IFMG Ipatinga terá perda de R$ 260 mil

Diretor aponta dificuldades financeiras que o Campus Ipatinga enfrenta para manter projetos em andamento e investimento em melhorias

Wôlmer Ezequiel


Alex de Andrade afirmou que, com contingenciamento de repasses, o campus IFMG de Ipatinga tem condições de arcar com os custos até julho

Após o anúncio do Ministério da Educação (MEC) de contingenciar o repasse de verba para universidades e institutos, o diretor do campus avançado de Ipatinga do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Minas Gerais (IFMG), Alex de Andrade, demonstrou preocupação com o futuro do instituto. Em entrevista ao Diário do Aço, o diretor apontou as dificuldades financeiras que o campus enfrenta e espera que o governo federal consiga reverter essa decisão de contingenciar os repasses.

Conforme Andrade, o atual orçamento do campus avançado de Ipatinga é de R$ 650 mil, porém, esse valor ainda não é suficiente para todo o ano. “Sem ter o contingenciamento de 30%, com esse orçamento já era impossível chegar até o fim do ano. Uma vez que só o contrato dos trabalhadores terceirizados, que inclui limpeza e vigilância, é de quase R$ 500 mil, além das despesas com conta de energia elétrica, água e demais custeios da instituição”, afirmou.

Segundo o diretor, com o orçamento atual, seria possível manter as contas apenas até setembro, mas com o contingenciamento de 30% dos repasses, será impossível manter essa meta. “A gente estava precisando de complementar esse orçamento, uma vez que o orçamento ideal para o funcionamento de um campus de uma Instituição Federal é de quase R$ 1,5 milhão. Então nós já estávamos funcionando abaixo do necessário. Agora com o contingenciamento, temos expectativas de manter as contas até o mês de julho, depois disso vai ficar complicado arcar com os custos. Esse contingenciamento de recursos representa para o campus um valor de R$ 260 mil, aproximadamente”, informou.

Falta de investimento

Na avaliação do diretor Alex de Andrade, falta mais investimento por parte do governo com os institutos federais. “Os orçamentos dos institutos federais representam um quarto do que é investido nas universidades. Enquanto na União Europeia, mais de 50% dos alunos fazem uma formação profissional. Já no Brasil, apenas 8% dos alunos terminam o ensino médio com formação profissional”, salientou.

Já publicado:
Alunos do Cefet-MG Timóteo protestam contra corte de verba
Entidades do Vale do Aço mobilizam contra a reforma da Previdência e cortes na Educação

Valor de 3,5%

Na quarta-feira (8), o Ministério da Educação divulgou uma nota informando que o contingenciamento não seria de 30% nos repasses para universidades e institutos, mas de 3,5%. Para o diretor do campus de Ipatinga, na realidade não há essa diferença, apenas os cálculos do MEC foram feitos sob outra análise. “É uma forma que o ministro tem de analisar os números, quando observa os dados apenas por outro ponto de vista. Colocando na conta salários dos professores, realmente, é verdade, entretanto, essa despesa do pessoal não tem autonomia para mexer nessa parte, a gente só consegue mexer no custeio e, aí sim, que esse valor vai apresentar mais de 30% para o campus de Ipatinga”, citou.
Divulgação


O protesto foi realizado na manhã desta segunda-feira (12), no próprio campus de Ipatinga

Protesto

O diretor também informou que, na manhã dessa segunda-feira (13), os alunos, técnicos e docentes do campus avançado do IFMG de Ipatinga realizaram uma manifestação dentro do próprio instituto contra o contingenciamento de repasses para a Educação. “Foi feito um abraço coletivo em volta do campus, com alunos, docentes, técnicos e pais de alunos para sensibilizar as autoridades que esse contingenciamento é extremamente prejudicial para as ações que são desenvolvidas. É importante que a gente consiga ofertar para nossa população da região uma educação pública de qualidade”, enfatizou.

Paralisação geral

Para quarta-feira (15) está marcada uma paralisação geral nas universidades e institutos federais em todo o Brasil. Conforme Alex de Andrade, o campus de Ipatinga também irá participar desse ato. “Em assembleia com alunos e servidores, ficou decidido que o campus participará da paralisação geral, marcada para quarta-feira (15), entretanto serão feitas diversas atividades dentro da instituição para que as pessoas entendam o orçamento e os gastos do campus”, concluiu.

Tiago Araújo

Contingenciamento de repasses representa perda de R$ 260 mil para o campus IFMG


Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO