15/11/2018 09:00:00

Bandidos invadem casas no Ipaneminha e cometem latrocínio

Mulher de 50 anos foi atingida por tiro disparado por criminoso durante assalto na zona rural de Ipatinga, na madrugada de hoje



Arquivo DA + Álbum pessoal


Claudete Moreira Durval foi atingida por tiro no pescoço e morreu

Dois homens, um deles de posse de uma pistola, cometeram um latrocínio (roubo seguido de morte da vítima), em Ipatinga, na madrugada dessa quinta-feira.

O crime foi registrado na estrada rural que dá acesso ao povoado de Ipaneminha, em Ipatinga, por volta de 1h da madrugada.

O Diário do Aço apurou que o assalto começou em um imóvel vizinho ao sítio Recanto Clareira. Sidney Henrique De Oliveira, de 64 anos, informou para a Polícia Militar que se encontrava no interior de sua residência, quando escutou os latidos dos cães, no quintal.

O homem percebeu que a casa estava cercada por estranhos e começou a gritar, avisando que chamaria a polícia.

Os criminosos arrombaram uma das portas e invadiram a residência do idoso. Eles exigiam um cofre com dinheiro e joias. Em seguida, os bandidos passaram a revirar a casa em busca de bens de valor.

Sem encontrar o que queriam, deixaram o idoso com as mãos e pés amarrados, e saltaram um muro indo em direção a outro imóvel.

No sítio Clareira, os criminosos iniciaram o arrombamento de portas. A família que lá estava acordou e tentou evitar a entrada dos marginais segurando as portas.

Em determinado momento um dos criminosos que estava armado efetuou um disparo de arma de fogo de fora para dentro da casa.

Claudete Moreira Durval, de 50 anos, foi atingida pelo tiro no pescoço e morreu.

Estavam no interior da residência, o marido dela, Helio Luiz Durval, de 57 anos e a filha do casal, uma adolescente de 14 anos.

Com a família rendida, os criminosos invadiram a casa e roubaram um aparelho de televisão, um notebook e um celular Samsung.

Alertado pelos gritos de socorro, Helio também foi à casa do vizinho, Sidney, que o libertou das amarras. Não se sabe se os criminosos fugiram em algum veículo ou a pé. O caso ainda está em apuração.


Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br


Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.
Comentários

Cidadão Desempregado

17 de Novembro, 2018 | 01:28
Sugiro q no Brasil seja criada a profissão de caçador de recompensa! Pois c tantos bandidos foragidos , e milhares de desempregados, o governo mataria dois coelhos c uma paulada só!

Comédia 22

17 de Novembro, 2018 | 01:25
Diálogo de 2 cidadãos assim q liberarem a posse de arma aos cidadaos: Olha ali! Um ladrão correndo c um celular! __ Viu um! Onde?

Paulo Silveira

16 de Novembro, 2018 | 10:21
Que Deus conforte a família dessa senhora que morreu inocente, tentando aproveitar a vida com a filha e o esposo.
E que a polícia passe a agir com mais rigor agora, não podemos esperar até 01/01/2019.
Sou a favor da pena de morte neses tipo de crimes.

Sérgio Moro

16 de Novembro, 2018 | 10:00
Excludente de ilicitude para o povo e polícia JÁ
Fim da declaração de efetiva necessidade
600municoes por ano
Craf Permanente
01/01/2019
Aguardem...

Carvalho

15 de Novembro, 2018 | 17:22
uma 12 do cano serrado e a lei nos protegendo vagabundo covarde ladrao e assasino nao chegava porque se chegasse morria...e ela estaria viva ..

Chequévara?

15 de Novembro, 2018 | 16:11
É nesta hora que a posse de uma arma de fogo faz falta, se um desses moradores tivesse um 38 bico de anu ajeitado em casa o desfecho poderia ter sido outro, sem a possibilidade de se defender vc só morre ou tem os bens roubados. Deus abençoe que a partir de 01/01/2019 o jogo vire a favor dos cidadãos de bem, e que os bandidos encontrem chumbo quando tentarem invadir residências, amém!

Anonimo

15 de Novembro, 2018 | 15:49
eu tenho a minha arma no meu sitio e ela ja me salvou por duas vezes so este ano. infelizmente os sitios sao alvos dos marginais, primeiro eles tem convicçao que os proprietarios nao possuem armas e que a policia leva uma eternidade para chegar.

Anonimo

15 de Novembro, 2018 | 15:46
se tivesse uma arma no interior da casa um disparo espantariam estes vermes, mas ainda tem muitos que ignoram o nosso presidente.

Wanderson

15 de Novembro, 2018 | 15:44
Por isso que sou totalmente a favor de posse de arma de fogo.
Que Deus conforte a família.

Flávio Boca

15 de Novembro, 2018 | 15:10
O melhor a se fazer é colocar na cadeia produzindo e trabalhando para presto de suas vidas. Bandido não tem que morrer mas ficar vivo e sofrer a clausura da cadeia. Matar acaba. O bom é ficar lá mofando até o final da vida.

Ramiro da Cartucheira.

15 de Novembro, 2018 | 15:03
poxa vida sô..que falta que faz um TRABUKO ,,roiado de cartucho ate no talo pra colocar chumbo quente na fuça destes desgraçados..fica a dica voce que mora em sitio chacara etc..compra um TRABUKO...e avisa pros amigos e parentes pra chegar fora de hora senão via beber barro,,,e taca fogo em tudo que se mexer fora de hora na redondeza..atire primeiro e pergunta depois.

Sincero

15 de Novembro, 2018 | 15:01
É duro viu!!! O cara trabalha 35 anos numa empresa, acumula patrimônio compra um sítio imaginando viver sossegadamente com sua família longe da barulhada da cidade, aí vem esses vermes acobertados pelo DH, os mesmos que fazem as bagunças na cidade, ceifa a vida de inocentes. Não vejo outra saída senão pena capital pra esse tipo de crime. Meus pêsames aos familiares e amigos...e faço coro aos revoltosos com essa situação. Chega de impunidade ou vida boa na cadeia. PENA CAPITAL URGENTE.!!! Ou seremos a próxima vítima, D'us nos livre.

Sincero

15 de Novembro, 2018 | 14:58
É duro viu!!! O cara trabalha 35 anos numa empresa, acumula patrimônio compra um sítio imaginando viver sossegadamente com sua família longe da barulhada da cidade, aí vem esses vermes acobertados pelo DH, os mesmos que fazem as bagunças na cidade, ceifa a vida de inocentes. Não vejo outra saída senão pena capital pra esse tipo de crime. Meus pêsames aos familiares e amigos...e faço coro aos revoltosos com essa situação. Chega de impunidade ou vida boa na cadeia. PENA CAPITAL URGENTE.!!! Ou seremos a próxima vítima, D'us nos livre.

Preto

15 de Novembro, 2018 | 14:55
Se estas famílias tivesse o direito de ter a posse de arma de fogo em sua casa a istoria séria outra agora. Chega 01/01/2019.

Carlos

15 de Novembro, 2018 | 14:42
Infelizmente não terá direitos humanos visitando os familiares da vítima, não terá passeata pedindo o fim da violência. Os criminosos serão bem tratados, com direito a 4 refeições diárias, atendimento médico prioritário, visita íntima, segurança reforçada, e com auxílio reclusão.

Death

15 de Novembro, 2018 | 14:19
Se tivessem armas em casa , teria sido evitado e quem estaria chorando era a mãe do bandido !

Verdade

15 de Novembro, 2018 | 14:17
Agora matam uma mãe de família depois a PM Mata essa merda ai vem gente fala q a pm e q ruim
O DEUS VACILAO VAI TE Q PAGA SEGURA SEU TROUXA VÃO TE ACHA AI EU VOU TA AQUI SO PRA PARA VCS ARROMBADO.
FOI TODDY KKKKKKK
BANDO DE VACILAO

Arthur

15 de Novembro, 2018 | 13:17
E ainda há quem passe a mão na cabeça dessa raça de des.graçado, bando de escrotidão, o diabo lhes aguarda de braços abertos.... cadê a cambada dos direitos humanos agora? Ah esqueci, é direito dos manos, só vale quando a vítima é bandido... meus pêsames à família e que a justiça seja devidamente feita.

Zé Lelé

15 de Novembro, 2018 | 10:28
Raça maldita, covardes ceifaram a vida de uma inocente mãe de família... Espero q a pm e PC pegue esses vermes inúteis... Ou melhor mate logo pq não irá fazer falta nem p família... Malditos

Maria de Fátima Mayrinck

15 de Novembro, 2018 | 10:13
Infelizmente estes assaltos estão se tornando frequentes na zona rural de todos os municípios. Que Deus conforte os familiares!
Envie o seu Comentário