28 de janeiro, de 2022 | 05:59

Covid-19: Brasil bate recorde de novos casos pelo 2º dia seguido, apontam dados do Ministério da Saúde

Casos em acompanhamento passam de 2 milhões;

Fernando Frazão/Agência Brasil
A quantidade de casos em acompanhamento de covid-19 passou dos dois milhões, com 2.041.596A quantidade de casos em acompanhamento de covid-19 passou dos dois milhões, com 2.041.596
Jonas Valente – Repórter Agência Brasil
O número de casos de covid-19 registrados em 24 horas bateu o segundo recorde seguido em dois dias. Entre quarta-feira e quinta. O Ministério da Saúde confirma que as Secretarias de Saúde dos Estados registraram 228.954 novos diagnósticos da doença. Ontem, foram notificados 224.567 casos em 24 horas. A soma de pessoas com a covid-19 desde o primeiro caso no país alcançou 24.764.838.

A quantidade de casos em acompanhamento de covid-19 passou dos dois milhões, com 2.041.596. O termo é dado para designar casos notificados nos últimos 14 dias que não tiveram alta nem evoluíram para morte.

A quantidade de mortes causadas por complicações associadas à covid-19 chegou a 625.085. Nas últimas 24 horas, foram registrados 672 óbitos pelas autoridades de saúde. Ontem, o sistema de informações contabilizava ontem 624.413 óbitos causados pela covid-19.

Ainda há 3.146 falecimentos em investigação. Os óbitos em investigação ocorrem pelo fato de haver casos em que o paciente faleceu, mas a investigação se a causa foi covid-19 ainda demandar exames e procedimentos posteriores.

Até hoje, 22.098.157 pessoas se recuperaram da covid-19. O número corresponde a 89,2% dos infectados desde o início da pandemia.

Os dados estão na atualização diária do Ministério da Saúde, divulgada nesta quinta-feira (27). Nela, são consolidadas as informações enviadas por secretarias municipais e estaduais de saúde sobre casos e mortes associados à covid-19.

Os números em geral são menores aos domingos, segundas-feiras o nos dias seguintes aos feriados em razão da redução de equipes para a alimentação dos dados. Às terças-feiras e dois dias depois dos feriados, em geral há mais registros diários pelo acúmulo de dados atualizado.

Estados

Segundo o balanço do Ministério da Saúde, no topo do ranking de estados com mais mortes por covid-19 registradas até o momento estão São Paulo (157.209), Rio de Janeiro (69.776), Minas Gerais (57.093), Paraná (41.109) e Rio Grande do Sul (36.791).

Já os estados com menos óbitos resultantes da pandemia são Acre (1.861), Amapá (2.045), Roraima (2.091), Tocantins (3.989) e Sergipe (6.081).

Vacinação

Até esta quinta-feira (27), foram aplicados 351 milhões de doses, sendo 163,6 milhões com a 1ª dose e 151 milhões com a 2ª dose ou dose única. Outros 36,3 milhões já receberam a dose de reforço.

Polêmica em meio ao momento de apreensão da pandemia

O Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos produziu uma nota técnica em que se opõe ao passaporte vacinal (hoje exigido para a entrada em vários países e muitos estabelecimentos comerciais) e à obrigatoriedade de vacinação de crianças contra a covid.

No documento, a pasta coloca o Disque 100, o principal canal do governo para denúncias de violações dos Direitos Humanos, à disposição de pessoas antivacinas que passem por "discriminação".

A nota técnica é assinada por três secretários e um diretor da pasta comandada pela ministra Damares Alves, que encaminhou o docimento a outros ministérios. A apresentação de uma prova de vacinação contra a covid-19 para circulação por espaços públicos e privados é uma medida sanitária adotada em diferentes países. Um dos mais rigorosos em relação ao passaporte é Israel.

O governo de Jair Bolsonaro (PL) se opõe à medida, assim como apresenta resistência à vacinação de crianças de 5 a 11 anos. O Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), no parágrafo 1º do artigo 14, afirma que: "É obrigatória a vacinação das crianças nos casos recomendados pelas autoridades sanitárias".

Veja também:
Carta de repúdio é assinada por médicos e cientistas contra nota técnica do MS que defende o kit covid


Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário