Mulher é vítima de golpe de notas falsas e perde celular, em Santana do Paraíso

A vítima de 35 anos vendeu seu celular na internet, por R$ 600 para uma pessoa desconhecida, que pagou com notas falsas

Com atualização às 9h20 de 30/9
Divulgação/Agência Brasil


A vítima recebeu seis notas falsas de R$ 600
Uma moradora do bairro Bom Pastor, em Santana do Paraíso, foi vítima do golpe das cédulas falsas de real. A.C.M, de 35 anos, vendeu seu celular na internet, por R$ 600 para uma pessoa desconhecida, que pagou com notas falsas, na noite de sábado (28). Outra vítima, de Ipatinga, também foi lesada pela mesma falsária que aplicou o primeiro golpe.

Conforme o relatório da Polícia Militar, após a vítima anunciar a venda do seu celular Samsung J7 Pro, de cor preta, nas mídias sociais, um perfil com o nome de “Bianca” se interessou pelo aparelho e afirmou que iria comprá-lo pelo valor de R$ 600. A suposta “Bianca” informou para a vítima que mandaria um amigo buscar o celular e fazer o pagamento. Com isso, A.C.M recebeu seis cédulas de R$ 100 e entregou o aparelho.

A vítima descobriu que as notas não eram verdadeiras somente quando tentou adquirir uma mercadoria com elas, momento em que foi informada por um comerciante, que não aceitaria as notas porque eram falsas. Em seguida, A.C.M acionou a PM para registrar o fato.

A vítima apontou algumas características do autor para os policiais militares. Com base nessas informações, os policiais reuniram algumas fotos de possíveis infratores e mostraram a vítima, que reconheceu o autor do crime como J.S.S.S, que é um indivíduo conhecido por aplicar golpes na região.

Após a identificação do suspeito, foram feitas buscas, mas o estelionatário não foi localizado. As cédulas falsificadas foram apreendidas e encaminhadas para a Polícia Civil.

Segundo caso

Já no domingo (29), a PM foi acionada para registrar um novo caso de nota falsa. Dessa vez o crime foi praticado na rua Tabajaras, no bairro Iguaçu, em Ipatinga. M.A.C.A., de 54 anos, também anunciou a venda de um celular Samsung Galaxy J4 no Facebook por R$ 450. A tal “Bianca” lhe enviou uma mensagem interessada na compra do aparelho e anunciou que pagaria R$ 500 por ele.

Como no outro caso, em Santana do Paraíso, um jovem foi até a casa da vítima no Iguaçu e fez o pagamento com cinco cédulas de R$ 100 levando o celular. M.A. só descobriu da falsificação do dinheiro ao fazer uma compra e pagar com uma das notas em um comércio. Os policiais recolheram o dinheiro encaminhando o caso para a Polícia Civil.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO