Vale estuda pedido de isenção de taxas ao Dnit

Há pelo menos um ano o consórcio liberado pela Construtora Brasil aguarda a conclusão da negociação para iniciar as obras do novo viaduto

Divulgação


Dnit aguarda entendimentos com a concessionária da ferrovia para iniciar viaduto nesse ponto, em Antônio Dias

A construção de um viaduto sobre a Estrada de Ferro Vitória a Minas (EFVM), no âmbito das obras de duplicação da BR-381 Norte, trecho em Sá Carvalho, Antônio Dias, aguarda o resultado de um entendimento entre o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) e a Vale, concessionária da ferrovia. Há pelo menos um ano o consórcio liberado pela Construtora Brasil aguarda a conclusão da negociação para iniciar as obras do novo viaduto, conforme noticiado pelo Diário do Aço, nessa semana.

Procurada pelo jornal, a assessoria da Vale informou que a empresa avaliou os estudos necessários para a construção do viaduto na faixa de domínio da Estrada de Ferro Vitória a Minas, conforme prevê resolução da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), e enviou o contrato para a permissão de início das obras ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes. “Em setembro deste ano, a empresa recebeu do DNIT uma solicitação para isenção de taxas. O pedido está sendo avaliado”, conclui a nota da Vale.

Já publicado

Novo viaduto sobre a EFVM, em Antônio Dias, aguarda liberação da Vale há um ano
Vale solicita ao Dnit laudo de viaduto sobre a linha férrea
Dnit fará desvio no trevo de Itabira, na BR-381
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO