28 de maio, de 2022 | 08:00

Tigre recebe o Boa Esporte no Ipatingão

Na luta para conseguir garantir vaga no hexagonal final do Módulo B do Campeonato Mineiro, o Ipatinga precisa de uma vitória hoje, diante do Boa Esporte. O duelo será às 16h, no Ipatingão, pela 8ª rodada do Estadual.

O Tigre está em 8º lugar com nove pontos, dois a menos do que o Tupi, o 6º colocado. Depois deste confronto, jogará fora de casa contra o União Luziense (9ª rodada), Democrata-SL em casa (10ª rodada) e Uberaba fora de casa (11ª rodada. Será necessário conquistar pelo menos nove dos doze pontos em disputa para chegar ao hexagonal, daí a necessidade de vencer os confrontos em seus domínios.

Equipes

Para este duelo, o técnico Jorge Castilho vai escalar o zagueiro Alex no lugar de Lucas Sérgio, suspenso. Quem pode ganhar a titularidade é o lateral-esquerdo Alan Cardoso e o atacante Rafael Gladiador, que estrearam na última rodada, agradaram, e devem ser mantidos.

Já publicado:
Tigre terá mudanças para tentar vencer o Boa Esporte neste sábado

Diante desse cenário, o Tigre pode ir a campo com: Igor Rayan, Renan, Wellington, Alex e Alan Cardoso; Marquinhos, Manaus e Tchô; Vitinho, Rafael Gladiador (Guilherme) e Lucas Mineiro.

Se o Boa repetir o time que venceu o Uberaba em casa, o treinador Luiz Junior deve escalar Alencar; Helader, Lula, Henrique, Neto; Eduardo Melo, Wellison, Dionatha, Alexandre Arau; Taiberson e Marcílio.
Divulgação
Igor Rayan chegou e assumiu a titularidade para acabar com a ''zica'' na meta do IpatingaIgor Rayan chegou e assumiu a titularidade para acabar com a ''zica'' na meta do Ipatinga

Ipatinga tem quarto goleiro a abandonar o clube



A meta do Tigre nesta temporada 2022 estaria amaldiçoada? Afinal, já são quatro goleiros contratados pelo clube a deixarem a agremiação em menos de dois meses. O último deles foi Tallison, titular nos três primeiros jogos. Ao cometer erros grotescos contra o Tupynambás, ser expulso com apenas 13 minutos de jogo, cumpriu um jogo de suspensão e ao retornar aos treinos não concordou em ser reserva.

Logo após este jogo em que falhou bisonhamente contra a equipe de Juiz de Fora, o clube foi ao mercado e contratou Igor Rayan, atual titular. Tallison pediu rescisão de contrato e foi procurar novos ares.

Antes dele, Alexandre, vindo do Nacional de Muriaé, igualmente pediu para ir embora após ficar na reserva justamente de Tallison no jogo de estreia contra o Tupi, no Ipatingão (vitória do Tigre por 2 a 1).

Os primeiros a “darem linha” foram o experiente Ricardo Vilar e Neto Bonini, que iniciaram a pré-temporada, porém pediram desligamento assim que o então técnico Gustavo Brancão também deixou o clube a uma semana da estreia, em razão da crise financeira que ameaçava a participação do Tigre no Mineiro do Módulo B.

Atualmente, o clube conta com o titular Igor Rayan, o reserva Marcus Vinícius, que veio do futebol capixaba e o jovem Marcelo, egresso do futebol amador da cidade.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário