Dupla em motocicleta mata homem no Vila Celeste

Homem estava sentado no interior de um bar, em Ipatinga, quando foi alvejado por atirador

Wellington Fred + reprodução


Crime foi registrado na esquina da avenida Luiza Nascimbene, com rua Maitaca, onde Ié foi assassinado

Com atualização de dados às 6h20 de 3/4
Em uma semana marcada por crimes contra a vida, no Vale do Aço, mais um homicídio foi registrado no começo da noite dessa terça-feira. Dessa vez, o crime foi cometido dentro de um bar no ponto final de ônibus no bairro Vila Celeste, em Ipatinga, esquina da avenida Luiza Nascimbene com a rua Maitaca, onde foi assassinado Iedson Anicio Martins, de 37 anos.

Iedson foi encontrado caído sem vida dentro do bar, perto da porta do banheiro. Uma equipe do SAMU chegou a ser acionada, mas no local apenas confirmou a morte da vítima.

Uma testemunha informou para a Polícia Militar que Iedson estava em uma mesa, no interior do estabelecimento comercial, com mais dois homens, ambos irmãos.

Em determinado momento um homem que vestia blusa com mangas compridas na cor escura e com capacete na cabeça, entrou no bar, caminhou em direção à mesa onde estavam as três pessoas, sacou uma arma de fogo, que foi empunhada com as duas mãos e apontou em direção a Iedson. Segundos depois fez o disparo que atingiu a vítima.

Em seguida o atirador saiu correndo a pé sentido ao loteamento Jardim Santa Clara. Testemunhas também disseram que, no momento em que as pessoas no bar perceberam que o homem com capacete estava armado, saíram todos correndo.

Nos levantamentos policiais escutaram de outras testemunhas, nas proximidades do bar, que antes do crime, uma motocicleta Honda Titan, de cor escura, com dois ocupantes, passou várias vezes na porta do bar. Os ocupantes observavam a movimentação.

A motocicleta parou na rua Maitaca, sentido ao loteamento Jardim Santa Clara, distante aproximadamente 40 metros do bar, o carona desceu e sem retirar o capacete e caminhou em direção ao estabelecimento, onde atirou em Iedson.

Disseram as testemunhas que depois do crime o atirador montou na garupa da motocicleta e a dupla fugiu em direção ao loteamento.

A perícia da Polícia Civil constatou, na cena do crime, que Iedson foi morto com um único tiro. Provavelmente o projétil atingiu as costas e atravessou o tórax no lado esquerdo. A bala ainda atingiu uma estrutura de metal e caiu em meio a garrafas. A arma usada, provavelmente foi um revólver calibre .38, conforme apurou a reportagem do Diário do Aço, no local.

Os levantamentos indicam que Iedson tem diversas passagens pela polícia, por causa de seu envolvimento com o tráfico de drogas e ameaças, inclusive contra vizinhos e familiares. O caso ainda está em apuração.

Mais:
Presos mais dois suspeitos do triplo homicídio de Ipaba


Dupla em motocicleta mata homem no Vila Celeste

Comentários

Corvo 03 de Abril, 2019 | 14:50
Covarde!

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO