Localizado e preso suspeito de atentado no Novo Tempo, em Timóteo

Policiais realizaram buscas para a prisão do autor da segunda tentativa de matar um jovem no bairro

Google


O suspeito de ser o autor de um atentado a tiros ocorrido na noite de terça-feira (21) foi localizado escondido em um barraco no bairro Novo Tempo, em Timóteo. J.L.M.M., de 28 anos, estava foragido desde que Lucas Magdiel Souza Martins, de 26 anos, foi atingido com disparos de arma de fogo ao passar de carro pela rua Cosmos, no Novo Tempo.

Como divulgou o Diário do Aço, Lucas foi baleado ao passar pela região do Novo Tempo conhecido como “lixa”. Ele relatou à PM que estava na condução de um Chevrolet Corsa quando surgiu J.L. em uma motocicleta e disparou uma arma de fogo contra a vítima. Mesmo baleado, Lucas deixou o veículo para se abrigar em um matagal.

O ferido foi socorrido por populares e encaminhado ao Hospital Vital Brazil, local onde a PM foi acionada. O jovem contou a história para os policiais. A vítima já havia sido alvo de uma tentativa de homicídio no último dia 11, mas na época não soube ou não quis revelar quem poderia ser o autor do primeiro atentado.

O tenente Vitor, da 85ª Companhia PM, informou ao Diário do Aço que a vítima teria uma rixa com N.J.R.S., de 31 anos, por causa de uma suposta dívida. O débito seria de uma arma de fogo apreendida pela polícia e que Lucas deveria pagar a N.J. pela perda da pistola calibre 9 mm.

Com esta informação, os policiais passaram a procurar o suspeito do atentado poderia estar na casa de um primo dele. Os PMs foram até a residência, mas tiveram um contratempo, já que uma moradora não permitiu a entrada para a verificação da suposta presença do jovem suspeito da tentativa de homicídio.

O tempo que demandou para a autorização da família foi essencial para que os primos conseguissem fugir da casa. Na fuga deles, uma sacola com drogas foi jogada no lote vizinho. Nessa sacola estavam, tablete de maconha, porções crack e balança de precisão, objetos recolhidos pelos policiais militares.

Prisão do suspeito do atentado

Enquanto isso, uma denúncia indicou que J.L. ainda estava no bairro. Os PMs monitoraram a partir de um local com vista para o Novo Tempo e puderam ver o suspeito entrando em um barraco na rua Satélite, a cerca de 100 metros da casa do primo dele. O imóvel, segundo a PM, estaria abandonado desde que o morador foi vítima de um atentado e se mudou com a família do local.

As equipes da PM cercaram o imóvel e fizeram a prisão de J.L. que se escondeu atrás de uma porta no banheiro do barraco. O preso foi encaminhado para o plantão da 1ª Delegacia Regional de Polícia Civil. “Ele foi autuado em flagrante. Se ele não ficar preso, há risco dele se tornar vítima ou cometer um homicídio é muito grande”, finalizou o tenente Vítor.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

André Medeiros Leao 25 de julho, 2020 | 17:38
Sr. Editor,
Sou morador de Coronel Fabriciano e trabalho em Ipatinga. Sempre tive(eu e vários amigos) que das 03 cidades mais importantes da região metropolitana do Vale do Aço, Timóteo sempren foi a mais pacata, a mais tranquila, com uma qualidade de vida melhor. No entanto tenho reparado um aumento significativo do índice de violência nesta cidade. Sugiro que façam uma matéria se procede este aumento de violência.
Ze Lele 24 de julho, 2020 | 08:54
Deixa se matarem

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO