24 de julho, de 2021 | 07:35

Mulher é morta a tiros em Cava Grande

A polícia investiga o assassinato de uma mulher, ocorrido por volta de 22h desta sexta-feira (23), na rua Manaus, distrito de Cava Grande, em Marliéria, onde foi morta a tiros Adriana Oliveira de Souza, de 43 anos.
Álbum pessoal
Adriana Oliveira de Souza tinha 43 anosAdriana Oliveira de Souza tinha 43 anos


Testemunhas relataram à Polícia Militar que dois indivíduos em uma motocicleta se aproximaram da vítima e efetuaram vários tiros em sua direção. Adriana foi atingida e caiu morta no local. A perícia da Polícia Civil constatou três perfurações de projéteis calibre 9mm, das quais, duas no rosto e uma um no ombro. Um projétil de munição calibre 9mm foi recolhido na cena do crime.

Adriana figurava como suspeita de envolvimento em um homicídio registrado em 26 de março deste ano, em Cava Grande, quando o corpo de um indivíduo – não identificado - foi localizado carbonizado dentro de um VW Voyage encontrado em chamas, no meio do mato, nas imediações de Cava Grande.

No dia do crime, quando policiais militares foram apurar a denúncia da ocorrência do homicídio, Adriana foi encontrada lavando uma residência onde teria sido assassinado o homem, encontrado depois dentro do porta malas do carro em chamas.

Conforme levantamentos da Polícia Militar, após Adriana ser arrolada como uma das investigadas por esse homicídio, em março, ela foi residir em Governador Valadares. Entretanto, na semana que passou, Adriana voltou a residir na casa de seus pais, em Cava Grande.

A polícia investiga se a morte da mulher tem relação com o envolvimento dela no homicídio ou se tem ligação com o submundo dos entorpecentes.

Veja também:
Exame na capital vai definir oficialmente a identificação de corpo carbonizado em Cava Grande
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Falando Verdades

25 de julho, 2021 | 07:38

“Verdade aqui a falta de policiamento está demais e a droga está tomando conta de nossos jovens .quando acontece alguma ocorrência tem que vim polícia de Timóteo e somente muitas horas depois que eles aparecem .e muitas vezes não resolve nada quando chegam e vão embora .”

Carlos

24 de julho, 2021 | 08:49

“Infelizmente, o policiamento de Cava Grande é previsível, todos sabem a hora que a PM para e começa. Não há pms certos, sempre trocando, isto faz com que a eficiência seja prejudicada. Já foi o tempo de uma equipe boa de pés que moravam aqui.
Claro, esse homicídio já era previsível, mas falo a cerca da vagabundagem que reina qui.”

Envie seu Comentário