Homem morre ao bater motocicleta em cavalo na BR-381

O animal atropelado não foi encontrado nas proximidades e, portanto, não se sabe quem é o proprietário

Alex Ferreira/ Arquivo DA + Reprodução


Luiz Israel tinha 43 anos e se envolveu em um acidente no trecho da BR-381 entre Ipatinga e Perpétuo Socorro

Morador do distrito de Perpétuo Socorro, em Belo Oriente, Luiz Israel Arruda, de 43 anos, morreu na noite de segunda-feira (14), depois de bater a motocicleta que conduzia contra um cavalo, no trecho da BR-381 em Santana do Paraíso. Um jovem de 20 anos, filho de Luiz, estava na garupa e saiu ferido do acidente.

Uma equipe da saúde, que passava pelo local logo após o acidente, prestou os primeiros socorros às vítimas, que foram encaminhadas para o Hospital Márcio Cunha, em Ipatinga. O condutor não resistiu e morreu a caminho. Já o passageiro foi atendido e permanecia em observação até essa terça-feira.

O animal atropelado não foi encontrado nas proximidades e, portanto, não se sabe quem é o proprietário.

Já publicado

Motociclista se fere gravemente ao bater em duas vacas, em Fabriciano
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Cidadão Indignado 17 de Outubro, 2019 | 07:31
Por quê não faz então a Lei do abate controlado? Animal que for pego na via será abatido e servido como alimento nas escolas públicas da região, ou leiloado para compra de mantimentos para os currais e para a educação(a exemplo de cavalos, mulas e éguas que não servem como alimento no Brasil).
Geraldo 16 de Outubro, 2019 | 13:51
Acho que também deveria ter mais fiscalização.porque e a vida de ser humano.pode tirar a vida de uma família inteira por causa de um ignorante que deixa animal na pista solto.perdemos um grande amigo.deus conforta afamilha
Geraldo de Assis Pinto 16 de Outubro, 2019 | 10:44
Concordo contigo, Enivaldo Gonzaga. Deveria ter esse rastreamento e virar lei.
Curto e Franco 16 de Outubro, 2019 | 07:54
isso dai as altoridades nao olhao nao ne ? , animais nao pagao ipva , taxa de licenciamento nem seguro obrigatorio , so pensao hem arrecadar dinheiro pra engordar a corrupçao.
Valtecir R de Souza 15 de Outubro, 2019 | 23:11
Já que o animal só fica solto, a polícia podia prender o dono do cavalo...
Isto: deixa o animal solto e prende o dono...
Francineia 15 de Outubro, 2019 | 20:40
Muito triste, perdemos um amigo, profissional da área de elétrica excelente, pessoa batalhadora, que Deus conforte os familiares neste momento tão difícil.
Bolsonaro 15 de Outubro, 2019 | 20:10
Sair de moto e pegar rodovias a noite é muito perigoso além de correr esse risco de animais na pista tem os malditos buracos na pista.
Motoqueiros pensem muito antes de tomar essa decisão.
Cadê Fiscalização Pmi?? 15 de Outubro, 2019 | 19:46
Ipatinga também ta cheio de cavalo solto nas ruas durante a noite... As vezes ate recolhe porem depois o dono pega la no curral do furquilha e deixa solto a noite os bichos... Ta esperando morrer alguém prefeitura??
Enivaldo Gonzaga da Silva 15 de Outubro, 2019 | 19:11
Todo proprietário de animais aos arredores das rodovias devia ter uma marca registrada tudo regulamentado e registrado como se fosse indentidade do animal . Animal saiu pra rodovia e só pegar a marca e fazer um rastreamento pra descobrir o de quem é o animal . Devia ser lei isso .
Barrabas 15 de Outubro, 2019 | 17:13
Animal solto nas rodovias e tragedia anuciada o dono foge e nunca aparece quem e o responsavel pelo animal

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO