Homem é ferido a tiros de pistola no Melo Viana e morre

Eduardo Rodrigues da Silva aguardava sua mulher, que estava em uma casa lotérica, quando foi morto a tiros

Enviada para o WhatsApp Portal Diário do Aço


Eduardo foi atingido por tiros ao lado de sua motocicleta, no Melo Viana
Atualizado às 10:37h 17/11
Um homem morreu em decorrência de ferimentos provocados por tiros de pistola calibre 380. O crime foi registrado por volta de 17h20 de sexta-feira, na avenida Governador José Magalhães Pinto, distrito de Melo Viana, em Coronel Fabriciano.

Eduardo Rodrigues da Silva, de 31 anos, foi atingido por diversos disparos de arma de fogo. Os autores do crime estavam em Citröen C3 e fugiram sentido ao bairro Caladão.

Eduardo foi encontrado caído na avenida, ainda com vida. Colocado em um carro da Polícia Militar, Eduardo foi levado para o hospital José Maria de Morais, onde foi atendido, mas não resistiu aos ferimentos e morreu, conforme apurou o Diário do Aço, no hospital.

A mulher de Eduardo informou para a Polícia Militar que ele a levou a uma casa lotérica, no Melo Viana e, enquanto ela foi ao estabelecimento, do outro lado da rua, Eduardo permaneceu ao lado da motocicleta estacionada, onde foi abordado pelos atiradores.

A perícia da Polícia Civil constatou que Eduardo foi morto com tiros de pistola calibre 380. Estojos vazios, ejetados da arma e projéteis, todos de calibre 380, foram recolhidos na cena do crime.

A polícia ainda realiza levantamentos em busca de informações que levem à motivação e autoria do crime.

Feriado violento

No feriado prolongado da Proclamação da República já chegam a três o número de pessoas assassinadas no Vale do Aço. Começou na madrugada de quinta-feira, quando uma mulher de 50 anos foi assassinada em um latrocínio (roubo seguido de morte da vítima), na região rural de Ipaneminha, em Ipatinga.

Depois houve o registro da morte violenta de Eduardo Rodrigues da Silva, em Coronel Fabriciano, na noite de sexta-feira e, na mesma noite, a morte do policial civil, Aquiles Luiz de Andrade, em uma briga de bar no bairro Ideal em Ipatinga.

Mais:
Bandidos invadem casas no Ipaneminha e cometem latrocínio

Comentários

Domingos Svio Eleutrio Tibrcio 27 de Novembro, 2018 | 21:44
No ano que vem será pior. Tem um punhado de gente que se sentirá no direito inclusive de sair armado.

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO