Polícia investiga denúncia de assalto no Parque Ipanema

Armado com uma faca, o bandido anunciou o roubo e exigiu que lhe fosse entregue um celular

Alex Ferreira


Vítima informou que ladrão fugiu pela ponte que liga o parque ao Jardim Panorama

O ladrão que usa uma bicicleta Poti voltou a assaltar no Parque Ipanema. Dessa vez o roubo foi registrado um pouco antes da meia noite de segunda-feira (14), à margem da avenida Roberto Burle Marx, área do Parque Ipanema. Contou a vítima, A.M.S., de 19 anos, que estava com sua namorada no interior do parque quando foi abordado por um criminoso de pele morena, magro, alto, que usava boné preto e vestia blusa verde, bermuda preta e usava uma bicicleta tipo Poti, velha.

Armado com uma faca, o bandido anunciou o roubo e exigiu que lhe fosse entregue um celular. Fugiu levando um aparelho Zenfone 4. Após o roubo, o assaltante fugiu sentido ao bairro Jardim Panorama depois de atravessar a ponte que existe no local. Policiais fizeram busca, sem encontrar o assaltante. A polícia foi acionada cerca de 20 minutos depois do roubo.

Cidade Nobre

No bairro Cidade Nobre, um homem foi rendido ao sair de casa para o trabalho. O roubo foi registrado por volta de 6h de terça-feira (15), na rua Mário de Andrade. T.S.G., de 36 anos, informou que foi abordado por um assaltante de cor negra, com tatuagem no braço esquerdo.

O assaltante levava uma camisa escura, enrolada em uma das mãos e anunciou que era um assalto. Nesse momento a vítima manifestou que iria resistir ao assalto. Foi quando o criminoso apontou uma faca e exigiu que fosse entregue o celular. Depois do roubo, fugiu sem deixar rastros.

Mais:
Assalto na madrugada no Parque Ipanema
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO