06 de outubro, de 2021 | 00:11

Jovem é atingido com 11 tiros no bairro São José em Timóteo

Enviada para o portal Diário do Aço
Policiais militares providenciaram o socorro para a vítima baleada gravementePoliciais militares providenciaram o socorro para a vítima baleada gravemente

Policiais militares passaram as últimas horas nas buscas aos dois autores de um atentado a tiros contra Blayan Ferreira Souza, de 22 anos, crime registrado no fim da tarde de terça-feira (5), em Timóteo.

O atentado foi praticado na avenida Acesita, no bairro São José, conforme apurado pelo Diário do Aço. Os suspeitos foram identificados, porém até o momento não foram encontrados pela polícia para a confirmação do envolvimento na tentativa de homicídio.

Uma equipe da Polícia Militar passou pelas proximidades pouco depois do ocorrido, quando populares informaram aos PMs que indivíduos dispararam tiros contra uma vítima. Os policiais saíram em busca do local do ocorrido, quando uma ligação no 190 informou que havia uma pessoa ferida em uma loja de autopeças.

Blayan estava caído no estabelecimento com marcas de tiros pelo corpo, porém consciente. Como as equipes de resgate, SAMU ou Corpo de Bombeiros, estavam ocupadas naquele instante, os policiais resolveram socorrer a vítima na viatura da PM e levaram o ferido para o Hospital Vital Brazil.

Mesmo ferido gravemente, durante o percurso até ao hospital, o jovem revelou quem seria os dois possíveis autores do crime. Blayan levou dois tiros no ombro esquerdo, tiros, em um dos dedos da mão esquerda, outro na mão direita, um no abdômen e seis no tórax. Ele foi encaminhado para o bloco cirúrgico diante do quadro grave e a grande quantidade perdida de sangue.

Os policiais apuraram que Blayan seria morador de Dionísio e que estava hospedado em uma casa onde se deu início ao atentado. De acordo com moradores, a vítima chegou ao local no domingo (4), porém, não souberam informar se o jovem tinha algum desentendimento.

Os criminosos tocaram a campainha e Blayan desceu as escadas da casa para ir ao encontro de quem chamou. Em pouco tempo, os moradores escutaram os tiros, contudo, não viram quem seriam e nem a rota de fuga dos envolvidos no crime. A perícia da Polícia Civil recolheu quatro cartuchos de calibre 9 milímetros e dois projéteis deformados no local do atentado.

Suspeito de participar no atentado já foi vítima de tentativa de homicídio

Um dos suspeitos foi vítima de uma tentativa de homicídio no distrito de Baixa Verde, em Dionísio, no último dia 5 de setembro. Na ocasião ele e Vitor Hugo Silva Oliveira, de 21 anos, estavam em uma moto quando foram atingidos por uma picape Fiat Strada. Assim que eles caíram, os autores da picape desembarcaram e abriram fogo contra os dois amigos que estavam indo para uma cachoeira.

Vitor Hugo morreu no local, mas D.L.O., de 27 anos, conseguiu escapar, mesmo baleado nas duas pernas. Um dos autores deste crime seria o Roger Antônio Lopes Ferreira, o Rojão, de 27 anos, que foi executado na companhia de outro indivíduo em Belo Horizonte, no último dia 30 de setembro, conforme divulgou o Diário do Aço. Os casos estão em investigação por parte da Polícia Civil.

Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário