Mulher é enganada no golpe do empréstimo e perde quase R$ 2 mil

Vítima procurou a Polícia Militar para denunciar que ainda era ameaçada de processo se não pagasse uma multa

Marcos Santos/USP Imagens


A promessa de um empréstimo se transformou em dor de cabeça para uma moradora de Coronel Fabriciano

Uma mulher de 48 anos, moradora de Coronel Fabriciano, é a mais nova vítima do golpe do empréstimo, situação que ocorre em todo o país. O crime é praticado por pessoas que se passam por representantes de financeiras. A vítima ficou sem R$ 1.950 e ainda foi ameaçada de processo caso não pagasse uma “multa” por quebra de contrato, como informou para a Polícia Militar.

A vítima relatou aos policiais militares, no começo da semana, que entrou em contato com um número de aplicativo whastapp, que supostamente seria de uma financeira. A mulher precisava de um empréstimo bancário e uma suposta atendente disse que tinha a solução financeira para ela. Após a negociação, a tal funcionária repassou o contrato e os dados de uma conta bancária. Para concretizar o empréstimo, C.M. teria que depositar R$ 600 como uma espécie de contrapartida para ser aprovado o cadastro. Na prática, era a concretização do golpe.

Ela fez o depósito, conforme solicitado, mas a vítima foi informada depois que o crédito estava com problemas e precisaria de mais R$ 600 para liberar a quantia pedida no empréstimo. Assim que realizou o segundo depósito, a vítima estranhou a situação e tentou cancelar, porém foi informada que deveria pagar 40% de multa do valor solicitado por quebra de contrato.

No dia 30 de abril, a vítima recebeu uma ligação telefônica de uma suposta advogada da financeira para que pagasse R$ 750,89. Caso não realizasse tal pagamento, o contrato ficaria aberto e uma multa seria aplicada no valor de R$ 8 mil, como ameaçou a tal mulher pelo telefone.

Com medo diante das insistentes cobranças, C.M. fez o pagamento por meio de depósito em uma conta bancária, mas os golpistas não pararam por aí e queriam mais R$ 499. C.M.S. procurou se orientar com um advogado e, em seguida, foi à Polícia Militar registrar uma ocorrência de crime de estelionato. O caso será investigado pela Polícia Civil.

Lista dos golpes mais frequentes no Vale do Aço:

Criminosos tentam golpe via SMS para enganar clientes de banco e roubar dados
Jovem do bairro Horto cai no golpe do carro estragado
Mulher cai em golpe de venda de celular na internet
Idosa é enganada em golpe do carro estragado na estrada
Golpe do Whatspp provoca prejuízo no bairro Ideal, em Ipatinga
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Selma 07 de maio, 2020 | 22:44
Acho que cai no golpe pediu dinheiro pra libera o empréstimo por meu tá sujo depositei ele mandou os contratos imprimi e assinei ,depois pediu mais dinheiro dei ,aí ele me mandou a foto e tudo que fez transferência pra minha conta era 5.17 da tarde e até agora nada no depósito devolveu até o dinheiro que dei

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO