10 de setembro, de 2021 | 15:39

Segundo homicídio registrado em 12 horas na cidade de Coronel Fabriciano

Marcos Guimarães / Reprodução
Airton foi assassinado dentro de sua casa na rua Poti, no bairro Caladinho de CimaAirton foi assassinado dentro de sua casa na rua Poti, no bairro Caladinho de Cima

O corpo de um homem assassinado foi localizado na rua Poti, no bairro Caladinho de Cima, na tarde desta sexta-feira (10). Esse foi o segundo homicídio registrado na cidade em menos de 12 horas. A vítima, Airton Costa e Silva, de 45 anos, foi morto a pauladas dentro de casa. A suspeita é que o crime seria um latrocínio (roubo seguido de morte).

De acordo com informações de um sobrinho da vítima, repassadas para a Polícia Militar, havia mais de três dias que Airton não era visto no bairro. Diante do sumiço, o rapaz foi até a casa do tio, quando se deparou com o mal cheiro e moscas no imóvel.

No interior da casa, o jovem encontrou o corpo de Airton enrolado em um tecido com apenas uma mão para fora. A Polícia Militar foi acionada e isolou o local do crime para o trabalho do perito da Polícia Civil. Os policiais encontraram um pedaço de madeira, que teria sido usado para matar a vítima.

Populares informaram que Airton teria recebido o salário da obra na qual trabalhava e foi visto em companhia de um homem na segunda-feira (6). A roupa que esta pessoa usava na ocasião foi encontrada na casa da vítima. Os policiais estão atrás deste suspeito. O corpo de Airton foi removido ao IML de Ipatinga para ser necropsiado.

Na manhã desta sexta-feira, a Polícia Militar registrou no bairro São Domingos, o primeiro homicídio do dia. O pedreiro José Santana do Nascimento, de 62 anos, foi encontrado assassinado em sua residência, crime possivelmente praticado durante a madrugada.



Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Paulo Santana

12 de setembro, 2021 | 19:50

“Precisa é de polícia de verdade aqui em Fabriciano, policia que trabalha contra vagabundos como a polícia da BAHIA, aí sim, Vejam como trabalha a CAEMA. Polícia top que só defende gente de bem. Atua com responsabilidade contra vagabundos lá na BAHIA.”

Envie seu Comentário