Diesel fica 2% mais caro

A Petrobras informou que vai aumentar o valor do óleo diesel em 2% a partir dessa quarta-feira (4). A alta é a 11ª consecutiva consentida pelo governo Jair Bolsonaro desde setembro e o valor do combustível nas bombas já ultrapassa o preço de maio de 2018, quando foi desencadeada a greve dos caminhoneiros. No dia 27 passado, a gasolina aumentou 4% nas refinarias.

De acordo com dados da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis), o litro do diesel era comercializado na semana passada por, em média, R$ 3,708.

Em maio do ano passado, quando caminhoneiros pararam o país solicitando a redução dos preços do combustível, o preço do diesel era de R$ 3,59.

Cooptados em parte pelo governo Bolsonaro, o movimento dos caminhoneiros agora se divide sobre a possibilidade de uma nova paralisação.

Mais:
Gás de cozinha fica 4% mais caro
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Anti17 04 de Dezembro, 2019 | 12:58
3 anos? ??????, Estamos fu####!!!

Viva o mito!!!!
Falou Ta Falado 04 de Dezembro, 2019 | 12:20
E ainda teve um bando de orários que faltou pouco carregar água na peneira pra esse sujeito. E podem ir se preparando. Nos ainda não vimos nada. E ainda faltam 3 anos pra ele.
Anti17 04 de Dezembro, 2019 | 09:27
Ótima notícia, pois a promessa era de abaixar os valores dos combustíveis, do gás, da carne, dos juros, do dólar, etc.... E realmente está acontecendo isto!!!!????????
Ane Caroline 04 de Dezembro, 2019 | 07:49
Por muito menos os caminhoneiros já pararam. Ahhhh mas não foi iniciativa deles , foi das empresas, né? Tinha me esquecido.

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO