16 de fevereiro, de 2021 | 13:35

Dia de reparar estragos causados pela chuva em Ipatinga

Divulgação
Além de vários pontos de alagamento, chuva provocou a queda de árvores na cidadeAlém de vários pontos de alagamento, chuva provocou a queda de árvores na cidade

A terça-feira (16) de carnaval foi de trabalho extra para muitas pessoas, que tiveram prejuízos com a chuva da madrugada de terça-feira (16) em Ipatinga. Conforme divulgado pela administração municipal, a precipitação foi de 86 milímetros, o que causou pontos de alagamento em diversos locais da cidade e queda de árvores.

As ocorrências foram atendidas pelo Corpo de Bombeiros ainda durante a madrugada, e a Defesa Civil seguiu com os trabalhos de averiguação por toda a cidade ao longo da terça-feira.

Conforme a Defesa Civil, é esperada mais chuva para os próximos dias, por isso, o órgão alerta à população sobre os cuidados a se tomar: evite áreas de alagamento; não abrigue embaixo de árvores e estruturas frágeis; não deixe lixo nas ruas, pois são levados pelas enxurradas e geram entupimento dos bueiros, que por consequência geram alagamento.

Estragos

Um dos locais atingidos foi a avenida Londrina, no bairro Veneza II, entre os números 480 e 700, onde a água da enxurrada ficou acumulada em mais de um metro e chegou a cobrir a calçada compartilhada de ciclista se pedestres. Entre as casas e os vários estabelecimentos comerciais prejudicados está a unidade do supermercado Consul. A água atingiu aproximadamente 50 centímetros no interior da loja. Durante toda a terça-feira o estabelecimento ficou as portas fechadas para o reparo dos estragos causados pela enxurrada.

Ainda na avenida Londrina, também houve alagamento no cruzamento com a rua Ilhéus, onde estabelecimentos comerciais foram igualmente atingidos pela inundação. Com a intensidade da precipitação, a rede de escoamento pluvial não suportou o volume de água da enxurrada e, por isso, houve a inundação em vários trechos.

Iguaçu

Na avenida Brasil, no bairro Iguaçu, o trecho da via nas proximidades da conversão para a rua Altina Gonçalves também foi inundado pela enxurrada. A água chegou até a pista de abastecimento do posto Petrobras, que existe no local.

Bom Jardim

No bairro Bom Jardim, moradores das partes mais baixas (principalmente avenida das Flores) relataram que tiveram suas residências invadidas pela água da enxurrada. Já na parte alta do bairro, o Corpo de Bombeiros registrou um caso de risco de desabamento na rua Vanda. Também foram registradas ocorrências nos bairros Canaã, Horto, Vila Militar e Jardim Panorama.

Veja também:
Passagem da avenida Universal vira cratera com a queda de tubulões
Defesa Civil de Fabriciano mantém alerta para chuva
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário