Golpe do Motoboy volta a ser registrado no Vale do Aço

Aposentado de 80 anos foi vítima de golpistas que provocaram prejuízo de R$ 7 mil

O Golpe do Motoboy, tipo de estelionato que resultou em prisões de golpistas recentemente na região, voltou a ser registrado pela Polícia Militar no Vale do Aço. Um aposentado de 80 anos foi lesado em R$ 7 mil pelos criminosos que se passam por funcionários de banco e mandam um motoqueiro (motoboy) buscar o cartão bancário da vítima com a senha e outros dados pessoais.

O aposentado, que mora no bairro Amaro Lanari, em Coronel Fabriciano, contou que na tarde de quinta-feira (15) recebeu uma ligação telefônica de uma mulher passando por funcionária do Banco Itaú. Ela alegou que detectou uma compra em Belo Horizonte com o cartão de crédito da vítima, situação que poderia estar prejudicando o correntista.
A golpista passou o telefone para um “Carlos Augusto do Banco Central”, que explicou ao aposentado que ele teria o cartão bloqueado e seria enviado outro. Contudo, para se eximir da compra feita de forma indevida, o correntista deveria fazer uma carta para ser entregue à polícia explicando a situação.

Um motoqueiro iria até a casa do aposentado para buscar o cartão antigo com a senha, CPF e a carta. Passados alguns minutos, chegou até à casa do aposentado um mototaxista transportando o “funcionário” do banco para pegar os objetos com a vítima.

Assim que o marginal foi embora, o aposentado desconfiou de algo errado e foi até à agência do Banco Itaú, no bairro Horto, em Ipatinga. Os funcionários constataram que a vítima foi enganada e os golpistas já efetuaram seis saques, totalizando R$ 7 mil. O cartão do correntista foi bloqueado e o caso repassado para a Polícia Civil.

Após uma onda de golpes nesta modalidade, conforme já divulgado pelo Diário do Aço, duas pessoas de São Paulo foram presas em Coronel Fabriciano no fim do mês de agosto. Em poder deles, na ocasião, foram apreendidos dinheiro, várias máquinas de leitura de cartões bancários e objetos adquiridos com os cartões arrecadados com as vítimas do estelionato.

Lista dos golpes mais frequentes no Vale do Aço:
Vítima de Timóteo perde R$ 35 mil em golpe na internet
Casal é vítima de golpe em negociação de carro usado
Golpe da venda de carro lesa jovem em R$ 6,5 mil
Golpe do carro na OLX provoca prejuízo de R$ 75 mil em Timóteo
Idosa cai no golpe do sequestro e perde R$ 15 mil
Golpe do falso sequestro dá prejuízo de R$ 300 mil a casal
Idosa é vítima de golpista virtual e perde R$ 189 mil
Idosa em Timóteo perde mais de R$ 4.500 em golpe
Golpe pelo telefone causa prejuízo de R$ 5 mil em Timóteo
''Golpe do sequestro'' provoca prejuízo de R$ 1,5 mil a idosos em Ipaba
Lotérica de Mesquita leva golpe de R$ 51 mil
Polícia Civil alerta para nova modalidade de golpe no Vale do Aço
Vítimas caem no golpe do sequestro, em Timóteo
Novo golpe via OLX dá prejuízo a proprietário de XRE 300
Casal de idosos tem prejuízo em golpe do carro estragado na estrada
Golpistas inovam e fazem vítimas no Vale do Aço
Golpe do Motoboy faz duas vítimas em Santana do Paraíso
Polícia procura autores do ''Golpe da tinta'' no Vale do Aço
Mulher é vítima de golpe de notas falsas e perde celular, em Santana do Paraíso
Golpe OLX provoca prejuízo de R$ 13.600 em Fabriciano
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Mauro Souza Gomes 16 de Novembro, 2019 | 16:30
Verdade o Banco Itaú o limite é de 500,00 dia sem a biometria. Tem algo errado nessa cuanga ....
Barrabas 16 de Novembro, 2019 | 09:53
Estranho como conseguiram sacar 7 mil sendo que o limite e sempre baixo para saques diario no caixa eletronico.
Bolson 16 de Novembro, 2019 | 00:24
Eu nunca vi um pessoal tão metido a espertos como as pessoas do vale do aço.
Só dão uns mole de vez em quando.

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO