Quase cem pessoas precisaram deixar suas casas em Timóteo

Alex Ferreira


Na avenida Minas Gerais, moradores conferem os estragos causados pela chuva

Conforme o governo de Timóteo, por causa da chuva e dos riscos de alagamento, 98 pessoas se encontram alojadas nas Escolas Joaquim Ferreira, na Regional Sul, e na Escola João Cotta, no distrito de Cachoeira do Vale e igrejas.

O Sistema de Comando Operacional (SCO), instalado na Prefeitura de Timóteo, realizou uma reunião nas primeiras horas da manhã deste domingo (26) para fazer um balanço da grave situação que o município enfrenta devido à chuva intensa dos últimos três dias. Foram definidas as ações a serem desenvolvidas ao longo deste domingo.

Além da organização dos abrigos para receber as famílias desalojadas, também foi providenciado um cadastro de todos os abrigados pela equipe da Secretaria de Assistência Social.

Foi organizada uma equipe de enfermeiros e médicos para atendimento médico emergencial e aplicação de vacinas. Essa equipe está centralizada na Escola João Cotta.

Ao mesmo tempo, equipes da Secretaria de Obras estão priorizando a limpeza das vias de acesso aos bairros mais atingidos para facilitar o trânsito de máquinas e de socorro. Em seguida terá início a elaboração de vistorias e laudos nas casas e equipamentos públicos atingidos pela chuva que será anexado a um relatório a ser encaminhado aos governos estadual e federal.

O Executivo reforça que o leito do nível do rio Piracicaba está baixando, o que traz alívio momentâneo, mas as famílias que residem na beira do rio Piracicaba, de córregos e em áreas de encostas devem continuar atentos e dever deixar as suas residências caso se constate risco a integridade física.

O Sistema de Comando Operacional reúne integrantes do governo municipal, do Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e voluntários.

Doações
Em virtude dos transtornos causados pela chuva, a Defesa Civil de Timóteo está recolhendo doações para os moradores afetados. Quem quiser contribuir pode doar cobertores, colchões, alimentos não perecíveis, materiais de limpeza, produtos de higiene pessoal, roupas de cama, roupas (em bom estado) e toalhas. Os itens devem ser entregues na Escola Estadual João Cotta, rua Rondônia, 305, Cachoeira do Vale.

Mais:
Famílias são evacuadas de área de risco na Prainha
Abastecimento de água na região fica prejudicado por causa da chuva
Famílias do Santa Rita são retiradas de suas casas
Comportas abertas na UH de Sá Carvalho
Cheia leva acesso ao Vale Verde, em Ipaba
Chuva intensa deixa dezenas de famílias desabrigadas em Timóteo
Cerca de 30 famílias estão desabrigadas em Coronel Fabriciano
Moradores são orientados a deixar casas em Santana do Paraíso
Chuva intensa deixa Bom Jesus do Galho debaixo d’água
Avenida em Coronel Fabriciano está interditada
Em Coronel Fabriciano, Prainha segue debaixo d'água

Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

MAIS FOTOS

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO