Filho presidiário que tentou matar o pai em Ipatinga é preso novamente

Arquivo / Ilustração


Depois de ser atendido na UPA, com ferimento em uma das mãos, presidiário foi levado para a Delegacia da PC e perdeu a liberdade temporária do Dia dos Pais

Terminou na tarde desse sábado a busca da Polícia Militar a André Rodrigues Nascimento, de 24 anos, presidiário que foi beneficiado com a saída temporária da prisão para o Dia dos Pais e acabou envolvido em uma tentativa de matar o seu pai a facadas, após uma discussão na residência, no bairro Esperança, em Ipatinga.

Conforme o Diário do Aço noticiou mais cedo, o crime foi registrado na madrugada de sábado, na rua Amarilis. O pai, um homem de 66 anos, foi hospitalizado com diversos ferimentos provocados por golpes de faca e escapou da morte porque conseguiu pular um muro e correr para a rua, onde pediu socorro.

Desde o registro do crime policiais militares faziam buscas ao criminoso, que acabou preso no começo da tarde pela equipe do sargento PM Jonas, da Patrulha Rural.

“A Polícia Militar mantinha o rastreamento do autor, quando testemunhas viram o suspeito passar pela rua 8, no bairro Esperança, e acionaram os policiais pelo telefone 190. No momento da prisão não houve reação e o autor estava com uma das mãos enrolada em uma faixa, por causa de um ferimento sofrido durante a agressão ao pai. Ele também afirmou, na presença de testemunhas, que a intenção dele, ao sair do sistema prisional, era mesmo matar o pai dele”, detalhou o sargento.

Levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), André Rodrigues recebeu onde recebeu cuidados médicos e foi liberado, conduzido para a Delegacia de Polícia, onde será novamente transferido para o sistema prisional, com a suspensão do benefício da saída temporária. Consta no site do Tribunal de Justiça que o presidiário tem ainda dois anos de cadeia a cumprir pela prática do crime de roubo.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Ghosterbuster 11 de agosto, 2020 | 01:11
Esta peste comete o crime ainda e levado pra o UPA e tem p previlegio de ser atendido na frente de todos que estao la esperando 4 hrs pra ser atedidos! Cade a lei que o bolsonario falou que ia acabar que esta tal "saidinha" e tem varios pressos so esperando sai pra cometer o crime! PENA DE MORTE BRASIL !!!!
Ferreira 10 de agosto, 2020 | 12:30
É Sr Anônimo, em breve ele ta de volta, no Natal, Ano novo, aí quem sabe ele consegue cumprir a sua promessa de matar o próprio pai, piada essas leis do Brasil
Marcelo Ruiz 10 de agosto, 2020 | 07:36
Isso nunca deveria existir! Beneficio e etc... se pegou 10 anos ...deveria pagar 10 anos fechado e pronto.
Onde já se viu ?! O benefício dele prejudicar a vida de outro! Que não cometeu crimes?
Estamos longe de vencer a guerra contra a criminalidade. Pois a justiça consegue fazer com que o criminoso sinta se mais protegido do que a população de bem.
Anonimo 09 de agosto, 2020 | 22:15
uma vergonha a justiça brasileira, este bandido saiu do presidio ha um certo tempo assaltou um estabelecimento comercial no cidade nobre e foi recolhido agora saiu outra vez e simplesmente golpeou o pai com 12 facadas, pelo amor de deus segurA ELE ESTE RESTO DE ANO.KKK
Anonimo 08 de agosto, 2020 | 19:35
bandido e bandido isso que da beneficio para bandido

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO