Golpe da venda de carro lesa jovem em R$ 6,5 mil

Bandidos anunciam veículos em sites de vendas atraindo as vítimas que depositam dinheiro para a reserva do bem

Imagem ilustrativa


O veículo anunciado para a venda é parecido com este da foto

Mais um registro de golpe praticado por meio de sites de vendas no Vale do Aço. Desta vez a vítima foi P.B.L., de 25 anos, que teve um prejuízo de R$ 6, 5 mil ao realizar dois depósitos antecipados em uma conta bancária. O objetivo era fazer a reserva de uma picape VW Saveiro anunciada no site “OLX”, mas tudo não passava de um estelionato, conforme a ocorrência da Polícia Militar desta sexta-feira (21).

A vítima, moradora do bairro João XXII, relatou que entrou em contato com o vendedores identificados como “Vandeir” e “Eduardo”, por dois números de WhatsApp. Após negociar a compra da Saveiro, P.B. teve que depositar R$ 1 mil na conta em nome de Renata de Jesus Souza, no banco Santander. Em seguida, o golpista disse que era para depositar mais R$ 5,5 mil na mesma conta.

Eduardo alegou que assim que confirmasse o depósito, ele iria entregar a picape no fim da tarde desta sexta-feira na casa da vítima. Como o vendedor não apareceu, o jovem tentou entrar em contato com o golpista, mas sem sucesso. Neste momento, ao cair a ficha, P.B. notou que havia caído em um golpe e acionou a PM para registrar o caso.

No início do mês, um casal foi alvo do golpe praticado também por meio de um anúncio no site de vendas e compras OLX. O casal de Santa Luzia, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, chegou a se deslocar até Timóteo para buscar o automóvel, reservado com o depósito de R$ 1 mil, quando descobriram que tudo não passava de um estelionato.

Golpe da panela
Em Ipatinga, outro golpe foi registrado pela Polícia Militar, mas desta vez na rua Equador, no bairro Cariru. A vítima, uma mulher de 51 anos, contou que na tarde de sexta-feira (21) apareceu um casal de vendedores de panelas de aço cirúrgico. Eles estavam em um veículo SUV de cor escura.

Os golpistas ofereceram o conjunto das panelas por R$ 1,2 mil, valor bem abaixo do preço normal. Para enganar a vítima, eles mostraram uma frigideira que realmente é de aço cirúrgico e a mulher acabou comprando o conjunto. O homem não deixou a compradora carregar a caixa, alegando que é muito pesada.

Eles deixaram as panelas na casa da vítima e foram embora. A mulher, horas depois, ao verificar o conteúdo, descobriu que elas não eram de aço cirúrgico, eram panelas comuns, pois as verdadeiras são bastante pesadas. A pessoa enganada acionou a PM e registrou a ocorrência para a investigação da Polícia Civil.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO