dívida e apresentou a vítima W.C. como o possível funcionário, que iria buscar o carro.

Na data marcada, o verdadeiro comprador, que já tinha transferido o dinheiro para o golpista que se passava como vendedor, foi à casa da mulher para efetivar a compra e levar o veículo.

Ambos foram ao um cartório, nessa segunda-feira (20) para fazer a transferência e assinaturas do recibo de compra e venda. A vendedora do Fiat, entretanto, informou que somente assinaria quando o depósito fosse efetuado.

Nesse momento o comprador fez contato com o tal Eduardo e somente então o comprador do carro e a vendedora chegaram à conclusão que estavam no meio de um golpe.

A descoberta foi feita quando os dois foram fazer a conferência de dados bancários para aonde o dinheiro foi transferido e perceberam as divergência de dados.

Golpes dessa natureza, orienta a polícia, poderiam ser evitados se antes de qualquer transferência as pessoas fizessem a conferência prévia dos dados bancários, preferencialmente, de forma presencial, já que, por telefone ou aplicativos de mensagens a pessoa que vai fazer o pagamento não tem nenhuma garantia que a negociação está sendo feita com o verdadeiro vendedor.

Embora sejam noticiados semanalmente, os golpes que envolvem negociação de veículos e outros bens via sites de vendas, têm feito vítimas com frequência. Veja abaixo, os mais recentes:

Criminosos tentam golpe via SMS para enganar clientes de banco e roubar dados
Jovem do bairro Horto cai no golpe do carro estragado
Mulher cai em golpe de venda de celular na internet
Idosa é enganada em golpe do carro estragado na estrada
Golpe do Whatspp provoca prejuízo no bairro Ideal, em Ipatinga
R$ 3,8 mil de prejuízo para mais uma vítima no golpe do OLX no Vale do Aço
Jovem de Santana do Paraíso é enganado no golpe do carro estragado
Pedreiro é enganado no golpe do problema mecânico
Idosa perde R$ 5 mil no golpe do bilhete premiado, em Ipatinga
Golpe lesa idoso em quase R$ 5 mil, em Fabriciano
Idoso de 84 anos é lesado no ''Golpe do Motoboy'', em Coronel Fabriciano
Compra de caminhão pelo OLX resultou em golpe e prejuízo de R$ 22 mil
Prejuízo de R$ 9,5 mil em mais uma vítima do golpe no OLX no Vale do Aço
Golpe no OLX causa prejuízo de quase R$ 30 mil em Ipatinga
Bandidos do Golpe do Motoboy continuam a agir no Vale do Aço
Pirâmides financeiras lideram golpes envolvendo investimentos
Homem perde R$ 12 mil no golpe do Whastapp clonado
Golpe do Motoboy volta a ser registrado no Vale do Aço
Golpe OLX provoca prejuízo de R$ 13.600 em Fabriciano
Mulher é vítima de golpe de notas falsas e perde celular, em Santana do Paraíso
Polícia procura autores do ''Golpe da tinta'' no Vale do Aço
Golpistas inovam e fazem vítimas no Vale do Aço
Casal de idosos tem prejuízo em golpe do carro estragado na estrada
Novo golpe via OLX dá prejuízo a proprietário de XRE 300
Vítimas caem no golpe do sequestro, em Timóteo
Polícia Civil alerta para nova modalidade de golpe no Vale do Aço
Lotérica de Mesquita leva golpe de R$ 51 mil
''Golpe do sequestro'' provoca prejuízo de R$ 1,5 mil a idosos em Ipaba
Golpe pelo telefone causa prejuízo de R$ 5 mil em Timóteo
Idosa em Timóteo perde mais de R$ 4.500 em golpe
Idosa é vítima de golpista virtual e perde R$ 189 mil
Golpe do falso sequestro dá prejuízo de R$ 300 mil a casal
Idosa cai no golpe do sequestro e perde R$ 15 mil
Golpe do carro na OLX provoca prejuízo de R$ 75 mil em Timóteo
Golpe da venda de carro lesa jovem em R$ 6,5 mil
Casal é vítima de golpe em negociação de carro usado
Vítima de Timóteo perde R$ 35 mil em golpe na internet
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Marcos Guimarães 24 de abril, 2020 | 23:22
A soma em dinheiro dos golpes aplicados já superaram a marca de 1 milhão de Reais, acho que passou da hora das pessoas desconsiderarem o uso da marca OLX.
"O lucro fácil é que deixa o ganancioso pobre e enriquece o ladrão.!"
Carlos 23 de abril, 2020 | 13:21
Ingenuidade isso aí , quem em sã consciência transfere o dinheiro antes de está com recibo de compra e venda assinado ?
Jorge 22 de abril, 2020 | 00:13
Boa noite eu sou de Macaé Rj sou lojista minha loja está sofrendo com esses anúncios de golpista estão colocando anúncio em.nome da minha loja exatamente com o nome de Pedro anúncio de motos e carros já fiz ocorrência policial e vou entrar com.uma ação contra a Olx

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO