Taxa de regularização do rotativo em Ipatinga cai para R$ 2

A redução foi definida a pedido do prefeito, informou o Executivo

Secom-PMI


A partir de segunda-feira, o motorista que cometer infração de estacionamento irregular pagará R$ 2 e não mais R$ 14

Após uma reunião com representantes da empresa que gerencia o sistema de Estacionamento Rotativo Digital em Ipatinga, a administração municipal anunciou, nesta terça-feira (15), a redução da taxa de regularização de R$ 14 para apenas R$ 2. O novo valor entra em vigor na próxima segunda-feira (21). Ainda esta semana, será publicado o decreto com a alteração. A redução foi definida a pedido do prefeito Nardyello Rocha, informou o Executivo.

O que é

De acordo com a legislação em vigor, a taxa de regularização é aplicada aos usuários que estacionam sem fazer o prévio pagamento do rotativo, seja com a utilização do aplicativo, aquisição de tickets em postos de venda ou junto aos monitores espalhados pelas ruas.
Pelo que foi acordado na reunião, a partir da próxima semana o motorista que for notificado por monitores precisa procurar um dos postos de venda, os próprios monitores, escritórios da Zona Azul ou acionar o aplicativo para efetuar o pagamento do tempo utilizado (R$ 2/hora), mais a taxa de regularização no valor de R$ 2.

Tolerância

Há uma gratuidade de 15 minutos a partir do horário da notificação. Para se valer dela, o usuário deve igualmente procurar, dentro desse período, um dos postos de vendas, monitores, escritórios do Zona Azul ou utilizar o aplicativo. Assim, ele ficará isento do valor de R$ 2/hora referente ao período de estacionamento e, ainda, da taxa de regularização. No caso do aplicativo, basta digitar o código da consulta que consta na notificação, encerrando-a.

“O governo está dando mais uma demonstração de que o Zona Azul tem o único objetivo de organizar o trânsito, dar segurança e, acima de tudo, dar aos clientes do comércio a tranquilidade de fazer suas compras. A taxa de R$ 14, que tinha muita reclamação, acabou. A partir de agora, caso o motorista cometa infração de estacionamento irregular, ele irá pagar R$ 2 pela taxa de regularização, mais R$ 2 por hora utilizada no estacionamento”, explica o prefeito Nardyello Rocha.

“Não existe nenhuma finalidade arrecadatória com o Estacionamento Rotativo. Pelo contrário, o governo tem a responsabilidade de organizar o trânsito, e por isso estamos fazendo gradativamente as alterações, como já fizemos ao conceder estacionamento gratuito aos idosos e pessoas com deficiência nas vagas específicas”, completa o chefe do Executivo.

Regularização

A taxa de regularização de R$ 2 será aplicada ao motorista que estacionar de forma irregular na vaga. A cada hora que ele ficar no local será acrescido o mesmo valor (R$ 2), até o limite máximo de R$ 10. Além da redução do valor da taxa, o Executivo municipal e a Zona Azul acordaram que o motorista terá até dez dias para regularizar a situação, efetuando o pagamento do valor devido.

“É importante lembrar que o Estacionamento Rotativo provém de lei aprovada pela Câmara Municipal no ano de 2014 e alterada em 2017, no governo do então prefeito Sebastião Quintão. A taxa de regularização é para evitar que o motorista seja multado em R$ 195,23 e ainda perca cinco pontos na carteira, conforme o Código de Trânsito Brasileiro. O prazo de três dias para regularização foi ampliado para dez dias, para que o usuário tenha mais tempo de regularizar a situação, mas quero lembrar que este pagamento é opcional, não é obrigatório. Se o motorista não quiser pagar, infelizmente sofrerá as penalidades máximas previstas em lei”, finalizou o prefeito Nardyello Rocha.

Mais:
Ipatinga divulga balanço do Estacionamento Rotativo Digital
Canaã será o último bairro a ter implantado o Zona Azul
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Vania Maria de Miranda Rosa 16 de Outubro, 2019 | 22:25
Sempre faço uso da Zona Azul, pelo fato de ir muito em Ipatinga. Na semana passada fiquei indignada com o fato que me aconteceu. Estacionei na Rua Itajubá, próximo ao laboratório Acil. Paguei o Zona Azul por 1 hora, pois o que eu iria fazer era rápido. Eu sabia que a hora venceria as 13:01. Cheguei próximo ao carro as 13:03 e nele já estava a notificação. A funcionaria da Zona Azul já estava virando a esquina no final da rua. olhei se encontrava outro funcionário e não apareceu nenhum. Até que consegui descobrir um posto de venda já havia passado os 15 minutos, a moça do posto de venda me disse que não conseguiria me livrar mais da taxa. Fui até a central, a resposta que tive foi que não poderiam fazer nada, pois o tempo há havia excedido. E um rapaz que também é funcionário ainda me disse que eles não tem como saber quando vence o tempo que pagamos. Sei que ele mentiu, pois ao digitar a placa do carro eles sabem sim. Não sou contra cobrar, mas deveria ter mais funcionários. Ou ter uma tolerância a mais para pagarmos. Se eu estou em um consultório e o médico atrasar, tenho que sair de lá e ficar igual uma louca procurando funcionário da Zona Azul ou um posto de venda. Afinal tive que pagar os 14,00. Me senti assaltada como muitas pessoas já falaram. Achei um absurdo, uma falta de respeito com o cidadão. Pensei cobrando esta taxa, onde a mesma é investida????? Com está nova atitude espero que as coisas mudem.
Chêquévara? 16 de Outubro, 2019 | 13:38
Depois de ser assaltado em plena luz do dia como consentimento da prefeitura de Ipatinga, agora diminuem o valor, fiquei 19 minutos em uma vaga no horto e me cobraram 14 reais, roubo descarado! Safadeza demais da conta! Vão trabalhar cambada de vagabundos! Ao invés de fazerem algo para viabilizar a vida dos munícipes, fazem de tudo para nos atrapalha e arrancar dinheiro dos nossos bolsos, já não basta arrancarem nosso couro com todos esses impostos e tributos, ladrões sem vergonha na cara!
Marcus Caldas 16 de Outubro, 2019 | 10:33
A zona azul é melhor coisa que já fizeram em Ipatinga em mutos anos.
Todas as vezes que vou ao centro, ao Canaã e ao Cdade Nobre, que são muitas vezes, encontro vagas. O comércio melhorou consideravelmente nestas regiões haja visto que o consumidor agora tem onde parar o seu carro e assim não ficam na mão de estacionamentos que cobram preços abusivos!
Não preciso mais ir ao shopping para fazer as minhas compras!
Nardielo Rocha, vc é o melhor em muitos anos, continue assim, a população está vendo o que vc está fazendo e te apoia!
Ron 16 de Outubro, 2019 | 08:30
Como dizia seus eleitores gestor sua geatao e meter a mao no pobre
Jorge Luiz 16 de Outubro, 2019 | 00:19
No canaa o zona azul salvou o comercio nos queremos e que aumente o numero fizemos ate abaixo assinado
Sebastião a Araújo 15 de Outubro, 2019 | 23:52
Numa época que os vendedores das lojas estão sem clientes para atender, as pessoas estão sem dinheiro, esse faixa azul contribui ainda mais para acentuar está condição. Vou ao Centro somente se não tiver outro jeito. Faixa azul "caça níquel". Fala_se dos pardais da época do "pt" e esse é similar a eles. Quanta exploração!! Fazer algo para o cidadão que já paga imposto, os "representantes do povo" não fazem de jeito nenhum. Lamentável. O ano que vem tem eleição e lembrarei da "faixa azul".
Luís Antônio de Souza Vieira 15 de Outubro, 2019 | 22:16
Sr.Prefeito, Quando Cobra-se por algo. É Preciso Fornecer um Serviço a Altura do Cobrado.
Os Funcionários Despreparados,
Segurança para os Veículos não Vi alguma.
Sem Falar na Tolerância de 15 minutos que Não é um Tempo Hábil.
Ferreira 15 de Outubro, 2019 | 21:34
Só com zona azul que encontra vaga pra estacionar no Canaã, avenida ficava lotada de carro o dia todo, em frente os bancos entao era impossível, por causa de uns folgados que usavam o rotativo como se fosse estacionamento particular, eu aprovei
Decio Canedo 15 de Outubro, 2019 | 21:24
Deveria devolver o que foi roubado do povo aqui em ipatinga .
Rocha 15 de Outubro, 2019 | 20:59
Está história de prefeito bonzinho que reduziu o valor de R$14,00 para R$2,00 e apenas um ato político antecipando alguma ordem judicial para baixar o valor abusivo que era cobrado. Antecipa e fica bonito com a sociedade. Nas redes sociais já circulava alguma coisa no sentido de pedir intervenção judicial para adequacao do valor da taxa para algo mais justo. Ha casos de cidades que teve determinação da justiça para revisão do valor para algo similar ao que foi colocado agora em Ipatinga.
Alessandro de Souza Gonçalves 15 de Outubro, 2019 | 20:46
Depois do tanto de reclamações e ações na justiça,ele resolveu mudar a taxa...
O comércio que tem esse zona azul caiu consideravelmente as vendas...
Agora que o senhor prefeito reconheceu o erro.,deveria ressarcir o valor cobrado dessa taxa abusiva...
Ja que não é para fins lucrativos...
Devolve o dinheiro do povo...
Sebastiao C. 15 de Outubro, 2019 | 18:55
Esse zona azul (caça níquel) está transformando a avenida Selim José de Salles num deserto. Os aleatórios sumiram, a av. ficou mais triste . CANAÃ NUNCA TEVE PROBLEMAS COM VAGAS PRA ESTACIONAR.

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO