Adolescentes tentam matar interno no Centro Socioeducativo, em Ipatinga

Três infratores internos agrediram o adolescente e ainda um agente socioeducativo durante a confusão

Arquivo Diário do Aço


A confusão ocorreu neste Centro Socioeducativo, em Ipatinga, na noite de quarta-feira

Três adolescentes, de 15, 16 e 17 anos, foram flagrados tentando matar um outro adolescente, de 16 anos, dentro do Centro Socioeducativo (CSE) de Ipatinga, na noite de quarta-feira (7). Eles ainda agrediram um agente que saiu no socorro da vítima, que por pouco não foi morta por sufocamento, conforme registros da Polícia Militar que deu apoio na ocorrência.

O caso foi descoberto por volta das 22h30, conforme dados da Polícia Militar. Os agentes do CSE, unidade situada no Centro de Ipatinga, escutaram um alvoroço por parte dos internos no alojamento 5. Eles foram verificar o que ocorria e depararam com os três infratores com uma toalha tentando sufocar a vítima.

Os agentes intervieram separando os envolvidos, mas um dos autores ainda chutou um dos agentes ameaçando-o de morte. Depois de muito trabalho, os adolescentes foram contidos e algemados.

A vítima não soube explicar direito os motivos da agressão, mas os três infratores estavam chamando o agredido de “X-9”, ou seja, de dedo-duro.

Os envolvidos foram encaminhados para serem medicados na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), no bairro Canaã. A suspeita pelo cometimento da tentativa de matar a vítima surgiu com a descoberta de maconha no interior do alojamento. Os internos passaram a suspeitar que o adolescente agredido tivesse denunciado a situação para os agentes.

Outra versão apurada é que o jovem agredido teria ofendido a mãe dos três autores. Como ofendeu a honra da família deles, o trio resolveu ceifar a vida do interno. A ocorrência foi confeccionada pela PM e os envolvidos serão apresentados à Polícia Civil para esclarecimento do caso.

Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Augusto 11 de Agosto, 2019 | 07:49
Isso demonstra que uma parte desses internos deveriam estar em um presidio comum. os nossos nobres especialista ( demagogos) em direitos humanos insistem em querer passar para o povo que esses jovens são "mais recuperáveis" quando comparado com adultos. eles só não conseguem explicar que a maldade e a periculosidade não acompanha idade.
P2 10 de Agosto, 2019 | 09:43
Tadinhoooooo... São tão boa gente. São de menores e são uns anjinhos que estão lá pra serem socioeducativados kkkkkkkkkkkkkkkkkkk
São tão boa gente que meu coração até corta de dó se acontecesse algo com os três
Pmv 09 de Agosto, 2019 | 23:34
Mas eu não estou acreditando nesta matéria mesmo! Pois lá na quele local só tem anjo, segundo algumas entidades e o tau de direitos humanos kkkkkk.....

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO