Atendimentos são suspensos na Prefeitura de Ipatinga

As demandas para o setor de Protocolo e Central de Atendimento Tributário serão retomados dia 30

Divulgação


A decisão de restringir os atendimentos na prefeitura foi divulgada ontem

Para evitar a disseminação do novo coronavírus (Covid-19) o governo de Ipatinga definiu, na quarta-feira (18), suspender temporariamente o atendimento ao público oferecido na prefeitura. A medida começa a valer hoje e segue até o dia 27 de março. O expediente retornará à normalidade no dia 30 de março.

Dentre as ações de prevenção, as demandas para o setor de Protocolo e Central de Atendimento Tributário (Ceat), a partir do dia 30 de março, serão canalizadas a um serviço telefônico. Os números serão divulgados em breve para a população.

Durante o período de suspensão do expediente convencional, o público que precisar encaminhar algum documento físico ou necessitar de acesso incontornável à prefeitura deverá contar com pessoal de triagem disponibilizado pela Administração no salão de entrada do prédio. Ali também será avaliada a justificativa para o acesso.

O prefeito Nardyello Rocha reforça que a decisão é mais uma ação norteada por cuidados com a saúde pública. “Desde que o contágio da doença se tornou um risco iminente e potencial para Ipatinga, esse governo viu a necessidade de tomar atitudes rápidas para proteger os munícipes. Convocamos em caráter de urgência alguns segmentos da sociedade, diversas entidades representativas, assim como todo o nosso secretariado, definindo emergencialmente a suspensão das atividades em diversos setores. Nestes dias avaliamos a situação do atendimento na Ceat e vimos que, nos padrões atuais, ele se tornou inviável. Não podemos permitir aglomerações, e assim precisamos criar um mecanismo mais seguro para atender o público, preservando a integridade física das pessoas”, disse.

De acordo com o último boletim epidemiológico do município, divulgado nesta quarta-feira, Ipatinga tem um caso confirmado da doença, 193 em investigação e dez descartados.

Medidas preventivas

Desde o início da semana, o governo municipal tem tomado medidas que foram divulgadas após a publicação no Diário Oficial do Decreto 9273/2020, que oficializa o estado de emergência na cidade.

Uma das principais medidas contidas no documento é a determinação para que sejam suspensas por tempo indeterminado as atividades letivas em todas as escolas da cidade, nos mais diversos níveis, incluindo as da rede particular. A suspensão garante a proteção de mais de 60 mil alunos no município, incluindo creches e faculdades.

O Executivo confirmou também a suspensão de todas as atividades previstas para comemoração do 56º aniversário de emancipação político-administrativa do município, no mês de abril, assim como outros eventos públicos e também os particulares que dependam de alvarás. Estão suspensas ainda, temporariamente, as visitas aos pacientes internados no Hospital Municipal e na Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

A partir desta quinta-feira (19), está determinada também a suspensão das sessões de cinemas, assim como a interrupção temporária das atividades em academias de ginástica e escolas de idioma.

Em tom de recomendação, o documento também contém orientações às instituições religiosas da cidade para que suspendam ou reduzam o número de participantes em suas celebrações públicas, assim como o tempo de duração. Pede-se, ainda, às lideranças, que procurem evitar o contato de idosos com outros grupos de fiéis em ambientes de aglomeração.

Já publicado

Após caso confirmado, Fabriciano anuncia medidas contra coronavírus
Ipaba tem aulas suspensas por coronavírus
Timóteo decreta estado de emergência sanitária
Prefeito de Ipatinga decreta estado de emergência e anuncia medidas
Belo Oriente decreta medidas de prevenção ao coronavírus
Administração de Naque decreta estado de emergência e suspende aulas
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO