Presos mais dois suspeitos do triplo homicídio de Ipaba

Um revólver de calibre 38 foi apreendido com os dois jovens que estavam em Entre Folhas

Divulgação PM


Esse revólver calibre 38 com a numeração raspada foi encontrada pelos PMs, arma municiada com seis cartuchos

Mais dois suspeitos de participação no triplo homicídio ocorrido no último sábado, em Ipaba, foram localizados pela Polícia Militar.

Um suspeito já está preso, desde a noite do crime e foi autuado e encaminhado para o presídio.

Nessa terça-feira T.C.S., de 26 anos, e R.S.S., de 18 anos, foram encontrados escondidos em uma casa na rua José Marciano, no Centro de Entre Folhas.

Denúncias anônimas revelaram que dois moradores de Ipaba chegaram a Entre Folhas, na noite de segunda-feira, e se esconderam em uma casa na área central da cidade.

Os denunciantes indicaram que os dois jovens estariam comentando que tiveram participação no triplo homicídio ocorrido no último fim de semana, em Ipaba.

Os PMs de Entre Folhas, com o apoio de policiais de Vargem Alegre e Ubaporanga, cercaram a casa onde estariam os dois suspeitos. Com a autorização dos moradores, os militares encontraram a dupla num imóvel nos fundos do terreno. Eles estavam deitados e foram surpreendidos pelos policiais.

Um revólver calibre 38 com a numeração raspada e seis cartuchos foi recolhido com a dupla. Os dois alegaram que compraram o revólver em Belo Horizonte por R$ 3 mil, em sociedade, há cerca de dois anos.

Eles afirmaram que eram ameaçados pelos familiares das vítimas do triplo homicídio e sabiam que a polícia estava atrás deles também. Por isso saíram de Ipaba.

T.C. confessou que foi o autor da tentativa de homicídio contra Gustavo Henrique Silva Barros, de 29 anos, fato ocorrido em 16 de março passado como noticiado pelo Diário do Aço.

O jovem alega que usou uma outra arma, uma garrucha, no atentado contra a vítima ao ser ameaçado na porta de sua casa por Gustavo. Os dois presos foram encaminhados para a delegacia de Caratinga e serão investigados.

Operações

Depois do registro do triplo homicídio, na noite de 30 de março, policiais intensificaram as buscas as pessoas envolvidas com o crime. Somente nessa terça-feira, conforme apurou o Diário do Aço, foram feitas operações policiais em seis locais diferentes, em busca de armas, entorpecentes e produtos de origem suspeita. Em, uma das operações, policiais prenderam dois suspeitos de envolvidos com crimes, que estariam planejando uma vingança. Com eles foram apreendidos, uma pistola, munição e outros produtos.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO