Morre motociclista que bateu em caminhão no Caravelas

Vítima ficou mais de dez dias internada em estado grave no Hospital Márcio Cunha, mas não resistiu aos graves ferimentos

Wellington Fred/Reprodução


Adely Júnior, que bateu sua motocicleta, não resistiu e morreu na noite desta segunda-feira

Morreu no Hospital Márcio Cunha, em Ipatinga, Adely da Silva Barbosa Júnior, de 21 anos, após ficar 11 dias internado gravemente. Ele pilotava uma motocicleta e colidiu contra um pequeno caminhão-baú no cruzamento de ruas no bairro Caravelas, na manhã do dia 4 de abril, como noticiou o Diário do Aço.

Adely trafegava na moto Honda Titan pela rua Caruaru e ao passar pela avenida Getúlio Vargas, no bairro Caravelas, bateu na lateral de um caminhão Hyundai HR que trafegava pela avenida sentido ao Centro. O motorista contou que não teve como evitar o impacto da moto com seu veículo, pois o motociclista transpôs as duas pistas da avenida, sem parar.

O jovem motociclista ficou gravemente ferido e desacordado com fratura no fêmur e suspeitas de outras fraturas. A vítima foi encaminhada gravemente ferida ao HMC onde ficou internada.

Adely não resistiu e morreu na noite de segunda-feira. O jovem morava no bairro Águas Claras, em Santana do Paraíso e seu corpo é velado na capela do Cemitério Parque Senhora da Paz, onde será enterrado no fim da tarde de hoje.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO