11 de julho, de 2024 | 08:00

Setor de serviços puxa abertura de empresas em Ipatinga no acumulado do ano

De janeiro a maio, foram abertas 557 empresas em Ipatinga; 415 são do setor de serviços

Isabelly Quintão
Ipatinga é o 8º município que mais abriu estabelecimentos nos primeiros cinco meses do anoIpatinga é o 8º município que mais abriu estabelecimentos nos primeiros cinco meses do ano
Por Matheus Valadares - Repórter Diário do Aço
De janeiro a maio foram abertas 557 novas empresas em Ipatinga. No mesmo período do ano passado foram abertas 421, o que representa um aumento de 32,30%. Os dados foram repassados exclusivamente ao Diário do Aço pela Junta Comercial do Estado de Minas Gerais (Jucemg), entidade vinculada à Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sede-MG), do Governo de Minas.

Os empreendedores viram, principalmente no setor de serviços, a chance de terem seus próprios negócios. Foram 415 empresas abertas nos cinco primeiros meses. No comércio foram 119 novas lojas e no ramo industrial houve 23 novos empreendimentos.

Ainda de acordo com os dados repassados, somente em maio, 121 novos negócios foram constituídos em Ipatinga, um crescimento de 61,98% na comparação com maio de 2023, quando houve 75 aberturas.

Com isso, Ipatinga é o 7º município em Minas Gerais que mais abriu novos pontos de comércios em maio, ficando atrás de Belo Horizonte (2.031), Uberlândia (489), Contagem (240), Juiz de Fora (185), Montes Claros (171) e Uberaba (137). Betim (112), Governador Valadares (98) e Divinópolis (72) completam o Top 10.

Quando observado os primeiros cinco meses, Ipatinga cai para 8ª colocação, perdendo posição para Betim. O ranking fica da seguinte forma:
Belo Horizonte (10.716), Uberlândia (2.444), Contagem (1.319), Juiz de Fora (1.051), Montes Claros (829), Uberaba (810), Betim (600), Ipatinga (557), Divinópolis (541) e Governador Valadares (515).

Principais desafios
Otávio Gomes abriu recentemente, no Centro de Ipatinga, uma loja do ramo de utilidades domésticas, principalmente, focada em cozinha. Ele aponta que o principal desafio para as pequenas empresas que estão começando do zero é fidelizar o cliente.

“Hoje o mercado tem muita oferta e pouca demanda e com isso acabam surgindo várias opções de compra. O principal desafio é fidelizar o cliente, manter ele em contato, pois assim o cliente acaba retornando de novo na loja”, afirmou ao Diário do Aço.

Otávio também disse que está procurando formas de estender as vendas migrando para as plataformas digitais, para contemplar uma maior quantidade de clientes, visto que o perfil mudou nos últimos anos.

Ranking regional
Ainda de acordo com o relatório, o Centro-Oeste (20%), Jequitinhonha/Mucuri (12,50%) e Vale do Rio Doce (11,44%), macrorregião em que o Vale do Aço está inserido, foram, em termos percentuais, as regiões que tiveram, em maio, o melhor desempenho em aberturas empresariais quando comparadas com o mesmo mês do ano passado.

Já em números absolutos, as regiões que mais abriram firmas em maio foram a Central (3.362), que abrange Belo Horizonte, o Sul de Minas (893) e o Triângulo Mineiro (848).

Conforme repassado pelo Jucemg, no Vale do Rio Doce foram abertas 458 empresas em maio, sendo 21 no ramo 21 da indústria, 106 no comércio e 331 no setor de serviços.

Quando analisado o acumulado do ano, são 2.313 novas lojas, com 112 empreendimentos voltados para a indústria, 592 pontos de comércio e 1.609 contemplando o setor de serviços.

MEI
O balanço da Jucemg considera empresas de qualquer porte, com exceção dos MEIs (microempreendedores individuais), cujas inscrições são feitas diretamente no Portal do Empreendedor do governo federal, sem passar pelas juntas comerciais estaduais.

Encerramentos
O relatório da Jucemg informa ainda sobre as baixas empresariais em todo o estado, que, segundo o estudo, alcançaram 4.715 registros em maio, variação de 16,33% no comparativo com maio do ano passado (4.053 extinções). No acumulado do ano, as extinções somam 25.658 registros.

Acompanhe os números pela tabela abaixo:

Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]
MAK SOLUTIONS MAK 02 - 728-90

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário