Adolescente de 15 anos alega ter sido estuprado por sete internos no CSE, em Ipatinga

Envolvidos com idades de 15 a 17 anos estão internados no Centro Socioeducativo localizado na área central de Ipatinga

Arquivo/Diário do Aço


Os agentes que trabalham no CSE de Ipatinga descobriram o caso nesta terça-feira

A Polícia Militar registrou um estupro que teve como vítima um adolescente de 15 anos, jovem que se encontra recolhido no Centro Socioeducativo (CSE) de Ipatinga. Os suspeitos também são internos do CSE, com idades de 16 (sete jovens) e 17 anos (um adolescente), todos colegas de alojamento da vítima.

A descoberta da violência sexual ocorreu durante uma briga entre os adolescentes em um dos alojamentos do CSE, fato ocorrido no domingo (1). Os agentes socioeducativos agiram rápido e apaziguaram a situação, mas o jovem de 15 anos disse que havia engolido drogas estando com elas em seu estômago.

Ele ficou em observação na sala de triagem para ser medicado, mas o médico não constatou qualquer substância anormal no corpo do jovem. Ao ser reconduzido ao alojamento, o adolescente pediu que fosse colocado em outro local. Os agentes estranharam a situação passando a procurar o motivo pelo tal comportamento do interno.

O jovem explicou que há alguns dias vem sendo utilizado pelos colegas do alojamento como “cofre do quarto”. Ele tem a missão de engolir drogas para escondê-la e depois os internos poderem utilizá-la assim que for expelida nas fezes. Uma das porções foi encontrada pelos agentes antes do adolescente de 15 anos “cumprir” as ordens dos colegas.

Desde então, ele vem sofrendo agressões e passou a ser violentado sexualmente pelos colegas do alojamento. O jovem disse que inventou a história da última ingestão de drogas para sair do quarto e poder contar o que estaria lhe ocorrendo. O caso foi registrado pela Polícia Militar e encaminhado para a delegacia de Polícia Civil que vai investigar o caso.

Outros casos recentes no CSE-Ipatinga:

Interno do CSE tenta tomar professora como refém

Adolescentes tentam matar interno no Centro Socioeducativo, em Ipatinga

Quatro adolescentes escapam do Centro Socioeducativo, em Ipatinga
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Faca na Caveira 04 de Setembro, 2019 | 12:57
Isso tudo é culpa da direção, autorizando as famosas saídas externas, com final de semana no mundão... agora o menor ficou com a pupila delatada...
Tutu 04 de Setembro, 2019 | 11:39
Esse que foi abusado foi o mesmo que colocou a tesoura na garganta da professora e fez de refém.
O mal sempre se volta pra essa bandidos.

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO