Idosos de Coronel Fabriciano serão vacinados em casa

Medida é para evitar que idosos usem o transporte público para chegar às unidades, e também evitar aglomerações nas UBS’s

Divulgação


Município vai contratar agentes comunitários de saúde e técnicos de enfermagem para vacinar a população idosa em casa

Apesar de ainda não haver casos de transmissão comunitária do novo coronavírus (Covid-19) no Vale do Aço, a administração de Coronel Fabriciano adotou mais uma medida preventiva contra a doença, dessa vez para proteger os idosos acima de 60 anos. O município informou que vai contratar, em caráter de urgência, agentes comunitários de saúde e técnicos de enfermagem para vacinar a população idosa em casa.

A medida foi anunciada nesta quinta-feira (19) pelo prefeito Marcos Vinicius, durante o Boletim Epidemiológico Diário, implantado pelo município para deixar a população a par dos números da doença. A contratação emergencial é prevista no Decreto Municipal 7.714/2020, que instituiu o Comitê de Crise, criado para centralizar e integrar ações do município contra a Covid-19. As contratações ocorrerão conforme a demanda e a prioridade são os aprovados no último processo seletivo, detalhou o governo.

Os visitadores também vão avaliar o quadro geral de saúde dos idosos e reforçar as orientações, já que pessoas com idade avançada são mais suscetíveis ao agravamento de quadros gripais e ao coronavírus, podendo evoluir para óbito.
Com isso, o município evita que os idosos usem o transporte coletivo e fiquem aglomerados nas unidades de saúde. “A orientação é para que os idosos fiquem em casa, em isolamento social, para evitar que sejam expostos ao vírus. Mas é imprescindível que toda a população (grupo de risco ou não) colabore e faça a sua parte e proteja quem mais precisa”, recomenda o prefeito.

Até o momento, Fabriciano segue com um caso confirmado e 31 suspeitos. Os pacientes são monitorados pela Secretaria de Saúde e mantidos em isolamento domiciliar.

Vacinação contra influenza

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza começa nesta segunda-feira (23). Primeiro, serão vacinados pessoas acima de 60 anos e os trabalhadores da saúde, que atuam na linha de frente do atendimento à população. Os demais grupos prioritários também serão imunizados conforme calendário definido pelo Ministério da Saúde, que vai até o dia 23 de maio.

Em Fabriciano, também será feita a distribuição de doses para os internos do Lar dos Idosos São Vicente de Paulo, funcionários e pacientes do Hospital Dr. José Maria Morais e trabalhadores da saúde.

Prevenção

Como medida de prevenção extra, o governo municipal decidiu manter a suspensão das aulas na rede municipal de ensino até o dia 7 de abril. Alguns serviços de saúde também estão suspensos temporariamente. São eles: exames de imagens, viagens de pacientes em TFD (Tratamento Fora do Domicílio), atendimentos eletivos no HMC e cirurgias eletivas no Hospital Dr. José Maria Morais (HJMM) e demais hospitais da região.

A administração municipal mantém o Tele Orientação - EuSaúde, com atendimento 24 horas por dia via WhatsApp pelo telefone (31) 99674-7263. Outra medida foi a criação da Unidade de Referência Coronavírus na rua Albert Scharlet, s/n, das 7h às 22h.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Francisco Pereira de Souza 20 de Março, 2020 | 10:07
Parabéns ao governo de Coronel Fabriciano pelo reconhecido cuidado com nossas vidas, mais de uma vez observado. Nós, orgulhosos munícipes, somos sinceramente agradecidos.
Gildázio Garcia Vitor 19 de Março, 2020 | 17:51
Parabéns à administração de Coronel Fabriciano por mais esta iniciativa humanizadora. Espero que os outros municípios da RMVA, principalmente o de Ipatinga, na medida do possível, aprendam a lição.

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO