Golpe do Motoboy faz duas vítimas em Santana do Paraíso

Criminosos enganaram uma mulher e um idoso na cidade nesta última segunda-feira

Arquivo/Diário do Aço


Objetos usados pelos golpistas no golpe apreendidos em Coronel Fabriciano

Duas pessoas foram vítimas de estelionato praticado com o conhecido golpe do motoboy, mesma situação que resultou na prisão de dois suspeitos do estado de São Paulo em Coronel Fabriciano, após a dupla fazer várias vítimas na região no fim do mês passado. Os dois novos casos ocorreram em Santana do Paraíso e foram registrados na segunda-feira (16).

Uma moradora da área central de Santana do Paraíso, de 57 anos, informou para a Polícia Militar que recebeu uma ligação telefônica de uma pessoa que se passou por funcionário do banco dela. O golpista alegou para a vítima que tentavam fazer compras com o cartão dela, em Belo Horizonte. Diante da informação, o falso bancário informou para a vítima ligar no telefone que consta atrás do cartão bancário.

Neste momento a vítima, assustada, desligou o telefone, mas não observou que a linha ficou travada com o golpista. Ela percebeu que ao realizar a ligação para o 0800 falava agora com uma mulher. A criminosa mandou que ela digitasse a senha e falasse as letras de segurança de acesso à conta bancária. A vítima desconhecia o fato que um funcionário de banco jamais pediria as letras de segurança por telefone.

A cliente foi informada, então, que um funcionário do banco iria até a casa dela para pegar o cartão que seria encaminhado para a perícia, pois já havia um policial investigando o caso. De fato compareceu um comparsa do golpe, se passando por este representante do banco. Ele pegou o cartão e pediu para a vítima fazer uma carta se comprometendo a ajudar nas investigações, incluindo seus dados de CPF e identidade. Somente depois a vítima percebeu que tinha caído em um golpe e acionou a polícia.

Enquanto os policiais registraram a primeira ocorrência, outra pessoa foi vítima dos golpistas, também em Santana do Paraíso. Desta vez, um aposentado de 76 anos, morador do bairro Residencial Paraíso (Minas Caixa) foi alvo dos estelionatários. Ele foi ludibriado da mesma maneira que a primeira vítima. No caso do idoso os bandidos provocaram um prejuízo de mais de R$ 7 mil em três compras. Os dois casos foram encaminhados para a Polícia Civil.

Mais:
Dois presos pelo Golpe do Motoboy no Vale do Aço
Mais um golpe do cartão foi registrado
Golpistas do cartão inovam e fazem vítimas no Vale do Aço
Ação de golpistas em caixas eletrônicos expõe usuários a risco

Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Tião Bocó 17 de Setembro, 2019 | 20:14
O livro abre abismos entre os homens. Os "zapzap's" une todos no fundo desses abismos, onde os que fazem parte dessa massa pasmam admirados com o gado novo de cada dia.
Hans Muller 17 de Setembro, 2019 | 17:45
mais que o povo e bobo é. todo dia tem golpes na praça. esse ai, bilhete premiado, falso sequestro e o povo ainda cai. ficar ligado gente.
Barrabas 17 de Setembro, 2019 | 14:53
Viver neste pais tem que ser guerreiro os orgaos publica arranca nosso dinheiro com imposto municipal estadual e federal e os bandidos esta por toda parte persiguindo o povo somos vitimas de todos os lados.

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO