01 de maio, de 2021 | 16:19

Jovem de Timóteo é executado na Serra, no Espírito Santo

Reprodução
Miguel Gonçalves, o Miguelzinho, foi morto a tiros na Grande Vitória, no Espírito SantoMiguel Gonçalves, o Miguelzinho, foi morto a tiros na Grande Vitória, no Espírito Santo

Miguel Gonçalves Dias, de 20 anos, foi executado a tiros no município de Serra, na Região Metropolitana de Vitória, no Espírito Santo, no início da madrugada deste sábado (1º). Conhecido como “Miguelzinho do Primavera”, ele era de Timóteo e tinha diversas passagens pela polícia no Vale do Aço por crimes contra o patrimônio e tráfico de drogas.

O Diário do Aço teve acesso às informações do assassinato de Miguelzinho, fato registrado por volta de 1h30 deste sábado pela Polícia Militar do Espírito Santo. O crime foi cometido na rua Todos os Santos, no bairro das Laranjeiras, na cidade de Serra.

Assim que uma equipe da PM chegou à residência, onde teria ocorrido disparos de arma de fogo, os policiais encontraram a vítima caída na área de serviço da casa. O jovem não apresentava sinais vitais. O imóvel estava com as portas e o portão abertos, além de não ter outra pessoa no local.

A área foi isolada para o trabalho da perícia técnica-científica. Miguelzinho foi atingido por três tiros na região lombar e um no rosto, conforme a avaliação inicial realizada na cena do crime. O corpo do jovem foi removido pelo rabecão para a serviço de medicina-legal para ser necropsiado e foi sepultado na manhã de domingo (2), no cemitério Jardim da Saudade, no Santa Maria, em Timóteo.

Jovem era envolvido em crimes na região

Miguelzinho é um velho conhecido dos policiais militares de Timóteo desde quando era adolescente. O Diário do Aço apurou em seus arquivos duas notícias tendo o jovem como suspeito na cidade. No dia 26 de fevereiro passado, ocorreu um assalto a um casal na avenida Judite Maria do Carmo, no bairro Novo Horizonte. A ação dos ladrões foi filmada por câmeras de segurança.

As vítimas, um homem de 52 e uma mulher de 48 anos, foram abordadas por dois jovens em uma moto Honda Titan 160 de cor preta. O carona armado com um revólver determinou que o casal entregasse todos os pertences pessoais.

Uma das testemunhas reconheceu um dos autores, que seria o jovem Miguel que estava de prisão domiciliar, benefício concedido pela Justiça no fim de novembro do ano passado. O outro envolvido também havia sido identificado pela polícia.

No início do mês de março, os policiais recuperaram um colete balístico furtado em uma agência bancária no dia 20 de fevereiro passado, em Coronel Fabriciano. O objeto estava com Miguelzinho e entregue pela mãe dele aos policiais militares que registraram a ocorrência.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Antonio

02 de maio, 2021 | 13:13

“Que pena que a página, só aceite publicar comentários falsos! Aqui, se expressar sentimentos verdadeiros, é censurado. Mesmo se tratando de cidadãos de bem, felizes por se livrarem do mal. Que pena....”

Lucia Paiva

01 de maio, 2021 | 20:06

“Tem de agradecer e muito aos Capixabas! Belas praias e serviço limpo.”

Antonio

01 de maio, 2021 | 20:04

“Os "Miguezinhos de Minas ( Primavera ), pensam que todo canto é terreiro deles. rs”

Willian

01 de maio, 2021 | 19:23

“Mais uma estrela que sobe!!! Parabéns aos autores!!!”

Andre Carlos

01 de maio, 2021 | 18:16

“CPF cancelado!!! Achou que mudar de cidade ia adiantar alguma coisa! Vai roubar no colo do CAP3TA!!!”

Envie seu Comentário