Coronel Fabriciano divulga escala de vacinação contra a gripe

Em Fabriciano, a população idosa será vacinada em casa

Divulgação


Idosos e trabalhadores da saúde serão os primeiros imunizados

A administração de Coronel Fabriciano divulgou como será a escala de imunização nas Unidades Básicas de Saúde (UBS’s), durante a Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza. Primeiro, serão vacinados pessoas acima de 60 anos e os trabalhadores da saúde, que atuam na linha de frente do atendimento à população. Os demais grupos prioritários também serão imunizados, conforme calendário definido pelo Ministério da Saúde, na unidade de saúde de sua referência.

Em Fabriciano, a população idosa será vacinada em casa. A medida é mais uma ação preventiva contra o novo coronavírus (Covid-19) no município. Está garantida a imunização domiciliar de pacientes acamados cadastrados na rede municipal e a distribuição de doses para os internos do Lar dos Idosos São Vicente de Paulo, funcionários e pacientes do Hospital Dr. José Maria Morais e trabalhadores da saúde.

A vacinação será realizada em três etapas, com período de imunização específico para cada grupo alvo da campanha. Exceto para os idosos, as doses serão disponibilizadas nas unidades de saúde, conforme o horário de funcionamento das salas de vacinas. É necessário apresentar a caderneta de vacinação para atualização e o cartão do SUS. Em Fabriciano, têm direito a vacina contra a influenza cerca de 40 mil pessoas, e a meta é imunizar até 90% deste público.


A campanha vai até o dia 23 de maio e o Dia D de Mobilização Nacional está agendado para 9 de maio.

Calendário de vacinação

Entre 23 de março e 16 de abril, serão imunizadas pessoas acima de 60 anos e profissionais da saúde (público e privado); 16 de abril a 9 de maio é a vez de professores de escolas públicas e privadas, funcionários do sistema prisional e população carcerária; e de 9 de maio a 23 de maio serão vacinados crianças de 6 meses até 5 anos, 11 meses e 29 dias, adolescentes de 12 a 21 anos que estejam cumprindo medidas socioeducativas, gestantes, mães no pós-parto (até 45 dias após o nascimento do bebê), doentes crônicos e adultos de 55 a 59 anos.

Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Frederico Ozanam Mol Pinto 24 de Março, 2020 | 17:16
Minha mãe tem 89 anos. Como faço para comunicar o endereço que ela reside, para receber a vacina em casa?
Alessandra 23 de Março, 2020 | 06:25
E as crianças especiais deveriam ser vacinadas em casa igual os idosos em Ipatinga eles vão ser vacinados primeiro todos nós sabemos que eles têm imunidade mais baixa e necessita de cuidados especiais
José Antônio da Silveira Drumond 20 de Março, 2020 | 19:14
Parabéns à Administração Municipal de Cel. Fabriciano. Não somente na área da saúde como também em outras áreas têm realizado um trabalho merecedor do nosso respeito, dentro das limitações que o cargo impõe com destaque para a financeira. Esperamos Sr. Prefeito que o calendário de vacinação acima descrito seja cumprido à risca porque o povo de Cel. Fabriciano merece e a situação requer.

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO