Vítima da covid-19, idoso é sepultado em Ipatinga

Homem de 70 anos, morador do bairro Esperança, encontrava-se internado no Hospital Municipal Eliane Martins desde o dia 11 de maio

Imagem ilustrativa


Com a pandemia de covid-19 sepultamentos têm sido feitos seguindo normas de segurança estabelecidas em protocolo do Ministério da Saúde

Foi sepultado nessa terça-feira (26), no cemitério parque Senhora da Paz, em Ipatinga, o corpo de um idoso que morreu vítima de covid-19. O sepultamento do homem, que era morador do bairro Esperança, seguiu normas do protocolo do Ministério da Saúde. Os familiares e amigos estavam lá, mas como ocorre em todos os casos dessa natureza, são mantidos à distância.

A Secretaria de Saúde de Ipatinga informou no começo da tarde de segunda-feira que foi registrado nesse dia 25 o primeiro óbito por Coronavírus no município, entre pacientes locais.

O paciente é um homem de 70 anos, que se encontrava internado no Hospital Municipal Eliane Martins desde o dia 11 de maio. Por uma questão legal, o nome não pode ser divulgado.

Conforme nota da Secretaria de Saúde, o paciente deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), no bairro Canaã, no dia 10 de maio, relatando que por oito dias já apresentava o quadro de tosse seca e febre.

No dia seguinte ao atendimento na UPA ele foi transferido para o Hospital Municipal, onde passou a ser assistido em leito de Enfermaria Covid-19.

No dia 11 de maio o paciente foi submetido ao teste RT-PCR, sendo que em 15 de maio o quadro clínico se agravou, requerendo a transferência para um leito de UTI Covid-19. O diagnóstico conclusivo para Covid-19, a partir do material coletado, foi recebido no dia 16 de maio.

Esse foi o primeiro paciente da cidade que morreu vítima da doença. Antes, uma mulher, moradora de Açucena, não resistiu e morreu no hospital municipal. Também é investigado o caso de um morador do bairro Industrial, que morreu depois passar pela Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

Já publicado:
Moradora de Açucena morre por covid no Hospital Municipal de Ipatinga
Disparada de casos de covid-19 em Ipatinga pode levar ao fechamento do comércio.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Gustavo Nunes da Silva 27 de maio, 2020 | 16:48
O povo não acredita
Rosinei 27 de maio, 2020 | 15:12
Boa tarde esse funcionamento de 3 dias da semana, não vai funcionar, porque os dias que abrir com certeza vai dar aglomerações, não sei que tanto esse povo compra se nem lugar pra ir tem ,não está acontecendo nada , pros ignorantes .só vao sentir na pele infelizmente quando acontecer com um familiar ,só Deus pra ter misericórdia de tudo e de cada um de nós!!!
Geisa 27 de maio, 2020 | 13:31
Sinto muito pela perda meus sentimentos aos familiares ...so uma pergunta ao nosso prefeito de ipatinga Nardyelo qual tratamento estao recebendo essas pessoas q com covid? Por acaso pode se falar se estao sendo tratados com hidroxicloroquina? Pq varios hospitais estao zerando os leitos de uti com o uso desse medicamento ...pelo menos vemos varios relatos sobre isso...
Joseliara 27 de maio, 2020 | 08:34
O PROBLEMA NAO É PREFEITO E NEM PRESIDENTE (QUE É UM BABACA) PROBLEMA É O POVO QUE ACHA Q NADA PEGA Q É SO UMA FASE Q TUDO VAI PASSAR, NAO SE ESQUEÇAM É VC É NOS QUE LEVAMOS ESSE VIRUS PRA CASA...PARA DE HIPOCRISIA POVO ..FICA EM CASA...A CULPA DESSAS MORTES É SUA TAMBEM POVO HIPOCRITA..
Rosângela 27 de maio, 2020 | 08:31
Meus pêsames a família, mas a situação em Ipatinga está sem controle, é muita gente sem responsabilidade colocando em risco aqueles que estão em casa . Só DEUS pode cuidar de nós nesse momento difícil.
Rosaria Alves 26 de maio, 2020 | 18:35
Não entendo a preocupação do prefeito em aumentar leitos e abrir Hospital de Campanha.pelo gráfico apresentado só tem oito pessoas internadas ,deve haver muitos leitos ainda.
Jouber 26 de maio, 2020 | 12:23
Jogar a culpa em outras pessoas, achar q com ele nada vai acontecer, isto é característica do povo.
Acho q jogar a culpa exclusivamente no presidente da república, é no mínimo um ato de ignorância pois quem está administrando esta crise, por determinação do supremo tribunal (que aliás isto não é função deles) são os estados e municípios. Não sou partidário de ninguém, mas também não sou otário.
Como vimos em mensagens acima, feira livre lotada e o caso da neta q estava zombando do perigo, isto sim é q faz a diferença.
Q Deus conforte a família e espero q esta neta ( se isto realmente aconteceu) toma isto como lição na vida. Todos nós somos responsáveis pelas nossas atitudes
Felipe 26 de maio, 2020 | 08:25
Coloque todas essas mortes na conta do presidente genocida
Serva do Altíssimo 25 de maio, 2020 | 23:05
Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito ,para que todo aquele que nele crê não pereça mas tenha a vida eterna.
JOÃO 3:16
Erasmo Antônio da Silva 25 de maio, 2020 | 20:59
As pessoas tem que se conscientizar,se é idoso,tem problemas de saúde fica em casa.mas se precisa sair por extrema necessidade observar as regras.mascaras,distância e lavar as mãos.assim não se contamina nem contamina os outros.so falta consciência.nao e só fechar comércios e empresas.
Duda 25 de maio, 2020 | 20:54
Eu sou empresária no ramo de festas, o meu segmento será uns dos últimos a ser liberado.Estou fechado desde 23/03 tb estou preocupada com as contas, mas quero estar viva qdo tudo isso acabar e desejo que todos os meus clientes estejam vivos tbm. Peço a Deus que me ajude a manter a quarentena.
José Torres da Silva Júnior 25 de maio, 2020 | 20:52
Desejo que Deus conforte os corações de toda família em especial do meu amigo walisson.
Joaquim 25 de maio, 2020 | 20:42
Fui todo inocente passar pela av manaim para ganhar tempo no domingo. De longe avistei uma grande mutidao após a ponte com o Canaã. Pensei que fosse um grande acidente.
Mas a constatação irónica. Tratava se da feira sós domingos no Canaã. Exactamente como sempre foi.sem qualquer prevenção. Os bares da cidade vendem como deve ser mas os frequentadores ligam o som de seus carros e ficam bebendo fumando e xingando nas vias públicas. Prejudicando os honestos donos de bares.se falar para não aglomerar ficam com raiva e vão embora.dizendo ao dono do bar que ele manda do bar para dentro. (O que é verdade).cade a fiscalização? ?????
No coelho diniz domingo tinha dois caixas 10 volumes vazios negaram passar minha compra pois tinha uns 20 vol. E tivê que ir para fila normal com 2 clientes a minha frente.até ser atendido passou apenas um cliente pelo dois caixas vazios. Me mantiveram uns 10 minutos a mais dentro do coelho diniz por falta de noção. Superiores de caixa mal instruídos.
Clemencia 25 de maio, 2020 | 20:08
Brasil, so Deus. O povo brasileiro, no geral, é indisciplinado, egoísta, crítico, politiqueiro e não leva nada a sério. São irresponsáveis. Elegem culpados prá tudo e, assim se autoeximem da responsabilidade pelas consequências de suas próprias atitudes egoístas. Em algumas regiões essas características ?e agravam ainda mais, de modo indecente. É muita libertinagem mascarada de liberdade. Muita safadeza.
Bom, voltando ao passado, 1500 DC e considerando as origens, não é de se estranhar. Nojo!
Marcondes Nascimento e Silva 25 de maio, 2020 | 20:06
O inevitavel não se pode controlar...
Luciano 25 de maio, 2020 | 20:02
O povo está orientado e o presidente não tem nada a ver com quem se contaminou, muita ignorância jogar culpa no presidente
Layla 25 de maio, 2020 | 20:02
Infelizmente comorbidade já não é regra. Tem jovens saudáveis morrendo por piora do quadro clínico da COVID-19. Parem de achar que só morrem quem já tem comorbidades. Se vc não tem, talvez não morra, mas pode transmitir pra alguém que não vai resistir.
Shesheu 25 de maio, 2020 | 19:56
Muito me admira o prefeito de Ipatinga permitir feiras aberta em Ipatinga. Ontem na feira do Canaã estava uma farra, muitas pessoas sem máscaras, aglomeração de pessoas, não tinha fiscalização nenhuma. Os bares nas proximidades com pessoas idosas, crianças tudo junto, bebendo, fumando, jogando baralho... E dizer que o Shopping não pode abrir? Cadê a coerência??
Nildon Geraldo Ferreira 25 de maio, 2020 | 18:55
O povo vai sentir a dor da perda de uma pessoa querida ou próxima para ver que a coisa é séria, grande parte da população fica seguindo o exemplo do irresponsável do presidente.
Matias 25 de maio, 2020 | 18:38
Meus sentimentos à família deste senhor. Porém há cerca de dois meses atrás, a neta deste, postou uma foto onde zombava da situação: "nós gostamos de muita aglomeração!". É claro que a neta é nova e muito inconsequente. Ela estava em um churrasco com muita gente. Temos que nos proteger! Use másacara! Se puder, fique em casa! Mantenha o distanciamneto social! Idosos e vulneráveis, cuidados redobrados.
Luiz Lima 25 de maio, 2020 | 18:22
Pois é... alguma doença preexistente?
Aparentemente os casos de contaminados estão reduzindo, como na Europa.
Adriano 25 de maio, 2020 | 17:43
Vamos ficar atento às praças
Maria Moreira 25 de maio, 2020 | 17:20
Só sei q a coisa ta ficando cada dia pior e o povo achando q a coisa é brincadeira.
Palhaço 25 de maio, 2020 | 17:11
Enquanto a população de Ipatinga, não perceber a gravidade do que esta ocorrendo infelizmente teremos mais mortes. As lojas estão lotadas, onibus cheios, ruas cheias. Final de semana o que se mais vê e churrasco nas residencias. Bares e restaurantes fechados, mais açougues e casa de carnes lotam.
Alexandre Silva Martins 25 de maio, 2020 | 16:28
INCOMPLETO AS INFORMAÇÕES. TINHA ALGUMA COMORBIDADE?

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO