Em Fabriciano, 80 pessoas estão desalojadas

Famílias foram encaminhadas para escolas e igrejas

Divulgação


Diversos pontos de alagamento foram registrados na cidade

Conforme a Defesa Civil de Coronel Fabriciano, até o momento 80 pessoas estão desalojadas e foram encaminhadas para a Escola Municipal Boa Vista, no bairro Santa Helena. No local, foi montado um abrigo e ponto de apoio para o recebimento de doações para as famílias atingidas. O município sofre com o grande volume de chuva que cai desde a noite de sexta-feira (24).

Outros três locais na cidade também receberam desalojados. No bairro Mangueiras, na Escola Municipal Nicanor Ataíde; na Igreja do Evangelho Quadrangular, no bairro Dom Helvécio; e na Igreja Católica do bairro Manoel Domingos, áreas mais atingidas pela cheia do rio Piracicaba. As famílias estão sendo cadastradas e o governo municipal informa que está garantindo assistência integral incluindo alimentação e transporte.

As equipes da Defesa Civil, secretarias municipais e órgãos de proteção como Corpo de Bombeiros e Polícia Militar continuam nas ruas para garantir a segurança da população. A Secretaria de Governança de Obras e Serviços Urbanos empenhou várias frentes de trabalho atuando em toda cidade para desobstrução das vias mais atingidas pela lama.
Segundo a Gerência de Trânsito, a avenida JK, no bairro Mangueiras, que liga ao Amaro Lanari, está totalmente interditada, devido ao transbordamento do Piracicaba.

O nível do Ribeirão Caladão, que neste sábado chegou a invadir algumas ruas e casas nos bairros JK, Surinã, Santo Antônio, Manoel Maia, Floresta, Frederico Ozanan e Judith Bhering, baixou e voltou ao nível normal. Apenas nas proximidades da avenida Julita Pires Bretas, até o encontro com o Rio Piracicaba, o ribeirão encontra-se com o nível elevado, devido à falta de vazão, mas sem comprometer nenhuma moradia. O nível do rio Piracicaba começou a baixar, mas, mesmo assim a situação é de atenção.

A Defesa Civil também registrou algumas ocorrências como deslizamentos e alagamentos no Cocais, Zona Rural do município. Na manhã deste domingo, representantes da Secretaria de Obras estiveram no local para um levantamento da situação do povoado e possíveis ações na comunidade.

Doações
Devido aos transtornos causados pela chuva, o governo de Coronel Fabriciano está recebendo doações para as famílias desabrigadas na cidade. As pessoas podem contribuir com cobertores, itens de higiene, material de limpeza e roupa de cama. Os donativos podem ser entregues na Escola Municipal Boa Vista, rua Efrem Macedo, 259, bairro Santa Helena, próximo ao Clube Casa de Campo.

Serviço
Em caso de emergência, o cidadão deve ligar para a Defesa Civil Municipal, que atende pelo 199 (plantão) e pelo telefone 3846-7702; Polícia Militar, 190 e Corpo de Bombeiros, 193.

Mais:
Famílias são evacuadas de área de risco na Prainha
Abastecimento de água na região fica prejudicado por causa da chuva
Famílias do Santa Rita são retiradas de suas casas
Comportas abertas na UH de Sá Carvalho
Cheia leva acesso ao Vale Verde, em Ipaba
Chuva intensa deixa dezenas de famílias desabrigadas em Timóteo
Cerca de 30 famílias estão desabrigadas em Coronel Fabriciano
Moradores são orientados a deixar casas em Santana do Paraíso
Chuva intensa deixa Bom Jesus do Galho debaixo d’água
Avenida em Coronel Fabriciano está interditada
Em Coronel Fabriciano, Prainha segue debaixo d'água
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO