Ministério da Infraestrutura anuncia recursos para o Aeroporto Regional

Ministro da Infraestrutura recebe governador Romeu Zema e promete agilizar recursos para reformar aeroporto no Vale do Aço

Edsom Leite/MInfra


Reunião no Ministério da Infraestrutura contou com presença do governador Zema e bancada federal mineira

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, recebeu, na quarta-feira (20), o governador do estado de Minas Gerais, Romeu Zema, e representantes da bancada federal do estado no Congresso Nacional.

Na reunião, o ministro tratou da parceria estabelecida entre o Governo Federal e Estadual para execução imediata da recuperação da pista do Aeroporto de Ipatinga, localizado na região do Vale do Aço (MG).

Na semana passada a Azul Linhas Aéreas anunciou que suspendeu os voos a partir do terminal, alegando falta de segurança na pista, tomada por ondulações. Permaneceram os voos periódicos do programa Voe Minas, que opera aviões menores, com capacidade para até nove passageiros. Entretanto, na terça-feira (19), a Agência Nacional de Avião Civil (Anac) decidiu cancelar todas as operações do aeroporto, por não atender recomendações técnicas.

O assunto repercutiu e mobilizou os setores empresarial e político regional. Os gritos de socorro foram ouvidos em Belo Horizonte e em Brasília. Na quarta-feira, o ministro explicou que os recursos do Fundo Nacional de Aviação Civil (FNAC) serão utilizados na recuperação definitiva da pista para que os voos, que estão interrompidos, possam retomar sua operação.

"A parceria vai envolver uma ação emergencial do governo do estado de Minas Gerais e, depois, serão aplicados os recursos do FNAC", explicou o ministro.

"Vamos restabelecer as operações do aeroporto em condições de segurança, que é o mais importante. E seguimos trabalhando em prol da região do Vale do Aço", concluiu o governador.

Em nota, o governador explicou que entre os vários compromissos que teve em Brasília, uma das prioridades foi a questão do aeroporto regional do Vale do Aço.

"O aeroporto não ai parar definitivamente. Em breve estará pronto para operar de novo", enfatizou o governador.

Depois serão empregados os recursos do Fundo Nacional de Aviação Civil. O montante pode chegar a o ministro se comprometeu em liberar R$ 12,5 milhões.

O terminal, que era administrado pela Usiminas até 2016, quando foi passado ao estado, é fundamental para a economia em uma área considerada estratégica para a indústria mineira.

"Viemos à capital federal para resolver o problema e tive audiência no Ministério da Infraestrutura para tratar do assunto pessoalmente, acompanhado de integrantes da bancada mineira no Distrito Federal. Em paralelo, vamos publicar, nos próximos dias, processo licitatório para que as empresas apresentem propostas para a restauração das condições operacionais da pista de pousos e decolagens do Aeroporto Regional do Vale do Aço", resumiu. (Assessoria Especial de Comunicação / Ministério da Infraestrutura)

Mais:
MPF e autoridades regionais buscam formas de apressar obras no aeroporto regional


Ministério da Infraestrutura anuncia recursos para o Aeroporto Regional
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO