22 de fevereiro, de 2021 | 08:51

Criança de cinco anos é a sexta vítima de catástrofe em Santa Maria de Itabira

Divulgação CBMMG
Equipes do Corpo de Bombeiros atuam no resgate de vítimas de soterramento em Santa Maria de Itabira Equipes do Corpo de Bombeiros atuam no resgate de vítimas de soterramento em Santa Maria de Itabira

O Corpo de Bombeiros Militar confirmou na manhã desta segunda-feira (22), que as equipes localizaram mais três corpos na área do soterramento em Santa Maria de Itabira, ocorrido no domingo, em função da chuva da noite de sábado para domingo. Falta agora o resgate da sexta vítima, um menino de cinco anos, que permanece desaparecido entre os escombros.

Foram localizados hoje os corpos de um homem e de duas mulheres. Outras duas pessoas já tinham sido localizadas sem vida. Com os três casos de hoje sobe para cinco o número de vítimas do soterramento.

O balanço do CBMMG aponta que outras dez pessoas se feriram no desmoronamento de encostas, que ocorreu em mais de um local. Os bairros mais atingidos foram Lambari, Nova Santa Maria, Centro, Porcão e Cidade Nova. As cenas assustadoras, foram registradas em vídeo publicado por moradores vizinhos ao local do maior dos soterramentos.

Ontem equipes de resgate deslocadas das cidades vizinhas, como Itabira e João Monlevade, tiveram dificuldade de acesso à cidade de Santa Maria porque havia quedas de barreira na MG-120. Outras equipes tiveram que ser mobilizadas para desobstruir a estrada.

Neste domingo o governador Romeu Zema cumpriu agenda em Santa Maria de Itabira, onde acompanhou as operações do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil no município. O governador assegurou que todos os recursos disponíveis no estado serão empregados para o socorro às famílias e recuperação da cidade.

Na catástrofe, o prefeito de Santa Maria de Itabira, Reinaldo das Dores Santos, também teve a casa destruída no domingo e está entre os desabrigados. Conforme o prefeito, nunca antes houve registro de estragos nessas proporções na cidade. Além dos deslizamentos, o Rio Girau, que corta a cidade, saiu do leito e invadiu casas e estabelecimentos comerciais.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário