UBS do Nova Esperança passa a oferecer pediatria

No último dia 7, a mesma UBS passou a contar com um consultório odontológico, sendo a população atendida por uma cirurgiã-dentista e uma auxiliar de saúde bucal, das 7h às 11h

Divulgação


O atendimento médico-pediátrico na UBS do bairro será iniciado na próxima segunda-feira

A administração de Ipatinga anunciou nesta terça-feira (21) que a Unidade Básica de Saúde (UBS) do bairro Nova Esperança passará a contar, a partir da próxima segunda-feira, dia 27, com a assistência de um médico pediatra. O pediatra escalado para o bairro atenderá duas vezes por semana. As consultas serão realizadas mediante agendamento, que poderá ser feito na própria unidade, informa o Executivo.

No último dia 7, a mesma UBS passou a contar com um consultório odontológico, sendo a população atendida por uma cirurgiã-dentista e uma auxiliar de saúde bucal, das 7h às 11h. Até então, a unidade mais próxima com disponibilização dos serviços era a UBS do Bom Jardim.

O prefeito Nardyello Rocha ressalta que, como se trata de um bairro numa região mais alta da cidade, há as dificuldades normais de deslocamento, sendo que, com a melhoria da assistência na UBS, as necessidades estarão restritas aos atendimentos de urgência e emergência, que são prestados na UPA e no HMEM (Hospital Municipal Eliane Martins).

“A consulta com o pediatra próximo de casa era demanda antiga da comunidade e, graças ao esforço dos servidores da Secretaria de Saúde, fizemos uma reorganização do quadro e o atendimento será ampliado para mais unidades. O fortalecimento da rede primária traz um ganho enorme para a UPA e o HMEM, uma vez que casos mais simples serão atendidos na própria unidade”, ressaltou Nardyello.

UBS

A UBS do bairro Nova Esperança foi inaugurada no fim de 2018, com o objetivo de atender à comunidade local, que se tornou ainda mais populosa após a entrega dos 240 novos apartamentos construídos no bairro, representando um público adicional de cerca de mil pessoas. Antes, os usuários dos serviços de saúde residentes na região precisavam se deslocar até os bairros Esperança e Bom Jardim a fim de garantirem o atendimento especializado.

Ampliação

Das 21 Unidades Básicas de Saúde da cidade, 16 contarão com pediatras. Para garantir a ampliação da assistência e maior alcance dos serviços deste profissional junto à comunidade, o município realizou um estudo onde foi levado em consideração o número de encaminhamentos de crianças ao Hospital Municipal.

“Fizemos um levantamento de dados e avaliamos as demandas de pacientes ‘verdes’, considerados casos não graves de acordo com o Protocolo de Manchester, no Hospital Municipal. Assim identificamos quais eram as unidades de saúde que precisavam de fortalecimento no atendimento. É importante que fique claro que não tiramos médicos de nenhuma UBS. Apenas fizemos uma redistribuição, que garantiu a ampliação do atendimento”, explicou a secretária de Saúde, Érica Dias.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO