PM localiza dois suspeitos por dupla execução no Ipanemão

Jovens presos durante as buscas da polícia são moradores do bairro Esperança, em Ipatinga

Wellington Fred / Reprodução


Aline e Aspásia foram mortas a tiros no fim da noite de sexta-feira, no Ipanemão

O mistério do duplo homicídio das jovens encontradas executadas no Ipanemão, na zona rural de Ipatinga, começa a ser esclarecido. Dois suspeitos foram presos durante os trabalhos da Polícia Militar e mais dois já identificados na noite deste sábado (1), horas após a descoberta do crime brutal contra Aline Rodrigues de Souza e Aspásia Hilary Moreira Ferreira, ambas com 20 anos.

A descoberta dos corpos se deu por praticantes de trilha de moto que depararam com os cadáveres no Ipanemão, em um local de difícil acesso, na margem da estrada principal da localidade. As duas jovens, que estavam sem identificação, apresentavam marcas de tiros nas costas e nas cabeças, quatro perfurações em cada um dos corpos, como avaliou a perícia da Polícia Civil.

Nas proximidades do local da execução, populares disseram que escutaram os disparos de arma de fogo por volta das 22h de sexta-feira. Neste tempo, os policiais militares encontraram a tia das vítimas que informou os dados das jovens, ambas eram de Joanésia, contudo estavam morando há dez dias no bairro Limoeiro, em Ipatinga.

Os corpos foram encaminhados para o IML de Ipatinga pela funerária Nova Aliança depois de serem periciados. As vítimas foram identificadas oficialmente, confirmando os dados repassados pela tia de uma das garotas assassinadas. Aline deixou dois filhos pequenos e Aspasia também tem um filho.

Os policiais continuaram as buscas e conseguiram a informação que as duas jovens foram vistas saindo com quatro indivíduos, dois deles estariam se relacionando com a vítima. Todos os quatro suspeitos são moradores do bairro Esperança e envolvidos com crimes na cidade, conforme apurou o Diário do Aço.

Imagens de câmeras
Os PMs conseguiram imagens de câmeras de segurança onde foram filmadas no bairro Limoeiro por volta das 21h do dia 31 (sexta-feira). Em outro local, os policiais conseguiram imagens de um VW Gol seguindo sentido à estrada de acesso à região do Ipanemão. Pouco depois, ainda na noite de sexta-feira, imagens capturaram quatro indivíduos correndo com os rostos encobertos com camisas e um deles seguravam algo na cintura.

Com as informações colhidas, o tenente Lucas Emanoel desencadeou uma operação para localizar os suspeitos, todos identificados. R.C.C., de 23 anos, foi encontrado e com ele um relógio e boné idênticos a que uma das pessoas filmadas usava quando passaram correndo pela estrada.

O segundo a ser localizado foi J.T.F., de 26 anos. Em poder dele os militares apreenderam um relógio, chinelo branco e duas camisas na cor rosa que têm a aparência das usadas por dois indivíduos filmados. Neste local também estaria J.P.F.A., de 21 anos, mas não encontrado pelos PMs.

A quarta pessoa identificada também não foi localizada. I.A.A.S., de 19 anos, não estava em casa, mas a mãe dele autorizou os policiais a verificarem os pertences do jovem. Em uma máquina de lavar roupas encontrada uma camisa preta com uma estampa idêntica à filmada na estrada de acesso ao Ipanemão.

Os dois presos foram encaminhados para o plantão da 1ª Delegacia Regional de Ipatinga e autuados em flagrante pelo crime de homicídio, como apurou o Diário do Aço. Ambos autuados já se encontram no Sistema Prisional à disposição da Justiça. A motivação do crime ainda é investigada pela polícia.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

MAIS FOTOS

Comentários

Aspasia Ferreira 04 de fevereiro, 2020 | 11:40
As meninas infelizmente envolveu com pessoas erradas, mas não justifica ter uma morte tão brutal, peço muito à Deus por elas e pelas nossas famílias que estão sofrendo muito, então peço aqueles que gostam de criticar, que respeitem a nós, a família, a nossa dor, elas não estão mais entre nós, todos nós tinhamos mto amor por elas, tenho certeza que tanto minha família e a família de Aline, não concordavamos com a vida que elas tinham, tentamos mto tirar elas, não é fácil, só quem passa ou já passou sabe o que estou dizendo...por favor respeitem nossa dor, e deixem que descansem em paz, pois elas já se foram, e hj só existe a dor em nossos corações.
Sabonete 04 de fevereiro, 2020 | 09:31
GENTE....MUITO TRISTE TUDO ISSO....
Tha 04 de fevereiro, 2020 | 00:27
Petrônio agr com palavras bonitas na outra reportagem comentou com palavras bonitas na outra mandou Aline queimar no inferno com a mãe dela né? Aline passou por tanta coisa ruim na vida dela, então ela fez o que ela quis aproveitou ao máximo a vidah dela agr acho que ela merece um descanso e não o "inferno" vc n acha? Apesar do caminho que ela escolheu ela pagou mas que somos nós pra julgar os outros. Descanse Aline sempre lembrarei de vc como uma pessoa mara que vc foi...
Papo Reto 03 de fevereiro, 2020 | 11:23
O jornal mostra a cara dos covardes Àeee... tiros pelas costas e muita covardia ???.
Fernanda 03 de fevereiro, 2020 | 08:51
Aline uma menina sem maldade com um coração gigante sempre muito humilde vem de família humilde perdeu a mãe quando tinha 2 anos tbm morta a tiros pelo pai.Aline foi criada pela avó mais infelizmente Aline não ouvia ninguém era maluquinha mais nada justifica essa maldade estamos tds arrasados não está fácil só Deus pra confortar nos amigos que vimos ela nascer e crescer e agora parti dessa forma tão horrível Aline deixou dois filhos lindos e agora quem arcará c tudo? ?
William 03 de fevereiro, 2020 | 07:56
No mundo que estamos vivendo hoje,temos que estarmos atentos a palavra de Deus.A maioria dos jovens de hoje nao obedecem pai e mae. exodo 20,12 honra teu pai e tua mae,para que seus dias se prolonguem sobre a terra.
Roberto 03 de fevereiro, 2020 | 07:41
"dois deles estariam se relacionando com a vítima,Todos os quatro suspeitos são moradores do bairro Esperança e envolvidos com crimes na cidade"Pois é, então? Envolveram com bandidos porque quiseram.
Vingador 02 de fevereiro, 2020 | 22:55
Covardia ... fazer isso c Mulher ,,, mães de 3 crianças ,,, ainda por cima tiro e de costas ... Gostaria de ter um particular c esses pilantras ... Que Deus conforte o coração dos familiares e das pequenas crianças que ficaram sem as mães
Petrônio 02 de fevereiro, 2020 | 18:13
Peço para que Deus ampare e conforte todos os corações feridos pela dor do luto. sempre lembrarei de você Aline !!
Manuel Ferreira Filho 02 de fevereiro, 2020 | 12:12
Com certeza esses canalhas. . são aqueles que seram decapitados na hora de qualquer rebelião ?????o diabo já esta contando com essas almas imundas. Vão morrer pior do que,o diabo imagina.

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO