Expo Usipa 2024 02 - 728x90

11 de maio, de 2024 | 11:20

Golpe do emprego via internet dá prejuízo de R$ 15 mil em Coronel Fabriciano

Arquivo/Diário do Aço
As mensagens chegam por meio de SMS ou pelo WhatsApp com promessas de ganho fácilAs mensagens chegam por meio de SMS ou pelo WhatsApp com promessas de ganho fácil

O golpe do trabalho por meio da internet provocou um grande prejuízo para uma mulher de 42 anos em Coronel Fabriciano. A vítima perdeu cerca de R$ 15 mil ao repassar dinheiro aos golpistas com a promessa de ganhos durante a realização de tarefas, conforme registros da Polícia Militar na sexta-feira (10).

A mulher procurou a Polícia Militar, como apurou o Diário do Aço com fontes da PM, para relatar que, cerca de 10 dias atrás, uma pessoa identificada como Hortência Costa entrou em contato via WhatsApp. Ela ofereceu para a vítima um serviço de home office, que envolvia pagar contas, assistir vídeos e filmes, com a promessa de comissões em troca do cumprimento das tarefas repassadas pela empresa.

Ao longo dos dias, conforme a vítima, ia cumprindo as tarefas de home office, ela recebia diversas contas e chaves PIX aleatórias para efetuar pagamentos, além de receber os supostos pagamentos (comissões) pelo serviço prestado. No entanto, as tarefas tornaram-se cada vez mais difíceis, resultando em uma situação em que a mulher sempre ficava em débito com a suposta empresa.

Um detalhe curioso narrado pela vítima foi que, à medida que os valores dos pagamentos das contas e outras tarefas eram cumpridos, maiores eram os valores solicitados para os pagamentos futuros. Ela acabou retirando aproximadamente R$ 15 mil do seu orçamento, sendo necessário realizar empréstimos com parentes e amigos para tentar cumprir as tarefas.

Na quinta-feira, dia 9 de maio, a mulher conseguiu cumprir as tarefas e depositou o valor total de R$ 7.786,26, conforme orientado pelo atendente. Contudo, após o depósito, o indivíduo alegou um erro operacional e informou que não poderia receber o valor depositado e a comissão prometida pela empresa inicialmente.

Mais dinheiro no outro dia e o prejuízo aumenta para quase R$ 15 mil

A aplicação do golpe continuou na sexta-feira, quando o atendente ofereceu ajuda, mas exigiu que a mulher realizasse o pagamento adicional de mais R$ 7 mil. Ela fez o pagamento, em dois depósitos, um R$ 5 mil e o outro de R$ 2 mil. No entanto, o golpista novamente alegou um erro no sistema e não validou a tarefa da vítima.

A mulher foi orientada a procurar outra atendente para solucionar o problema, onde foram repassadas novas tarefas, incluindo um pagamento para a empresa no valor de R$ 15.800 com a promessa de receber o montante que ela havia depositado anteriormente.

No entanto, ela não recebeu de volta o valor depositado, percebendo posteriormente que havia sido vítima de estelionato. A vítima estava bastante nervosa e confusa ao narrar os fatos, situação que levou os PMs a acalmá-la diversas vezes.

Ela foi orientada a tirar prints e imprimir toda a conversa com os dados das transações para apresentar as autoridades policiais, caso fosse solicitado para a sequência de uma investigação. A filha da vítima conseguiu o endereço cadastrado no CNPJ da empresa, localizada em São Paulo. O caso foi registrado e encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil.

Já publicado sobre golpes no Vale do Aço:
-Golpe em negociação de veículo faz mais vítimas na região
-Falsa funcionária do INSS é procurada pela Justiça por lesar idosos em Ipatinga
-Criminosos têm acesso a dados bancários e atormentam correntistas
-Número de registros de golpes no Vale do Aço aumenta em 24%
-Golpista engana dois jovens em negociação de Yamaha Fazer
-Jovem perde R$ 7.400 ao tentar comprar moto que viu anunciada no Facebook
-Homem cai no golpe da falsa venda de veículo e perde mais de R$ 7 mil
-Estelionatários dão prejuízo a duas mulheres em Ipatinga
- Caratinga teve a maior taxa de vítimas de golpes entre as cidades do Colar Metropolitano do Vale do Aço
-Golpistas mantêm ataque com o golpe dos nudes
-Era golpe: carro foi anunciado no Facebook por R$ 6.800
-Golpe da falsa central de banco: idosa perde mais de R$ 16 mil em Santana do Paraíso
-Vítima de golpe acusa vendedor de agir em conluio com estelionatário
-Morador de Belo Horizonte cai em golpe ao negociar Renault Clio anunciado para venda em Timóteo
-Vítima do golpe dos nudes reclama de ameaças de quadrilha
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]
MAK SOLUTIONS MAK 02 - 728-90

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Antonio

12 de maio, 2024 | 14:06

“Dinheiro fácil. maria não vá com as outras, não vá porque as outras foram.”

Gilmara

11 de maio, 2024 | 21:39

“Quem tem quinze mil na conta está tranquilo, rapidinho consegue o dinheiro de volta.”

O Vigilante

11 de maio, 2024 | 19:55

“Ipatinga é o paraíso dos golpistas, vem golpista do Brasil todo tirar férias aqui e aplicar um golpezinho de boa...
Se existir uma comunidade de golpistas no WhatsApp, com certeza eles falam dessa cidade, pela facilidade que é ganhar dinheiro aqui e o número grande de trouxas que existe no local, que adoram tomar uma rasteira, chegam a brigar para tomar uma volta de golpistas...
ACORDA POVO, DINHEIRO SÓ VEM ANTES DE TRABALHO NO DICIONÁRIO.”

Valdecir

11 de maio, 2024 | 15:47

“O golpe tá aí cai quem quer. Sempre vai ter bobo e estrada de chão.”

Professor Pasquale

11 de maio, 2024 | 15:40

“Eu hein????

Que situação esquisita, até para informar fica confuso,mas a essência é uma só, bobo e estrada não acabam nunca.”

Envie seu Comentário