31 de março, de 2021 | 10:34

Cerca de 10 Kg de maconha e armas de fogo são apreendidos com suspeitos de atentado contra grávida

Policiais localizaram duas adolescentes e um rapaz durante as buscas ao ex-namorado da vítima que ainda está foragido

Divulgação Polícia Militar
As 12 barras de maconha apreendidas e dois revólveres localizados durante as buscas aos autores do atentadoAs 12 barras de maconha apreendidas e dois revólveres localizados durante as buscas aos autores do atentado

Três jovens foram presos pelo envolvimento na tentativa de homicídio contra uma adolescente grávida, de 15 anos, crime ocorrido na noite de segunda-feira (29) na rua Bétula, no bairro Esperança, em Ipatinga. Ao apurar o crime, policiais chegaram à casa de uma adolescente, no bairro Iguaçu, onde apreenderam cerca de dez quilos de maconha e dois revólveres, além do carro utilizado na fuga logo depois do atentado.

O tenente Lindomar, do Comando-Tático da 143ª Cia Tático Móvel, disse ao Diário do Aço que desde o crime contra a adolescente as equipes do 14º Batalhão estavam empenhadas em localizar o ex-namorado da vítima, G.M.O, de 19 anos. “Recebemos uma informação sobre onde estava o carro e as armas usados no dia do crime”, disse o oficial.

No fim da tarde de terça-feira (30) as equipes foram para a rua Pindorama, na região do Game, no bairro Iguaçu, onde depararam com o VW Gol de cor preta estacionado. Na casa, onde estaria morando uma adolescente de 17 anos, também denunciada, os policiais viram por um vidro quebrado da porta uma barra de maconha próximo ao sofá.

Os PMs resolveram verificar a casa, que estava sem qualquer morador naquele momento. Debaixo do sofá foram localizadas as 12 barras de maconha, totalizando cerca de dez quilos da droga. Já no guarda-roupas, os militares encontraram dois revólveres, um de calibre 38 e o outro de calibre 32 com a numeração suprimida. Pinos com cocaína também foram apreendidos.

Enquanto as equipes vistoriavam a casa, passou pela rua um carro, cujo condutor fez menção de parar, mas de repente ele acelerou para sair do local. Esta situação levantou suspeitas e atraiu a atenção dos PMs que resolveram parar o veículo para averiguação.

Era um motorista de aplicativo que conduzia o carro e transportava como passageira uma adolescente de 17 anos, moradora da residência denunciada. Em poder dela foram localizadas, uma porção de maconha, joias e uma quantia de R$ 142.

O Gol usado no atentado foi verificado e, pelo número do motor, descobriu-se que era um carro roubado do estado da Bahia. O veículo estava com placa clonada e foi removido ao pátio credenciado pelo Detran.

Enquanto isso, uma equipe da PM foi até a rua Adriel Abílio Gonçalves, no bairro Veneza, onde R.O.S., de 20 anos, estava escondido na casa da namorada de 15 anos. Segundo a polícia, este jovem é quem dirigia o Gol no dia do crime, conforme denunciou a vítima da tentativa de homicídio.

R.O. confirmou ao Diário do Aço que conduzia o carro, porém alegou que não sabia que G.M. iria atentar contra a vida da garota grávida. Ele explicou os motivos da raiva do amigo. “Ela (jovem grávida) me chamou para sair. Achei isso sacanagem e contei para G. sobre ela querendo ficar comigo”, comentou o jovem.

O detido revelou que no carro, além dos dois jovens, estavam as duas adolescentes abordadas na operação da PM. A mesma versão do jovem preso foi relatada pela adolescente, namorada de R.O., em conversa com os policiais militares.

Outros crimes
Os policiais já encerravam o registro da ocorrência, quando viram imagens de um assalto contra um motorista de aplicativo, crime praticado por três jovens no bairro Imbaúbas, na noite do domingo (28) passado. Na ocasião foi roubado um Chevrolet Agile, veículo que foi localizado escondido em uma residência nas proximidades da casa onde ocorreu a apreensão da droga e armas de fogo na terça-feira.

No assalto ao Agile teriam participação R.O., o G.M. e ainda a adolescente de 17 anos. Todos os jovens estariam envolvidos com o tráfico de drogas ilícitas na região do Game, conforme denúncias da comunidade repassadas para os policiais. Os três detidos foram apresentados ao plantão da 1ª Delegacia Regional de Ipatinga.

O tenente Veiga informou ao Diário do Aço, já na quarta-feira, que destes jovens, dois deles são suspeitos de participarem do assalto contra dois funcionários de uma funerária, no Centro de Ipatinga, na madrugada de segunda-feira (29). Na ocasião, as vítimas foram amarradas enquanto bandidos roubaram dinheiro e tentaram levar o carro de uma delas, mas sem sucesso graças ao dispositivo antifurto instalado no carro.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário