Vereador Luiz Márcio nega acusações

Como já era esperado, o vereador nega as acusações feitas contra ele, de recolher parte dos salários dos assessores para benefício próprio


O plenário da Câmara de Ipatinga recebeu na manhã desta terça-feira, a oitiva do vereador Luiz Márcio (PTC). Ele negou todas as acusações. Agora, a defesa tem cinco dias para apresentar suas alegações finais e então, a comissão apresentará relatório aos demais vereadores.

Negativa

Como já era esperado, o vereador nega as acusações feitas contra ele, de recolher parte dos salários dos assessores para benefício próprio. Uma das acusações que pesam contra o vereador é que teria obrigado um dos seus ex-assessores a contrair empréstimo em uma financeira e repassar o valor ao gabinete.

Entretanto, Luiz Márcio disse que não foi beneficiado em nenhum empréstimo e que foi somente avalista em vários casos. Ele também nega que tenha recolhido salários de assessores, conforme acusação feita pelo Ministério Público na investigação acargo do Gaeco.

“Quero pedir que seja feita justiça e que me vejam como parlamentar. Não tenho culpa, mas as coisas precisam ser mesmo investigadas”, afirmou Luiz Márcio.

O depoimento transcorreu dentro do horário previsto, e durou cerca de uma hora, no plenário da Câmara de Ipatinga, que estava cheio.

Primeiro adiamento

A oitiva do vereador estava agendada para dia 14 de maio, mas por uma manobra dos seus advogados de defesa, com base no regimento interno, que veda o acesso de vereadores ao plenário sem os trajes apropriados (passeio completo/terno e gravata), o depoimento acabou adiado pela Comissão Processante, que avalia se o vereador cometeu quebra do decoro ao - supostamente - fazer funcionar em seu gabinete uma "caixinha", com o recolhimento de parte dos salários dos assessores. Investigado no âmbito da Operação Dolos, do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizago (Gaeco), Luiz Marcio e outros seis vereadores enfrentam uma investigação que já levou à renúncia cinco vereadores.

Entenda

Além de Luiz Márcio, são investigados no âmbito da Operação Dolos, do Gaeco, Paulo Reis (Pros), José Geraldo Andrade (Avante), Antônio Rogério Bento, o Rogerinho (sem partido), Wanderson Gandra (PSC), Osimar Barbosa, o Masinho (PSC) e o vereador Gilmar Ferreira Lopes, o Gilmarzinho (PTC), além da filha dele, Gilcelia de Oliveira Lopes Daniel, que atuava no gabinete do pai mesmo sem ser nomeada.

Desses, Andrade foi o único liberado da cadeia após pagamento de fiança e assinatura de um ajustamento de conduta com o Ministério Público para o pagamento de multas. Apenas Luiz Márcio, Masinho e Gilmarzinho ainda não apresentaram pedido de renúncia. E ainda como vereadores, eles estão sujeitos a serem processados pela própria Câmara.

Além dos dois vereadores e ex-vereadores, estão presos os assessores Ivan Menezes (gabinete de Paulo Reis) e Rodrigo Vieira Ramalho (gabinete de Masinho), acusados pelo MP de serem operadores de um esquema de recolhimento de parte dos salários dos assessores de gabinete na Câmara, uso de assessores fantasmas, entre outros delitos.

Os vereadores, ex-vereadores e assessores são acusados dos crimes de peculato, falsidade ideológica, concussão e lavagem de dinheiro. Alguns deles ainda respondem por ameaças e tentativa de obstrução da Justiça por dificultar as investigações do Gaeco. No último dia 8, as testemunhas de Luiz Márcio foram ouvidas e negaram qualquer participação em esquema de caixinha ou mesmo de ter conhecimento sobre.

Mais:
Investigação aponta que mais de R$ 300 mil foram desviados pelo vereador Gilmarzinho, em Ipatinga
Nova operação do Gaeco mira agiotagem na Câmara de Ipatinga
Vereador Gilmarzinho e sua filha são presos em Ipatinga
Gaeco flagra peculato praticado por assessor do vereador Masinho
Diante de Comissão Processante, testemunhas de vereador negam repasse de salário em gabinete

Vereador nega acusações

Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

MAIS FOTOS

Comentários

Jose Soares Couto 22 de maio, 2019 | 08:19
Mas é lógico que todos eles vão negar. Alí, por incrível que pareça, só tem Santo....... Que dó deles....... ". Gaeco neles.......

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO