Motociclista bate de frente com caminhão em Cachoeira do Vale

Reprodução


Eduardo Francisco de Oliveira era morador do bairro Santa Cruz, em Coronel Fabriciano e trabalhava na Cenibra

O condutor de uma motocicleta morreu em uma colisão frontal com um caminhão na avenida Belo Horizonte, distrito de Cachoeira do Vale, em Timóteo, por volta de 15h de domingo (21).

Conforme relato de testemunhas, o condutor da motocicleta trafegava no sentido a Coronel Fabriciano, quando, por motivos desconhecidos, invadiu a contramão e atingiu de frente um caminhão Volvo, que puxava uma carreta vazia.

Com o impacto, a motocicleta pegou fogo. O corpo do motociclista foi lançado à distância no asfalto.
Conhecidos do motociclista informaram que se trata de Eduardo Francisco de Oliveira Sá, de 43 anos, morador do bairro Santa Cruz, em Coronel Fabriciano. Ele trabalhava na Cenibra, em Belo Oriente. Testemunhas disseram que momentos antes do acidente o motociclista foi visto parado sobre a ponte entre Timóteo e Coronel Fabriciano

O condutor do caminhão, Anderson Nery Montanha, de 38 anos, informou que tinha acabado de sair de um posto de combustíveis à margem da avenida, quando avistou o motociclista vindo em alta velocidade na contramão de direção.

O carreteiro disse que acionou os freios, mas o motociclista manteve o curso da direção até colidir com a frente do caminhão. Como a motocicleta pegou fogo após a batida, Anderson Nery disse que engatou uma ré para se afastar e evitar que as chamas queimassem a cabine do caminhão.

O caminhoneiro foi submetido ao teste de alcoolemia, que teve como resultado 0,00 mg/l de ar expirado pelos pulmões. Por ter aguardado no local a chegada dos Bombeiros Militares e da Polícia Militar, o motorista foi dispensado pelo delegado plantonista de ser apresentado na Delegacia da PC.

Outro

Esse é o segundo acidente fatal em que condutor de motocicleta morre em acidente em Timóteo. Na madrugada de hoje um adolescente de 16 anos perdeu o controle de uma moto, esbarrou no meio fio, bateu num poste da rede elétrica e morreu, na avenida Acesita, bairro Primavera.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

MAIS FOTOS

Comentários

William Petus 25 de junho, 2020 | 19:31
Deus conforte a família e que abençoe e proteja todos nós motoqueiros.
Jaqueline Lopes Valadares 25 de junho, 2020 | 10:49
Lamentável a atitude de postar fotos e vídeos. Mas quanto ao comentário de que as pessoas não ajudaram, não procede. Funcionários do posto de gasolina, de uma obra próxima e outros que estavam no local, se preocuparam em conter as chamas que aproximavam da vítima, tanto que a roupa do rapaz pode ser vista intacta através da foto.

Sentimentos à toda família.
José Aparecido de Freitas 25 de junho, 2020 | 06:09
Que Deus o tenha e conforte os familiares,Tive o prazer de trabalhar com ele um bom tempo era rapaz gente boa.
Kelly 23 de junho, 2020 | 20:24
Infelizmente o rapaz do acidente e meu cunhado, fiquei Sábendo tragédia através de vídeo, quase infarto de tanto susto, um absurdo, perderam respeito ao próximo, e amor família
Menina Moça 22 de junho, 2020 | 15:48
Covardia foi o que fizeram nas redes sociais na tarde deste domingo. Muitas pessoas compartilhando fotos do corpo carbonizado justamente no grupo em que havia duas parentes da vitma. Achei um absurdo. Onde está o amor humano? Além disso ouvi dizer que muitas pessoas se aglomenaram vendo o rapaz queimando e ao invés de abafar o fogo com jaquetas ou mantas, ficaram tirando fotos e filmando. Um absurdo sem explicação!!!

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO