Moradores do Residencial Nova Esperança recebem apoio social

Divulgação


Residentes dos 240 apartamentos vão receber orientações sobre o desenvolvimento das regras de condomínio

Após entregar as chaves dos apartamentos às famílias, a administração municipal de Ipatinga informa que segue prestando assistência aos moradores dos 240 apartamentos do Residencial Nova Esperança, construídos por meio do “Programa Minha Casa, Minha Vida” (MCMV). Entre as ações complementares praticadas pelo município está a contratação, com recursos da Caixa, de uma empresa responsável pelo acompanhamento social dos residentes.

A Caixa, gestora do programa MCMV, também realizou a contratação de uma empresa que fará a gestão condominial, orientando os moradores com relação ao desenvolvimento das regras de condomínio.

"Ressalte-se que a empresa contratada pela prefeitura conta com uma equipe multidisciplinar composta de profissionais como psicólogo, comunicólogo, educadora ambiental, assistente social, geógrafo e sociólogo. O trabalho social acontece em duas fases. No primeiro momento, antes da entrega dos apartamentos, foram oferecidas palestras com orientação aos moradores sobre direitos e deveres, bem como as regras que envolvem o Programa Minha Casa, Minha Vida”, destacou a diretora do Departamento de Habitação do Executivo, Késsia Ribeiro.

A diretora prossegue: “O segundo momento do trabalho, já com os moradores residindo, consiste em um diagnóstico das famílias e uma análise da realidade que as mesmas vivenciam, com a finalidade de promover um Plano de Desenvolvimento Sócio Territorial (PDST) que atenda às necessidades específicas do Residencial Nova Esperança. Uma vez que já foram feitos os estudos necessários, no próximo mês terá início a execução do Plano de Desenvolvimento Sócio Territorial (PDST) que irá contemplar através de palestras, oficinas e atendimentos, atividades que promovam conscientização, socialização e valorização da moradia e do espaço comum”.

Oficinas

A empresa contratada pelo município vai realizar, ainda, intervenções socioeducativas para promover a socialização e integração entre os moradores, buscando um ambiente de inter-relação de confiança e solidariedade. No mais, levando em consideração o número de pessoas idosas e deficientes que residem no condomínio, serão realizadas oficinas de integração para os residentes. Haverá, também, um trabalho desenvolvido especificamente para orientar os moradores sobre as necessidades especiais e compreensão da coletividade em relação àqueles que possuem Transtorno do Espectro Autista, detalha o governo municipal.

O trabalho social irá buscar, entre outros assuntos, a prevenção ao uso de drogas; oficinas destinadas a inserir os moradores que necessitam entrar no mercado de trabalho e organizar suas finanças, além de atividades relacionadas ao Meio Ambiente.

Isenção
O Departamento de Habitação de Ipatinga iniciou nesta sexta-feira (21), em cumprimento à Lei Municipal 3212/2013, a convocação dos moradores do residencial para a realização do processo de cadastramento para isenção de IPTU e ITBI. Segundo a lei, eles são isentos do pagamento dos tributos municipais pelo prazo de dez anos.

Para solicitar o benefício, os condôminos devem comparecer, acompanhados do cônjuge ou coobrigados (se houver), no Departamento de Habitação, no 6° andar da prefeitura, munidos de documento de identidade. O horário de atendimento é de 7h as 19h, de segunda a sexta-feira.

Copasa e Cemig

No mesmo sentido, técnicos da Secretaria de Planejamento e de outras áreas estratégicas da administração municipal se reuniram na manhã desta sexta-feira (21) com representantes da Copasa para discutir demandas apresentadas por moradores do condomínio. A principal delas é a individualização das faturas do serviço de fornecimento de água. A estatal adiantou que fará uma análise completa da situação.

O município planeja ainda se reunir na próxima semana com representantes da Cemig, programando levar à empresa as demandas levantadas pelos moradores.

Já publicado

UBS do Nova Esperança passa a oferecer pediatria
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO