08 de outubro, de 2020 | 10:12

Deputada Flordelis passará a usar tornozeleira eletrônica

© Fernando Frazão/Agência Brasil
Deputada federal é acusada de ser mandante do homicídio de seu maridoDeputada federal é acusada de ser mandante do homicídio de seu marido
(Vinícius Lisboa - Repórter da Agência Brasil)
A Justiça do Rio de Janeiro intimou a deputada federal Flordelis (PSD - RJ) a se apresentar na Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) para receber uma tornozeleira eletrônica.

Segundo o Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, a intimação ocorreu às 19h de ontem (6) e deu um prazo de 48 horas para que a ré se apresente.

A ordem para que Flordelis seja monitorada por uma tornozeleira eletrônica partiu da juíza Nearis dos Santos Arce, da 3ª Vara Criminal de Niterói.

A magistrada atendeu a um pedido do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro, que acusa a deputada federal de ser a mandante do homicídio de seu marido, o pastor Anderson do Carmo, em 16 de junho do ano passado. O crime teria contado com a participação de filhos do casal.

A decisão foi publicada em 18 de setembro, mas a defesa da deputada federal questionou a determinação por meio de um pedido de habeas corpus em que argumenta que a deputada estaria submetida a constrangimento ilegal, sendo ré primária. Além disso, a defesa afirma que já havia sido decretado o seu recolhimento noturno e que ela havia entregue o seu passaporte.

Ao analisar a questão, o desembargador Celso Ferreira Filho rejeitou os argumentos e decidiu, no dia 25 de setembro, que a deputada deveria usar a tornozeleira eletrônica.

Já publicado

Mesa encaminha denúncia contra Flordelis para a Corregedoria da Câmara
Flordelis defende os filhos após morte de marido
Filho de Flordelis confessa que matou o pai a mando do irmão, diz polícia
Marido de deputada federal é morto a tiros em Niterói
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Leoncio Simoes

08 de outubro, 2020 | 20:59

“Porque nossa politica so tem bandidos?
Esta mulher fazia um trabalho bonito,entrou na politica I o lado bandido de la apareceu.”

Eu

08 de outubro, 2020 | 12:01

“Essa mulher tinha que estar era na cadeia usando uniforme laranja com o número de seu INFOPEN nas costas, isso sim.”

Envie seu Comentário