Comércio de Ipatinga volta a funcionar com medidas preventivas

Para o comércio voltar a funcionar, ficou combinado que medidas preventivas contra o coronavírus precisariam ser tomadas pelos comerciantes

Wôlmer Ezequiel


Entre as medidas preventivas contra o coronavírus no comércio está a disponibilização de álcool em gel para os clientes e funcionários

Após a publicação do Decreto Municipal nº 9.295/20, que flexibiliza o funcionamento do comércio, as ruas do Centro de Ipatinga voltaram a ficar movimentadas. Diversos estabelecimentos varejistas e atacadistas reabriram as portas nesta quarta-feira (8), já que estavam proibidos de receberem clientes desde o dia 21 de março, devido à preocupação com o novo coronavírus (Covid-19).

Agora, a expectativa dos lojistas e empresários é que consigam se organizar e se preparar para as próximas datas comemorativas do ano, como Páscoa, Dia das Mães e Dia dos Namorados, que são oportunidades para aumentar suas vendas.

Medidas preventivas

Para o comércio voltar a funcionar, ficou combinado que medidas preventivas contra o coronavírus precisariam ser tomadas pelos comerciantes. Com isso, no dia da reabertura do comércio, as lojas de Ipatinga seguiram o combinado, tendo funcionários de máscaras, potes de álcool em gel no balcão e limite de pessoas no interior do estabelecimento para evitar aglomeração.

Contato com cliente

Segundo o presidente da Associação Comercial, Industrial, Agropecuária e de Prestação de Serviços de Ipatinga (Aciapi), Cláudio Zambaldi, a reabertura do comércio foi muito importante. “Agora voltamos a ter o contato com o nosso cliente, já que estávamos fechados há mais de duas de semanas. Dessa forma, podemos retomar as atividades do nosso crediário e viabilizar novas vendas. Isso é fundamental para estarmos adimplentes com os nossos compromissos, como pagamento de aluguel e de funcionários”, afirmou.

Movimento

O presidente da Aciapi também avaliou a retomada do movimento nas ruas do Centro de Ipatinga. “Nesta quarta-feira (8), tivemos um bom número de carros devido ao estacionamento rotativo não estar funcionado até então. Na minha avaliação, a movimentação ainda foi um pouco tímida, devido ao cenário atual, mas foi extremamente importante para nós, e aos poucos, vamos agitando novamente o comércio”, salientou.

Contribuição de todos

Cláudio Zambaldi ainda destacou que, neste momento, é importante a contribuição de todos. “Precisamos que os consumidores também se conscientizem de que o comércio está aberto para ser utilizado da melhor forma possível, e não como passeio. Todos nós devemos contribuir nesse momento. Empresários, funcionários, colaboradores e clientes. Toda a sociedade precisa contribuir com esse isolamento, indo à rua apenas para resolver as pendências necessárias. Apenas juntos vamos conseguir vencer esse vírus”, ressaltou.

Entenda

Na terça-feira (7), a administração de Ipatinga e o Comitê Gestor da Crise decidiram pela retomada das atividades comerciais em diversos segmentos no município. Isso ocorreu depois de um encontro de pouco mais de quatro horas, que reuniu três promotores públicos, o superintendente regional de Saúde, o diretor-geral da Agência da Região Metropolitana do Vale do Aço (ARMVA) e os prefeitos de Ipatinga, Coronel Fabriciano, Santana do Paraíso e Timóteo no Fórum da Comarca de Ipatinga.

Na reunião, ficou definido que o comércio das quatro cidades do Vale do Aço terá o horário de funcionamento flexibilizado. Com isso, o Decreto Municipal de Ipatinga nº 9.295/20 estabelece que as lojas abrirão entre 10h e 16h nos dias de semanas, e de 9h as 13h aos sábados. Os bares, lanchonetes e restaurantes poderão atuar em sistema de delivery com entrega em seus pontos, porém sem consumo dentro dos estabelecimentos.

Veja mais:
Comércio de Ipatinga volta a funcionar com medidas preventivas

Comércio em Belo Oriente também funciona parcialmente

Decreto estabelece novas normas para funcionamento do comércio em Timóteo


Comércio de Ipatinga volta a funcionar com medidas preventivas
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

MAIS FOTOS

Comentários

Pensador 11 de abril, 2020 | 10:54
Positivo: a flexibilização do horário e reabertura do comercio com as devidas precauções. Com o comercio fechado e a economia estagnada, muitos pequenos empresários e pais de família ficam sem fonte de renda.

Negativo: a postura da população em sair às compras. Acho que muita gente ainda não entendeu que vivemos um período de exceção e que é fundamental cada um fazer sua parte para minimizar a propagação dessa "gripezinha" fatal.
Adriano 10 de abril, 2020 | 10:58
Atitude irresponsável do nosso prefeito. Tem famílias inteiras andando junta nas ruas. Lamentável será o resultado disto.
Eduardo Bananinha 09 de abril, 2020 | 10:31
Isso ai família ipatinguense,Vamos as compras e levem a família toda a tira colo,precisamos aquecer a economia que é o mais importante,dinheiro no bolso do patrão.
Eu vou ficar em casa, comprem por min ,por favor.
José da Silva Miranda 09 de abril, 2020 | 09:52
Irresponsabilidades do prefeito abrir comércio sem ter como fiscalizar,isto pode ficar muito caro para ele. Só nos resta pedir a Deus!
José de Arimatéia Lopes 09 de abril, 2020 | 09:22
Poucos são os estabelecimentos comerciais que obedecem esta orientação...e o município não consegue fiscalizar.
Profeta Iluminado 08 de abril, 2020 | 18:18
Muita irresponsabilidade..em pleno inicio do mês crítico de contagio, onde o próprio Ministro da Saúde sugere "Fique em Casa", os prefeitos e secretários de saúde do Vale do Aço não resistiram as pressões econômicas da ACIAPI e Cia. Irão pagar caro nas próximas eleições..mais ainda as vidas que serão ceifadas, por este ato insano durante os próximos meses desta pandemia invisível. O povo brasileiro com sua ignorância política, têm o que merece mesmo..DEUS nos ajude!!..
Nando 08 de abril, 2020 | 17:51
Decisão errada. A região tem vários casos e muitos suspeitos. Vá ao comércio e ganhe um coronavirus.
Palhaço 08 de abril, 2020 | 17:23
Se a fiscalização, não ficar de olho, isto não dura nem mais 5 dias. DUVIDO que os donos vão ficar fazendo isso.

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO