Presidente da Acicel-CDL morre em acidente com ciclistas na avenida Maanain

Testemunha afirma que condutor de furgão deparou com carro no mesmo sentido, freou, tentou desviar para evitar colisão na traseira, perdeu o controle e atingiu grupo de ciclistas que vinha em sentido contrário

Arquivo DA


Maria Angélica, tinha 48 anos, era presidente da Acicel-CDL e foi atropelada enquanto pedalava, com um grupo de ciclistas em Ipatinga
Com atualização às 10h30
Um veículo utilitário (furgão) descontrolado atingiu um grupo de ciclistas e subiu na calçada da avenida Maanain, entre os bairros Iguaçu e Cidade Nobre, em Ipatinga, na manhã desse sábado (19). Uma pessoa morreu e outra foi socorrida em estado grave e levada para o hospital.

Morreu no local a ciclista Maria Angélica Rodrigues Nunes, de 48 anos, presidente da Associação Comercial e Câmara de Dirigentes Lojistas de Coronel Fabriciano (Acicel-CDL), integrante do grupo Bike do Pedal. A entidade confirma para domingo, pela manhã, no Cemitério Vale da Saudade, o sepultamento de Maria Angélica.

Já a ciclista Simone Oliveira Assis Carvalho, de 49 anos, saiu gravemente ferida, foi socorrida por uma equipe do SAMU e encaminhada para o Hospital Márcio Cunha, em estado considerado grave.

O acidente aconteceu numa reta, já nas proximidades do cruzamento com a avenida Simon Bolívar. Testemunhas informaram que o motorista de um furgão Renault Kangoo trafegava no sentido contrário, quando deparou-se com um veículo à sua frente. Ao desviar-se perdeu o controle da direção e atingiu o grupo de ciclistas.

Depoimentos

O motorista do furgão, Degnaldo Dias Goncalves, de 31 anos, informou para a polícia que seguia logo atrás de outro veículo e que, em dado momento, o veículo à frente freou. Para não colidir na traseira, também ele também freou, mas nesse momento perdeu o controle da direção, invadiu a contramão, atingiu o grupo de ciclistas e em seguida subiu na caçada.

Quatro testemunhas no local do acidente citaram que o condutor do furgão estava em velocidade incompatível com a via e que, para não bater no veículo que ia à sua frente, mais devagar, desviou para a contramão, no momento em que passava o grupo de ciclistas. Essa versão foi confirmada também pelo motorista do carro que ia à frente.

Degnaldo Dias foi submetido ao teste do etilômetro, quando ficou descartado o uso de bebida alcoólica. Ele também apresentava ferimentos leves, foi medicado e, em seguida, detido e conduzido para a delegacia de Polícia Civil, conforme determina o Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Presidente Acicel-CDL

A empresária Maria Angélica Nunes assumiu o comando da Acicel-CDL em maio desse ano, após a renúncia do então presidente, Ismá Canedo, conforme noticiado pelo Diário do Aço à época. Ela foi a primeira mulher a assumir a presidência da entidade.

Maria Angélica também já foi presidente do Conselho da Mulher Empreendedora e participava da entidade há mais de dez anos. Ela é natural de Coronel Fabriciano, casada, mãe de três filhas, engenheira civil de formação, empresária da Diferencial Engenharia e Loteria Ponto da Sorte.

Mais:
Maria Angélica será sepultada domingo, em Coronel Fabriciano
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

MAIS FOTOS

Comentários

Sebastião Ribeiro Dias 22 de Outubro, 2019 | 22:42
Uns 4 anos ,vinha de Cava Grande-distrt Marliéria,dois ciclistas lado a lado na pista numa reta,á frente tinha uma barreira e eles pra livrar do barro,foi para o meio das pista de repente,tive que jogar o carro na contra mão,pois não tinha como usar freio,devido estar muito próximo e com velocid aprox 70km.Levei um baita susto.
Osório Souto 21 de Outubro, 2019 | 23:04
Foi um assassinato pelas características. Quatro testemunhas afirmam que o condutor circulava em velocidade incompatível. Infelizmente a irresponsabilidade dos motoristas que não respeitam as normas de segurança do CBT. Há insuficiência de fiscalização e prevenção das autoridades militares em nossa cidade. É notório dia a dia a ineficácia. Basta-nos observar-nos em nossa volta e pelas vias que circulamos tanto na BR que corta a região. nossa cidade.
Dias 21 de Outubro, 2019 | 10:21
Em primeiro lugar meus sentimentos á família .Mas gostaria de aproveitar a oportunidade e pedir FISCALIZAÇÃO PESADA,do horto até o Iguaçu de 21:40 até 22:10, alguns motoristas ( alunos que saem da Faculdade) dirigem com tanta irresponsabilidade, ultrapassam pelo acostamento, disputam corrida ,fazem zigue zague, excesso de velocidade ,que todos que trafegam nesse horário correm risco.
Cíntia 20 de Outubro, 2019 | 22:19
Meus sentimentos a toda família!
E com relação ao Atendimento ?imediato? do SAMU, todos estão satisfeito com a demora deles para socorrerem as vítimas e com o descasos ?????????
Gaspar Melo 20 de Outubro, 2019 | 15:35
A grande maioria dos acidentes aqui na nossa região, fatais ou não, acontecesse devido à falta de educação e desobediência às leis do trânsito, pela nossa população de um modo geral.
Não são poucos os motoristas e motociclistas (principalmente) que não dão preferencia aos pedestres nas faixas destinadas a eles, dirigem com velocidade acima do permitido, ultrapassam pela direita, sem terem este direito ocupam vagas exclusivas para idosos e portadores de necessidades especiais, etc.
Podemos observar ciclistas que mesmo em ruas estreitas de mão única, pedalam suas bicicletas na contra mão, mesmo que existe um lei especifica de transito que determina que enquanto pedalando eles estão sujeitos as mesmas leis impostas a veículos motorizados. Não poucos, mesmo tendo uma ciclovia ao lado, transitam pelas ruas e avenidas (o que não foi o caso deste grupo no qual a ciclista Maria Angélica foi vitima fatal)
Também no geral os pedestres não fazem a sua parte, pois não é difícil de observar que mesmo tendo uma faixa de pedestre a poucos metros, eles a ignoram. O pior ainda, atravessam a rua segurando uma criança pela mão, deseducando-a desde cedo.
Conclusão: para que nosso trânsito seja mais humano e atingi uma condição próxima de países desenvolvidos, tem de haver constantes campanhas educativas e penalizar aqueles que insistem em desobedecer e banalizar as leis impostas. Tanto isto é verdade, que não é difícil perceber um comportamento diferente da população residente nas três mais maiores cidades da região. Em Fabriciano, por exemplo, onde houve campanhas educativas, a situação de um modo geral é mais favorável, uma vez que uma parcela significativa da população obedece as leis de transito. O mesmo não se pode dizer com respeito a Timóteo e principalmente Ipatinga. Ontem mesmo, juntamente com uma senhora com duas crianças, fiquei vários minutos no inicio de uma faixa de pedestre e, mesmo sinalizando nenhum motorista sequer diminuiu a velocidade.
Por isso estou profundamente comovido com a morte de Maria Angélica, que segundo relatos provocados por um motorista trafegando fora da lei, ou seja, com uma velocidade acima do permitido.
Só me resta desejar que esta senhora já esteja descansando em paz e que Deus conforme os corações dos familiares e amigos.
Nanda 20 de Outubro, 2019 | 15:03
Moro nos EUA, e aqui a preferência e do pedestre e ciclista, independende se tem ciclovias ou não. Ninguém passa em alta velocidade próximo a um ciclista. Há muito respeito pela vida no trânsito.
Isso que os Brasileiros precisam, aprender a respeitar a vida e as leis de trânsito.
Fabiane 20 de Outubro, 2019 | 11:07
Mudei à poucos meses para Ipatinga, e confesso que estou assustada com o trânsito da cidade. Andam em alta velocidade, não repeitam a sinalização de trânsito, uma loucura isso. A cidade não tem ciclovias, não tem semáforos suficientes, não tem quebra molas ou radares. Quando as pessoas não andam de acordo com a lei é preciso fazer algo para que sintam o peso de sua iresponsabilidade, no caso a cidade precisa de radares para que sejam multados a todo momento por excesso de velocidade. Eu era moradora de Valadares, lá tbm não é diferente, mas a quantidade de radar ajuda muito. E por favor senhor engenheiro de tráfego, se é que tem um, a cidade precisa de ciclovias.
Nicodemos dos Santos 20 de Outubro, 2019 | 09:43
Condolencias as familias das vitimas. É muito comum deparar-mos com turma de ciclistas andando na pista de automoveis em turmas lado a lado. Nem sempre em fila indiana. Eles acham que tem preferencia de transito. O motorista as vezes tem que quase parar o carro e eles nem desconfiam.. continuam zigzagueando a frente dos carros.. querem praticar o esporte.. utilizem as vias destinadas a eles.. não tem vias? tomem cuidado e andem em fila indiana..Eles devem lembrar que a parte fragil são eles.
Joaquim 20 de Outubro, 2019 | 07:38
CONCORDO PLENAMENTE COM O SR. FABIO E GOSTARIA DE ALGUMAS REFLEXOES.

CERTAMENTE O MOTORISTA QUE E HABILITADO E NAO ESTAVA ALCOLIZADO , TALVEZ TRABALHANDO E PRODUZINDO NAO PENSOU EM SAIR DE CASA E ASSASSINAR ALGUEM.
MAS QUANDO ASSUMIU O RISCO , REPITO ASSUMIU O RISCO , DE IMPRIMIR TAMANHA VELOCIDADE QUE PELA DESTRUICAO DO CARRO SO SE VE EM RODOVIAS ELE CERTAMENTE ESTAVA EM VELOCIDADE EXTREMAMENTE ALTA INCOMPATIVEL COM A VIA.
ATE A QUI AS COISAS SAO FATO.
AGORA ESSE NEGOCIO DE CONCIENTIZACAO NAO FUNCIONA.
O QUE FUNCIONA E A MAO NO BOLSO.
ESPERO QUE A PREFEITURA NAO VENHA COLOCAR QUEBRA MOLAS NESTE TRECHO PENALIZANDO TODA A POPULACAO POR CAUSA , DEPOIS DE TER ASSUMIDO O RISCO ,DE UM ASSASSINATO SEM INTENCAO MAS PRODUZIDO COM CONCIENCIA AFINAL O CONDUTOR NAO RELATOU TER PASSADO MAL OU TER PROBLEMAS MECANICOS NO CARRO.
A PREFEITURA DEVERIA SIM APERTAR A FISCALIZACAO , JA QUE TEM OS AGENTES DE TRANSITO, E PASSAR A MULTAR NAS FAIXAS DE PEDESTRES POIS E O MELHOR LUGAR PARA SEPARAR O JOIO DO TRIGO.
TODOS CONDUTORES QUE TEM ESSAS ATITUDES SAO AQUELES QUE FURAM O SEMAFORO VERMELHO A TODA E HORA E NAO PARAM PARA PEDESTRES.
SUGESTAO PREFEITURA
FISCALIZAR E MULTAR TODOS OS MOTOQUEIROS QUE INSISTEM EM ARRANCAR NO SEMAFORO VERMELHO QUANDO O SINALZINHO DO PEDESTRE COMECA A PISCAR SENDO ASSIM ARRANCAM NO SEMAFORO 4 SEGUNDOS ANTES DE FICAR VERDE.
ADVERTIR QUANDO NAO PARAM PARA PEDESTRES NA FAIXA COMUM.(DE FATO DIFICIL LEMBRAR E DAR PREFERENCIA PARA PEDESTRES NA FAIXA EM FRENTE MC DONALDS ONDE ERA SEMAFORIZADA MAS DEPOIS DAS OBRAS PASSOU A SER COMUM SEM ELEVACAO PARA REFORCAR A SEGURANCA DO PEDESTRE.
MULTAR COM RIGOR DA LEI AQUELES QUE NAO PARA PARA PEDESTRES NA FAIXA ELEVADA.
REALMENTE FAIXA ELEVADA E IMPOSSIVEL ALEGAR QUE NAO VIU O PEDESTRE.
PARA FINALIZAR ACHO QUE O JUDICIARIO NAO DEVERIA QUALIFICAR O DOLO MAS DEVERIA COLOCAR ESSE CONDUTOR PARA PAGAR OS PREJUIZOS DAS BIKES E RESARCIR O INSS QUE TODO TRABALHADOR PAGA, NESTE CASO PARA PENSAO.



DEUS CONFORTE A FAMILIA DE MARIA ANGELICA.
Fabio 19 de Outubro, 2019 | 23:11
Sobre andar na ciclovia - Inviável - Total falta de infraestrutura cicloviária na cidade TODA.
Sobre o motorista invadir a contra-mão pra desviar do carro da frente - usa o freio, bate na traseira e paga o concerto, prefere arriscar mais vidas?
AGORA DEIXA EU GRITÁ ESSE SILÊNCIO NO MEU PEITO UM POUCO A GRANDE MAIORIA DE QUEM DIRIGE AQUI NA CIDADE TA CORRENDO PRA QUÊ? FICAM AI RECLAMANDO DE PESSOAS QUE ESTÃO ANDANDO NO LIMITE DE VELOCIDADE NA FAIXA DA ESQUERDA COMO SE A FAIXA DA ESQUERDA FOSSE PRA COMETER SUICÍDIO, TÃO CORRENDO DE QUEM? TÃO CORRENDO PRA ONDE? TÃO CORRENDO PRA QUÊ? SOU CICLISTA, PRA QUEM FALOU QUE DEREVÍAMOS FAZER O ESPORTE APROPRIADAMENTE - NÃO ESTAMOS FAZENDO ESPORTE ESTAMOS NOS LOCOMOVENDO NA CIDADE ASSIM COMO VOCÊS QUE ESTÃO DE CARRO DE MOTO OU DE ÔNIBUS. CONTINUO PERGUNTANDO TÃO COM PRESSA PRA QUÊ ? QUER ANDAR MAIS DE 80KM PRA QUÊ? EM RUAS PEQUENAS MAL ESTRUTUTURADAS QUEREM ANDAR MAIS DE 40KM EM ALGUMAS SITUAÇÕES EM RUAS ESTREITAS ATÉ 20KM JA TÁ MUITO RÁPIDO AS RUAS DA CIDADE NÃO TEM CONDIÇÃO DE ANDAR DEPRESSA E SE TIVESSE IA ANDAR DEPRESSA PRA QUE? PRA MATAR O PARENTE DE ALGÚEM? ISSO PRA NÃO DIZER QUE CORRE O RISCO DE MATAR UMA PESSOA DA PRÓPRIA FAMÍLIA. CARRO NÃO É BRINQUEDO, MOTO MUITO MENOS, VEÍCULOS AUTOMOTORES NÃO É BRINCADEIRA, QUER CORRER CORRE APÉ. AVENIDA DO BAIRRO IDEAL QUEREM ANDAR DE JATO NA AVENIDA E COMO SE FOSSE PISTA DUPLA. DEMAIS BAIRROS DA CIDADE QUEREM ANDAR VOANDO FEITO LOUCOS É CAMBADA DE LOUCOS SÓ PODEM SER LOUCOS QUEREM ANDAR DE 80 EM RUAS QUE MAL CABE UMA PESSOA APÉ. SERÁ QUE AGORA A GESTÃO DA CIDADE VAI OLHAR COM OUTROS OLHOS O TRANSPORTE BICICLETA? VAI ESTRUTURAR MELHOR A CIDADE OU VÃO APENAS PINTAR O ASFALTO COM UMA FAIXA E DEIXAR AGENTE CONTINUAR MORRENDO EM MEIO AOS DEMAIS VEÍCULOS SENDO ATROPELADOS? AVENIDA MANAAIN NA SUPOSTA CICLOVIA SÓ TEM GENTE DROGADA, VAMOS ANDAR DE BICICLETA NAQUELE CALÇAMENTO PRA ATROPELAR UM DROGADO? PRA TOMAR UMA FACADA? ME POUPE. Meu trabalho de conclusão de curso é exatamente sobre o sistema cicloviário vergonhoso da nossa cidade, e agora venho ter conhecimento dessa tragédia que poderia ser comigo, ou com qualquer outro ciclista, Deus conforte a família. As rádios da cidade fazendo campanhas sobre o transporte bicicleta na rádio, nunca vi incentivo desse meio de transporte na cidade, nunca vi campanha de orientação e conscientização de motorista de automotor a respeito das vias compartilhadas com nós ciclistas, cada esquina que preciso passar por um cruzamento sempre tem um carro querendo fazer a curva ENCIMA DE MIM, NA FAIXA DE PEDESTRE, EM TODAS AS TRANSPOSIÇÕES TEM UM LUNÁTICO TENTANDO ME ATROPELAR. Até quando Ipatinga, Até quando?
Junior Reis 19 de Outubro, 2019 | 22:24
,, acidentes acontecem a todo momento,nas maiorias das vestes impludencia do condutor,se esse motorista ,tivesse dentro da velocidade da via com certeza não teria acontecido,essa tragédia.Que Deus conforte os familiares da vítima.
Diego Silva 19 de Outubro, 2019 | 21:56
Será que o Hermelindo, era o motorista? Será parente do causador desse assassinato? Ou será apenas um néscio, desconhecedor das leis de trânsito? Inclusive pelo nome deve ser, "O cara". rs
Diego Silva 19 de Outubro, 2019 | 21:46
Mais um crime de trânsito no qual o causador que ficará impune...
Myrian de Castro 19 de Outubro, 2019 | 19:21
Educação no trânsito é fundamental, não se discute, pois necessitamos muito que
todos, envolvidos nas vias públicas, se conscientizem da fragilidade do corpo humano, e sempre de preferência a ele.
Trafegar colado no carro da frente não é correto!!!Não da tempo de parar, ou tomar qualquer atitude.
Correria tambem, nem se fala!

Enfim!!!! Muito triste!!!!
Thales 19 de Outubro, 2019 | 19:21
As Faixas de ciclistas em ipatinga estão jogadas as traças, não se fazem reformas a anos, e mtos lugares ainda nao existem. Eventualmente isso ai irá acontecer de tempos em tempos infelizmente.
Lucas 19 de Outubro, 2019 | 18:06
Ipatinga passou da hora de haver uma campanha de conscientização no trânsito. É muita imprudência e falta de respeito da parte dos motoristas.
Ivete Assunção do Nascimento 19 de Outubro, 2019 | 16:11
Muito triste, que Deus conforte o coração da família!
Exfinge 19 de Outubro, 2019 | 16:07
#naofoiacidente
#emcimadeumabikevaiumavida
#naoeapenasumabicicleta
Wania Mistris 19 de Outubro, 2019 | 16:07
Nossas condolências à família enlutada.
Fábio 19 de Outubro, 2019 | 15:15
Qualquer um que dirige,sabe que pelo o estrago no carro esse motorista não estava devegar...
Só que ele deu azar de atropelar e matar uma pessoa influente aqui na região.
Acredito que ele não vai ficar impune.
Meus sentimentos a família.
Hermelindo 19 de Outubro, 2019 | 15:09
Muita gente aqui condenando antecipadamente o motorista mas será pelo que aparece na reportagem ele freou bruscamente e invadiu a contra mão de direção e não a ciclovia. É comum ver essas pessoas adeptas a essa prática de esporte andar no meio da rua. Infelizmente ocorreu essa fatalidade e não podemos pré julgar o motorista, tenho certeza que ele não saiu de casa com a intenção de ocasionar um acidente, quanto mais matar uma pessoa.
Que os adeptos desse esporte possam tomar mais cuidado e também respeitar as regras de trânsito.
Meus sentimentos a todos os familiares e amigos!
Renata Sousa Tatagiba Luz 19 de Outubro, 2019 | 13:55
Meus sentimentos a todos os familiares , amigos queridos, Maria Angelica uma menina brilhante , gigante, uma Mulher de Deus , vamos sentir falta de sua luz aqui na terra, .
Anonimo 19 de Outubro, 2019 | 13:52
Todos temos família sabemos que podemos sofrer consequência no trânsito mas devemos apurar primeiro o caso pra sair julgando o próximo mas se até Jesus foi julgado que atire a primeira pedra então quem não tem pecado .
Leonardo 19 de Outubro, 2019 | 13:30
Como sempre...nada, exatamente NADA vai acontecer ao inconsequente além de ser liberado com pagamento de fiança e daqui 5 anos prestar serviço comunitário, isto se o crime não prescrever.
Marcelo Neto 19 de Outubro, 2019 | 13:17
A situação é complicada, não sei quem é este motorista, não conheço, mas vamos partir do princípio de que ele não saiu de casa com intuito de se envolver em algum acidente, mas o acidente aconteceu por negligência, imprudência ou imperícia, muita gente sai dirigindo cometendo infrações de trânsito, quando são reprimidos por isso acham ruim, quem aqui que dirigi/pilota e nunca excedeu a velocidade permitida? Avançou sinal vermelho? Parou/estacionou em local proibido para e estacionar? Dirigiu falando ou manuseando o celular? etc, etc, etc.

Que o infrator de trânsito seja punido de acordo com a lei que temos, o trauma, as lembranças, o arrependimento, irar ficar nas lembranças de todos que se envolveram neste acidente, de que presenciou, da família, dos amigos.

A segurança no trânsito é responsabilidade de todos, enquanto o motorista/piloto não tiver essa consciência o trânsito irar continuar fazendo vítimas inocentes.

Vc que dirigi em baixa velocidade do lado esquerdo da pista, que dirigi falando ou manuseando ao celular, que estaciona em local proibido, que avança o sinal vermelho do semáforo, que não para na placa de parada obrigatória, entre outras infrações de trânsito deveria rever os seus conceitos.
Kellen Antunes 19 de Outubro, 2019 | 13:07
Muito, muito triste! Só queria que os motoristas entendesse, nós ciclistas não temos nada que nos proteja, estamos vulneráveis a todo momento. Concientizar é preciso!
Carlos Alberto Marinho 19 de Outubro, 2019 | 13:01
Daqui a pouco esta dirigindo dinovo e causando mais mortes
Chayane 19 de Outubro, 2019 | 12:33
A pessoa sai pra praticar exercícios, um dia bonito e vem um cara irresponsável no volante e acaba com a vida assim , esse cara tinha que ficar preso porque olha a situação que esse carro ficou. Isso mostra que é óbvio que ele estava bem acima de velocidade permitida.
Irresponsável demais
Agora só Deus pra confortar o coração da família.
Jana 19 de Outubro, 2019 | 11:59
Absurdo! As leis precisam mudar... Um inconsequente desse , tira a vida de uma inocente e nada irá acontecer com ele... Somos desrespeitados no trânsito diariamente, se não houver penas mais pesadas, nada irá mudar...
Anônimo 19 de Outubro, 2019 | 11:25
O motorista tinha que ser preso e ainda dar assistência a família da vítima afinal a culpa e toda dele um burro ignorante que só pensa em si próprio
Lmg 760 19 de Outubro, 2019 | 11:18
É muito triste em um dia tão ensolarado e bonito ,dia propício para belos passeios,ocorrer uma tragédia dessa.
Não posso definir as causas.
Mas queria muito a atenção dos ciclistas que percorre o trecho entre Timóteo e Santo Antônio da Mata passando por Cava Grande .

"Os ciclistas não andam em fila indiana sempre ao lado do outro obstruindo a via.Fazendo com que tem vez que temos que parar o veículo para evitar de invadir a pista contrária podendo ocasionar um acidente ou até mesmo um atropelamento na mesma pista..."

Então eu peço é um prazer recebê-los em nossas localidades, mas por favor vamos andar em segurança. Pois a LMG 425 e 760.Possuí curvas acentuadas e não tem acostamento.

Vamos ser cordiais ao trânsito cada um fazendo sua parte.Para que todos possam sair e voltar Feliz. ..

Meus sentimentos a família e aos amigos...

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO