Shopping, bares, restaurantes e academias reabrem seguindo restrições sanitárias

Governo de Ipatinga divulgou diretrizes que devem ser seguidas por estabelecimentos comerciais que serão reabertos nesta quarta-feira


Lojas do Shopping poderão funcionar durante quatro dias da semana, em horário reduzido

Seguindo o novo protocolo divulgado pelo Governo do Estado dentro do chamado ‘Minas Consciente’, que assegura autonomia aos municípios para flexibilizar a abertura do comércio de acordo com as realidades locais, o prefeito Nardyello Rocha detalhou nesta terça-feira (28) como serão as diretrizes em relação a determinados segmentos que agora poderão retomar suas atividades. Nas próximas horas, um decreto com as normas e restrições será publicado no Diário Oficial do município.

Na noite da última segunda-feira (27), o Comitê Gestor de Crise de Ipatinga deliberou por unanimidade entre os presentes, em reunião na Prefeitura, pela reabertura gradativa de alguns setores comerciais que ainda estavam impedidos de funcionar em função de normas estabelecidas pela Deliberação 17, do Governo do Estado.

Novas normas
De acordo com novo decreto municipal, a abertura de shopping centers e galerias em Ipatinga ocorrerá dentro de certas limitações, entre elas o recebimento de público em 40% da capacidade total dimensionada para cada estabelecimento. O documento prevê que, a partir desta quarta-feira (29), os lojistas destes empreendimentos poderão funcionar durante quatro dias da semana, em horário reduzido. A situação será reavaliada 21 dias após a reabertura. Segundo as regras do decreto, os complexos de compras somente poderão abrir de quinta-feira a domingo, de meio-dia às 20h.

Outra restrição é que dentro das lojas destes segmentos permaneça somente um cliente a cada cinco metros quadrados. Tornam-se obrigatórias, também, nestes locais, a demarcação de espaços para filas, medidas de higienização e a utilização de máscaras.

As praças de alimentação podem funcionar, mas também dentro de restrições previstas no decreto. A aquisição e o consumo de alimentos são permitidos, mas sem ocupação de mesas e cadeiras. Esses mesmos estabelecimentos, de acordo com decreto anterior do município, já estavam autorizados a funcionar com entregas em domicílio.

Também nos shoppings, continuam suspensos a abertura e funcionamento de cinema e playground, assim como estacionamentos cobertos.

Bares e restaurantes
Estes segmentos, que estavam operando em sistema de entrega em domicílio, sem permissão para o consumo interno, também poderão reabrir as portas nesta quarta-feira (29). Contudo, de acordo com a nova flexibilização, o expediente deverá ser encerrado às 21h. O decreto prevê ainda um distanciamento de dois metros por mesa. E somente duas pessoas poderão ocupar cada uma delas.

Academias
As academias também poderão retomar suas atividades a partir deste dia 29 de abril. Porém, seguindo um rígido protocolo de higienização previsto no decreto.

O uso de máscaras nas academias torna-se obrigatório tanto para o educador físico quanto para o aluno. Atividades em grupo estão vedadas. O usuário do serviço deverá permanecer dentro do recinto por no máximo uma hora. Deve ser respeitada, ainda, a distância de cinco metros quadrados de área treinável para cada aluno.

Avaliação
O prefeito Nardyello Rocha reforça que as medidas de flexibilização de todos os segmentos passarão diariamente por avaliações, sendo orientadas por verificações da curva epidemiológica do município. O chefe do Executivo reafirmou que a decisão de flexibilização está pautada nos números reais que hoje a cidade possui.

“Nossas atitudes estão sendo pautadas na transparência e principalmente na responsabilidade com as vidas. Ipatinga registrou um pico na curva epidemiológica de mais de 170% no mês de março. E, para piorar, nós não tínhamos como testar os suspeitos. Agora o cenário mudou. Fizemos os testes rápidos, e todos, até o momento, deram negativo. Graças às medidas preventivas que estão sendo adotadas pelo Executivo com a ajuda da população, esta semana a nossa curva atingiu o seu melhor índice, que foi de -5,4%, ou seja, estamos com um número superior de pessoas que deixaram a quarentena em relação aos novos casos suspeitos".

"Outro fator determinante é a baixa ocupação de leitos no município. Tudo isso nos deu a segurança para reabrir o comércio de forma gradativa e possibilitar um novo nível de reaquecimento da economia. O que é preciso estar claro é que temos consciência de que nosso problema não acabou. O quadro de avanço da doença, em todo o mundo, ainda se revela muito grave”, concluiu o chefe do Executivo.

Mais:
Jovem com resultado positivo para Covid-19 sai de Ipatinga para se encontrar com namorada em Caratinga
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Cidadão 29 de abril, 2020 | 07:58
Na contramão dos dados apresentados nas últimas horas sobre o número de mortes no Brasil pelo COVID-19, a administração municipal de Ipatinga juntamente com a ACIAPI e CDL-Ipatinga, promovem a contaminação massiva da população a partir da data de hoje.

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO