Mais um preso por tráfico na rua Itajubá, em Ipatinga

Um segundo investigado foi preso no bairro Esperança

Divulgação Polícia Militar


Todo o material entorpecente apreendido pela PM

Em outra abordagem policial na área central de Ipatinga foi preso V.J.M.O.R., de 20 anos, por tráfico de drogas ilícitas no fim da noite de sexta-feira (15). Em poder dele foram apreendidas porções de maconha, crack e cocaína, além de outras porções de maconha encontradas na casa de W.A.S.M., de 32 anos, no bairro Esperança, onde o jovem morando com esse amigo.

Uma equipe Tático Móvel do 14º Batalhão patrulhava novamente a rua Itajubá, no Centro, onde mais cedo duas pessoas foram presas com mais de 330 buchas de maconha, quando se deparou com V.J. nas proximidades da Estação Memória. O local é conhecido pela movimentação de usuários de drogas, principalmente os viciados em crack.

V., que é conhecido dos PMs pelo envolvimento dele com crimes, observou a aproximação da viatura e tentou sair do local ao notar que seria parado. Ele correu, mas foi impedido de acessar um beco. O suspeito jogou no chão um embrulho, que segundo a polícia, estava com 20 pedras de crack prontas para serem vendidas. No bolso da bermuda foi encontrada uma porção de cocaína e outra de maconha.

Os policias foram até a casa de V., no bairro Esperança, para entregar alguns objetos pessoais que não seriam apreendidos. No bairro, eles receberam a informação anônima que o jovem ficava sempre na casa de W. localizada na rua Dois, residência usada para guardar drogas e não atrair a atenção da polícia.

Com esta informação, os militares foram até a casa da denúncia e abordaram W. que correu para a residência. Policiais viram que ele segurava um objeto que foi jogado dentro de um armário pouco antes de ser interceptado. O tal pacote era um embrulho com 20 pequenos tabletes de maconha.

Na sala da casa foi apreendida também uma balança de precisão. W. confessou que V. usava a casa para dormir. Ambos os abordados possuem diversas passagens policiais por crimes variados (contra o patrimônio e drogas). V. alegou que todo o entorpecente era de sua propriedade, mas os dois amigos foram encaminhados para o plantão da 1ª Delegacia Regional de Ipatinga.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO