Duas pessoas assassinadas no bairro Santa Luzia

Crime foi registrado na tarde dessa quinta-feira, em Coronel Fabriciano

Wellington Fred


A polícia de Coronel Fabriciano registrou um duplo homicídio na tarde desta quinta-feira (12). O crime foi praticado no alto da rua seis, no bairro Santa Luzia.

Os corpos de duas vítimas, ainda jovens, foram encontrados caídos em um local ermo. Um deles estava dentro de uma valeta. Ambos foram executados com diversos disparos de arma de fogo.

Conhecidos informaram que um dos jovens se chama Gabriel Ramos Advincula, de 18 anos, que já foi vítima de um atentado, conforme noticiado pelo Diário do Aço no mês de março desse ano. O outro foi identificado como Pedro Henrique Rodrigues de Jesus, de 18 anos.

Em entrevista ao Diário do Aço, o tenente-coronel Warley Geraldo, comandante do 58º Batalhão da Polícia Militar, lamentou a ocorrência de mais dois assassinatos na cidade.

“Coronel Fabriciano já conta esse ano 18 homicídios, é um número menor em relação ao ano passado, mas é preocupante. A PM trabalha com informações obtidas aqui no local. Sabemos que ambos tinham envolvimento com a criminalidade, com passagens variadas pela polícia”, informou.

Não está descartada a possibilidade de a dupla ter sido atraída ao local, de difícil acesso, no meio de um pasto, para ser executada.

Arte DA

Gabriel Ramos e Pedro Henrique foram encontrados com o corpo crivado de projéteis de arma de fogo
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Santana Informa 13 de Setembro, 2019 | 12:41
e ai pessoal até quando durar essa guerra do santa cruz e manoel maia, população omissa copera para o crescimento do trafico e do homicidio quando sabe quem foi e não denuncia.

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO